Mano ignora liderança e quer arrancada até a pausa para a Copa

Mano ignora liderança e quer arrancada até a pausa para a Copa

820 visualizações 18 comentários Comunicar erro

Mano ignora liderança e quer arrancada até a pausa para a Copa

Mano ignora liderança e quer arrancada até a pausa para a Copa

O técnico Mano Menezes não deu muita importância para a liderança do Brasileirão conquistada pelo Corinthians - empatado com Cruzeiro, Internacional e Goiás, com sete pontos - e falou após a vitória por 1 a 0, em Santa Catarina, contra a Chapecoense, que o mais importante é estabelecer boa campanha até a pausa para a Copa do Mundo, daqui a seis rodadas.

'A liderança não é importante', falou o técnico, à Rádio CBN, logo no início de sua entrevista coletiva. 'Isso não tem muito valor, o importante é jogar jogo a jogo, ir para essa parada [da Copa do Mundo] com uma boa perspectiva', afirmou o treinador.

Mano, no entanto, não quis estabelecer quantos pontos o Corinthians deverá conquistar nas próximas seis rodadas.

'É muito subjetivo estabelecer isso [número de pontos até a pausa]. Outras equipes estabeleceram números melhores que do que talvez teriam', completou o treinador.

Até a pausa para a Copa do Mundo o Corinthians ainda enfrenta São Paulo, Figueirense, Atlético-PR, Sport, Cruzeiro e Botafogo.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Matheus Matias vive a expectativa de estrear com a camisa do Timão

    Matheus Matias segue dieta especial por estreia no Corinthians: 'Não paro de comer'

    ver detalhes
  • Top fregueses do Corinthians | #43

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Os maiores fregueses do Corinthians

    ver detalhes
  • Positivo Tecnologia S.A e FoxLux S.A são duas empresas que patrocinam a camisa

    Balanço do Corinthians destrincha oito maiores acordos de patrocínio; dois são colocados em xeque

    ver detalhes
  • Roger foi apresentado como novo centroavante do Corinthians nesta sexta-feira

    Roger é apresentado no Corinthians e lembra de passado torcedor na cidade de Campinas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes