Lateral-direita vira principal problema do Corinthians

Lateral-direita vira principal problema do Corinthians

Edenilson pode sair do Corinthians

Edenilson pode sair do Corinthians

Foto: Tom Dib/LANCE!Press

Com dificuldade para reforçar o time, o Corinthians pode começar o ano sem lateral-direito. Alessandro se aposentou e Edenílson, que é titular, recebeu uma proposta do Napoli. Para piorar, Rafinha, grande aposta para 2014, renovou com o Bayern de Munique até 2017.

Para comprar Edenílson, o clube italiano já acenou com uma oferta de 3,5 milhões de euros (R$ 11,2 milhões). Mas o negócio pode ser fechado por um valor um pouco maior: algo em torno de 5 milhões de euros (R$16 milhões).

O contrato do lateral com o Corinthians termina no fim de 2014, mas o próprio jogador já decidiu que o melhor caminho é jogar na Europa, além do fato de a proposta salarial ser melhor.

A partir de agora a diretoria corintiana vai buscar um jogador para a posição, porque a Rafinha, que era o principal alvo do clube, renovou seu contrato com o Bayer de Munique em meio à disputa do Mundial de Clubes, no Marrocos - neste sábado o time alemão faz a final contra o Raja Casablanca.

Na lateral-esquerda, Uendel, da Ponte Preta, pode reforçar o time. O Corinthians ainda busca um parceiro para parar os R$ 6 milhões exigidos pelo time do interior.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes