Negociação por Emerson Sheik irrita elenco do Botafogo e motiva greve

Negociação por Emerson Sheik irrita elenco do Botafogo e motiva greve

Negociação por Emerson Sheik irrita elenco do Botafogo e motiva greve

Negociação por Emerson Sheik irrita elenco do Botafogo e motiva greve

As promessas não cumpridas e os salários atrasados até irritam os jogadores, mas não foram os únicos - e principais - motivos para a decisão de marcarem greve para o treino de domingo e protestos nas atividades de sábado, segunda e terça-feira. O estopim ocorreu mesmo por conta da negociação entre Botafogo e Emerson Sheik, atacante do Corinthians.

Jogadores ouvidos pela reportagem após a divulgação da greve revelaram que o grupo não recebeu bem as notícias de que a diretoria buscava 'medalhões' para o ataque em tempos de dificuldades financeiras cada vez maiores. Os principais líderes não concordam com a chegada de reforços quando não se consegue cumprir os atuais vencimentos.

Assim, eles ficaram revoltados quando souberam através da imprensa que o Botafogo estava disposto a pagar cerca de R$ 250 mil a Emerson Sheik - Corinthians pagaria a outra metade do salário. Uma reunião estava agendada entre elenco e diretoria para a última sexta-feira, quando nenhum prazo foi dado aos atletas.

A principal alegação é que o Botafogo reduziu bem sua folha salarial - de R$ 5 milhões para R$ 3,5 milhões - com saídas de Seedorf, Rafael Marques e Oswaldo de Oliveira para manter os vencimentos em dia. Mas a promessa não foi cumprida logo no primeiro mês. E mesmo assim a dívida só foi debitada quando os jogadores fizeram cobranças duras à diretoria, que arranjou dinheiro, que diziam não ter até então.

Apesar da irritação dos jogadores, o Botafogo tem apenas quatro opções para o ataque e fará de tudo para se reforçar. Emerson Sheik está próximo do acerto, mas não há pressa já que ele poderá ser inscrito na Libertadores até 48h antes das oitavas de final. Já Fabricio Carvalho chegará assim que o Carioca acabar. Deivid está de sobreaviso caso a negociação com o corintiano não avance.

Além deles, o Botafogo ainda quer Vitinho a partir do segundo semestre. O Alvinegro até tentou trazê-lo para a disputa da Libertadores, mas o CSKA-RUS fez jogo duro, recusou a proposta de empréstimo e o clube de General Severiano perdeu o prazo de inscrição - até a próxima segunda-feira.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fevereiro de 2015 e segue até 2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Votação do impeachment no Parque São Jorge

    Confira em tempo real a votação do impeachment de Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes