Corinthians 1 x 1 Botafogo - Ainda não foi dessa vez

Corinthians 1 x 1 Botafogo - Ainda não foi dessa vez

Jadson fez o primeiro gol da Arena Corinthians

Jadson fez o primeiro gol da Arena Corinthians

O Arena Corinthians foi palco neste domingo de seu segundo e último teste antes da abertura da 20ª Copa do Mundo no dia 12, na partida entre Brasil e Croácia. E o resultado, pelo menos dentro do campo, não agradou a maior parte da torcida. O Corinthians voltou a decepcionar sua torcida em sua nova casa ao empatar com o aplicado Botafogo por 1 a 1 pela nona rodada do Brasileirão, a última antes do Mundial. Esta foi a segunda partida sem vitória da equipe na Arena Corinthians, que já tinha perdido do Figueirense por 1 a 0 na estreia do estádio, o que valeu vaias para o time no fim da partida.

Com o empate no estádio, que parece não trazer sorte ao time, a equipe paulista parou nos 16 pontos. O Botafogo chegou aos 9 pontos.

O teste foi apenas um pouco além do que foi a partida entre Corinthians x Figueirense, primeiro jogo oficial da Arena Corinthians, realizado no último dia 18. O confronto foi liberado para receber apenas 40 mil pessoas no máximo. O teste não teve à disposição alguns serviços completos, como alimentação, e teve ainda outros setores fechados. As estruturas temporárias da arena estão sendo instaladas pela Fifa, o que resultou em mudanças. Como neste momento estão sendo instaladas no prédio Oeste, as câmeras de televisão para transmissão do jogo foram transferidas para o prédio Leste, lado oposto ao de outros estádios. Durante o jogo era possível ver as obras expostas no prédio Oeste.

As arquibancadas provisórias, ponto vital para receber a abertura, tiveram uso parcial. Apenas o setor Sul superior foi liberado pelo Corpo de Bombeiros. O Norte superior será usado pela primeira vez na Copa. A decisão de permitir a entrada para apenas 40 mil pessoas partiu do Governo do Estado, temeroso com a questão de segurança.

O jogo
O jogo começou com o Corinthians tendo dificuldade em armar jogadas, pressionado por não ter feito um gol ainda na Arena Corinthians. O Botafogo tomou a iniciativa do confronto e, logo aos 13 minutos, o primeiro susto para a torcida corintiana. Zeballos cruzou para a área e Ferreyra sobe para cabecear, em posição irregular. Walter, repetindo a atuação contra o Cruzeiro, no Canindé, pelo meio de semana, fez outra defesa fantástica. Mas a jogada foi anulada pela arbitragem.

Após alguns ataques contra sua meta, o Botafogo conseguiu cadenciar o jogo e travar as principais jogadas do time da casa, com Jadson, Romarinho e Guerrero. Aos 22, outra defesa precisa de Walter salva o Corinthians, em outra cabeçada forte de Ferreyra, aproveitando outro cruzamento de Zeballos, desta vez sem impedimento.

Mas aos 24 minutos, o alívio para a maior torcida na Arena Corinthians. O primeiro gol corintiano no estádio da Copa é de Jadson, que em jogada simples individual tirou Bolatti da jogada, conduziu até a entrada da área e chutou firme no canto direito de Renan.

A vantagem trouxe o Corinthians de volta ao jogo. Em outra oportunidade aguda, Guerrero avançou pela esquerda, entrou na área e chutou cruzado. Renan defendeu parcialmente e Bruno Henrique, sem marcação, não acertou o chute e perdeu chance incrível. Ainda aos 41, Bruno Henrique arriscou de fora da área para excelente defesa de Renan. Mesmo com um começo titubeante, após o gol o Corinthians dominou quase todas as ações e só não ampliou por causa da boa atuação de Renan.

Na volta do intervalo, o mesmo cenário do início da partida. O Botafogo criou várias ações no campo do time da casa, e só não empatou o duelo, aos 10 minutos, por causa de mais uma boa intervenção de Walter em chute de Wallyson.

Mas o Corinthians voltou a reagir. Aos 14, em boa troca de passes, Petros chutou cruzado para boa espalmada de Renan. Um minuto depois, em outra boa troca de passes, outra vez Petros chegou na cara de Renan. O goleiro do Botafogo novamente impediu o segundo gol do time da casa. O jogo era lá e cá e os dois times buscavam o gol com jogadas agudas e sempre perigosas. O Botafogo tentou deixar a equipe mais ofensiva colocando Gegê no lugar de Wallyson. A alteração não surtiu o efeito esperado, já que Fagner marcava bem no setor esquerdo do ataque carioca.

Aos 28 em rápido contra-ataque, o Corinthians quase amplia com Guerrero, que recebeu inversão de Petros e chutou pra fora na entrada da área, pela direita do ataque. Aos 33, o Botafogo assustou a torcida quando Daniel ficou livre na entrada da área, mas chutou fraco para fácil defesa de Walter.

Quando tudo levava a crer que o Corinthians teria sua primeira vitória na Arena Corinthians, Edilson, em jogada individual, passou por Fabio Santos e chutou rasteiro para o meio da área. Cleber tentou cortar e empurrou para as redes de Walter. O empate punia severamente a equipe da casa. 'Foi mais uma infelicidade. Estamos perdendo muitos pontos no final do jogo', declarou Fabio Santos ao Premiere SporTV sobre os problemas que o time tem apresentado na parte final dos jogos deste Brasileirão.

Próximos jogos
O Corinthians só volta a jogar pelo Brasileirão no duelo contra o Inter, em casa, no dia 16 de julho, após a Copa. O Botafogo encara o Sport, fora de casa, também em 16 de julho.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes