FIFA: As frases da semana

FIFA: As frases da semana

FIFA: As frases da semana

FIFA: As frases da semana

Uma surpreendente troca agitou o futebol brasileiro, com Alexandre Pato saindo do Corinthians para o São Paulo e o meia Jadson fazendo o caminho inverso. As entrevistas exclusivas a Cafu, Carlos Queiroz, Xavi Hernández e Mario Kempes também são alguns dos destaques da semana. Confira as melhores frases do mundo da bola reunidas pelo FIFA.com:

'Ele vem do rival, mas é um jogador de futebol. Estamos fazendo o melhor pelo São Paulo. Tentamos não contratar de monte, isso não resolve nada. Foi uma surpresa para todos nós, porque um jogador desse nível é difícil achar que alguém possa fazer negócio. Estávamos procurando um segundo atacante ou um atacante, mas não esperávamos', Muricy Ramalho, técnico do clube do Morumbi, sobre a contratação de Alexandre Pato; parte da torcida protestou contra o negócio nesta quinta-feira, após vitória sobre o Paulista.

'O torcedor tem todo o lado da rivalidade. Acho que ele vai fazer o torcedor compreender com o futebol. Quando jogar ele vai convencer a torcida dentro de campo. Tem talento, é um grande jogador. Também acho que o Jadson é um jogador diferenciado, mas vamos ver. O futuro vai dizer', Rogério Ceni, goleiro e capitão do São Paulo, comentando a chegada de Pato.

'Entendemos que seria algo positivo para melhorar as coisas para todos. É assim que estamos encarando. Vamos começar a trabalhar a partir da chegada do Jadson para sair deste momento', Mano Menezes, técnico do Corinthians.

'Vou fazer história. Tenho fé nisso. Estou concentrado no objetivo de ter muitas alegrias no Botafogo. A felicidade é enorme de começar uma Libertadores fazendo três gols. Foi uma noite especial para mim e para o clube. Fui artilheiro no Cruzeiro e espero ser aqui novamente', Wallyson, atacante do Bota, autor de três gols no triunfo sobre o Deportivo Quito, no Maracanã, garantindo o time na fase de grupos da Copa Libertadores.

'Era uma partida de emoções diversas, emoções contrastadas. Mas tivemos a sorte de poder ter feito com que essas emoções tenham sido a nosso favor. Uma vitória dessa maneira, eu penso que é muito importante para todo o ânimo dos jogadores. Acho que a partida tinha que ter um resultado melhor, sobretudo nos 90 minutos. Tivemos diversas ocasiões de gols, mas a verdade é que foi uma vitória heroica', Miguel Ángel Portugal, técnico do Atlético Paranaense, que eliminou o Sporting Cristal na disputa por pênaltis, para também se classificar para fase de grupos da Libertadores, com muito mais drama. 

'Vamos entrar com o clima que vimos na final [da Copa das Confederações]. Clima de uma Seleção campeã, vencedora, que bateu a Espanha por 3 a 0. Claro, é uma competição diferente, mais difícil. Mas o Brasil é a seleção a ser batida', Cafu, bicampeão do Mundo, em entrevista ao FIFA.com.

'Durante dois anos e meio carregámos as expetativas e a responsabilidade de qualificar a equipa para o Mundial e trazíamos 78 milhões de iranianos em cima das costas. Isso é um peso enorme [...] Queremos jogar contra as melhores seleções do Mundo, com honra, dignidade, respeito e a maior capacidade competitiva possível', Carlos Queiroz, treinador do Irã, em entrevista ao FIFA.com.

'As federações estão investindo em diversos programas e há Mundiais em várias idades. Os jogos estão ficando mais importantes. Isso é emocionante, não apenas para mim como ex-jogadora, mas também como fã do esporte', a duas vezes campeã do Mundo Mia Hamm, sobre a evolução do futebol feminino, em entrevista ao FIFA.com.

'Sempre queremos jogar com os melhores, não é? Para poder curtir o futebol. Para mim, o melhor de todos os tempos é o Messi. É o melhor de todos'; Xavi Hernández sobre a qualidade do Barcelona, em entrevista ao FIFA.com.

'Acho que o Messi deve ser esse bonequinho especial, que os outros nove jogadores de linha terão que apoiar. Um jogador sozinho não vai ganhar uma Copa do Mundo para você, nem poderia', Mario Kempes, campeão do Mundo em 1978, sobre as chances da Argentina na Copa de 2014.

'Há uma idade de produção máxima para um jogador de futebol e ela se aplica a Suárez, Cavani, (Martín) Cáceres. Todos estes estão na idade ideal [para a Copa do Mundo]', Oscar Tabárez, sobre a presença do Uruguai na Copa do Mundo da FIFA.

'Meu sonho é disputar a Copa. É sonho de qualquer jogador, mas respeito o Felipão. O Brasil está bem servido. O Fred é um grande centroavante. Tem o Jô, o Pato pode voltar. Mas quem decide é o treinador', Leandro Damião, atacante do Santos, sobre as chances de ser chamado para a Copa.

'Neste momento, Oscar é o meu armador. Se alguém disser que ele não tem sido nosso melhor jogador desde o início desta temporada, precisarei discordar', José Mourinho, técnico do Chelsea, sobre a qualidade do meia brasileiro. 

Nas redes sociais

El mejor y el peor en campo!! #final#stade#de#france#allezparis http://t.co/yTpaekQ1Hm

- Pocholavezzi (@PochoLavezzi) 4 Février 2014

Fonte: FIFA

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes