Ganso 'agradece' Timão

Ganso 'agradece' Timão

Meia diz ter certeza que chegará a um acordo com o Peixe e que interesse do Corinthians ajudou na negociação.

Depois do Santos, foi a vez de Ganso deixar ainda mais evidente que o "sim" para a nova proposta costurada pelo clube, que envolverá um considerável reajuste salarial, deve mesmo acontecer. Em entrevista à Rádio Globo, o meia afirmou ter "certeza do acordo" e que o interesse do rival Corinthians ajudou a acelerar a negociação.

– O Luis Álvaro conversou particularmente comigo, falei que quero fazer essa renovação. Tenho certeza que vamos chegar a um acordo. Para mim, essa novela já teria terminado com um final muito bom. Está bem próximo e uma reunião deve acertar tudo – disse.

O meia ainda apontou que a reviravolta nas negociações pode ter acontecido pelo interesse do Corinthians em pagar a sua multa contratual, admitido pelo presidente do clube, Luis Álvaro Ribeiro.

– Não acelerou a renovação esse interesse, mas ajudou. A diretoria do Santos me procurou mais cedo – afirmou.

Ganso, porém, se esquivou sobre a maioria das perguntas pelo rival. O meia se defendeu afirmando que "seria difícil jogar no Corinthians" e que se assustou com a possibilidade de Ronaldo estar envolvido.

– Me assustei um pouco, mas não podemos duvidar do Ronaldo que é um cara com muitas funções no futebol e só aumentou a mídia do Corinthians. Isso me assustou, mas tive calma – explicou.

Pelas bases da primeira proposta do "projeto de carreira", o meia passaria de R$ 130 mil para R$ 150 mil, mais R$ 125 mil provenientes de um acordo para a omoplata (hoje ocupada pela Seara) e a "cessão" de 20 dos 50% dos direitos de imagem que o Santos alega ter.

Ganso, porém, garante ser detentor de 100% de sua imagem e considerou a proposta inicial pouco vantajosa. Agora, o meia pode ter seu salário equiparado ao de Neymar.

Ganso 'agradece' Timão

Enviado por: Patricia Bernardo

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes