Portuguesa x Corinthians - Clássico das faixas... e das contradições!

Portuguesa x Corinthians - Clássico das faixas... e das contradições!

Futuro de Pato nas mãos de ManoDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Futuro de Pato nas mãos de ManoDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians

' De um lado um Corinthians com a mesma base de 2013, mas nas mãos de um novo comandante: Mano Menezes. Do outro uma Portuguesa completamente renovada, mas ainda sob a batuta do técnico Guto Ferreira. É com este cenário contraditório que o atual campeão paulista estreia no Paulistão Chevrolet contra a campeã Série A2 de 2013. O jogo das faixas acontecerá neste domingo, às 17 horas, no Canindé, em São Paulo.


A Lusa faz sua estreia na temporada em um ambiente cheio de incertezas. Afinal, por conta do imbróglio jurídico pela escalação irregular do meia Héverton, o clube ainda não sabe se jogará o Brasileirão ou a Série B. 'Infelizmente, esta indefinição da divisão que disputaremos acarretou na perda de mais de 70% do plantel', afirmou Guto.

Por outro lado, a torcida corintiana parece empolgada com o retorno de Mano Menezes. Afinal, o fim da 'Era Tite' não foi dos melhores e a base é a mesma. As únicas novidades serão o lateral-esquerdo recém-contratado Uendel e o meia Rodriguinho, que foi pouco utilizado em 2013.

Na fogueira!
Mesmo sem entrosamento e condicionamento físico ideais, alguns dos reforços já serão obrigados a estrear contra o Corinthians. Dos 11 titulares, três jogadores apresentados oficialmente nesta sexta-feira entrarão em campo: o lateral-direito Régis, o volante Diego Silva e o atacante Leandro jogam o clássico. Os demais jogadores são jogadores reservas no ano passado.

Para o único remanescente, o fato de praticamente todo o time ter se alterado, não há motivos para desespero. 'Vou tentar passar tranquilidade aos jogadores mais novos. Acredito que é isso que necessitamos neste momento', avisou Valdomiro.

Dos recém-chegados, três jogadores já estão fora da estreia: o zagueiro André Vinícius, o volante Gomes e o meia Giovanni. Todos estão emprestados pelo próprio Corinthians e possuem cláusula contratual que os impedem de enfrentar o clube de origem.

Nova cara?
Embora a base seja a mesma de 2013, Mano tenta dar sua cara ao Timão. O treinador disse que está buscando alternativas ao sistema tático que o time vinha jogando no ano passado, ainda sob o comando de Tite. A principal preocupação é fazer com que o ataque volte a funcionar, algo que não aconteceu em grande parte da temporada passada.

'Para essa formação inicial, essa é a melhor', disse Mano, que explicou a ausência do atacante Alexandre Pato entre os titulares. 'Muita coisa se falou sobre o Pato. Algumas delas vão se confirmar e outras não. Precisava fazer uma escolha inicial. Disse que ia mudar a forma da equipe atuar.'

Mano também elogiou o atacante Guerrero, autor dos dois gols na vitória sobre o Red Bull ?' 2 a 0 na última semana. 'Ele tem por característica a definição, e a bola chegou nele, mas ainda é muito cedo, vamos com calma', avisou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Carille deve ajudar Jô na missão do atacante pela artilharia

    Reta final do Corinthians terá titulares contra Flamengo e Atlético-MG e reservas diante do Sport

    ver detalhes
  • Sem 'canetadas', Corinthians é maior campeão nacional com sete títulos brasileiros

    'Corinthians é o maior campeão brasileiro', diz historiador palmeirense da USP

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade vê Arana como atleta mais perto a deixar Timão

    Roberto de Andrade fala em 'esfriamento', mas admite conversas pela venda de Arana

    ver detalhes
  • Pablo conquistou seu segundo título pelo Corinthians e está perto de seguir na equipe

    Diretor do Corinthians confirma proximidade do 'final feliz' na negociação com Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes