Seminário internacional discute a Copa 2014 em Brasília

Seminário internacional discute a Copa 2014 em Brasília

Está sendo realizado nestas quinta e sexta-feira (25 e 26), o I Seminário Internacional Copa do Mundo 2014 – Brasília na Copa. O objetivo da programação é auxiliar o planejamento de projetos voltados para a Copa do Mundo de 2014. O evento é voltado a empresários, profissionais de turismo, professores e estudantes e terá a participação de palestrantes brasileiros e estrangeiros que irão dividir as experiências e o know-how da realização de jogos em outros países.

O seminário é organizado pelo Sebrae no DF e pela Secretaria de Turismo do DF. Na abertura do governador do DF, Rogério Rosso, defendeu a candidatura de Brasília para a realização do primeiro jogo da Copa de 2014. “Estamos construindo o estádio mais moderno do mundo”, elogiou.

O governador do DF também afirmou que o projeto do estádio com 70 mil lugares continua valendo, apesar das críticas do Ministério Público de que a arena de Brasília seria um elefante branco. De acordo com Rosso, até o anúncio da cidade que abrirá a Copa, não haverá redução do projeto.

Africa do Sul
Na primeira palestra do evento, Molefi Oliphant, membro do comitê organizador local da Copa da África do Sul falou sobre a preparação de uma cidade-sede para a Copa do Mundo. Citou obrigações, como embelezar a cidade, fornecer espaço para o escritório do COL-2014 e zelar pelos patrocinadores do evento. Oliphant também falou que a experiência da África deixou lições para os anfitriões brasileiros.

“Tivemos que importar expertise, o que foi muito caro”, afirmou. Ele falou da importância da formação de pessoal para a Copa não ser um evento ainda mais caro de ser realizado. “É preciso seguir o cronograma e o planejamento financeiro porque o tempo corre. O prazo a ser cumprido é a Copa das Confederações em 2013, não a Copa em 2014”, alertou.

José Francisco Sales, diretor do departamento de Estudos e Pesquisa do Ministério do Turismo, apresentou uma pesquisa sobre o perfil do turista que vai à Copa. O estudo traz dados que podem ajudar empresas a orientar seus negócios durante os jogos. 83% dos turistas que foram à Copa da África, por exemplo, eram homens. 60% eram solteiros. 54% tinham ensino superior completo e a maioria recebe entre R$ 20 e R$ 50 mil reais por mês.

Fonte: Portal Copa 2014

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes