Corinthians, Coritiba e Santos aderem a 'dia do torcedor'

Corinthians, Coritiba e Santos aderem a 'dia do torcedor'

Por Meu Timão

Em um dia do fim de semana sem jogo oficial, o clube de futebol vende a torcedores a oportunidade de jogar no estádio com toda pompa de partida de campeonato. Árbitros da federação local, aquecimento no vestiário e coletiva de imprensa após o confronto. Essa iniciativa está ganhando novos adeptos nesta temporada.

Após Palmeiras, Santos, Vasco e São Paulo terem sido convencidos a criar o "dia do torcedor" no ano passado, Corinthians e Coritiba decidiram replicar o modelo para as próprias torcidas, ambos no dia 6 de agosto (sábado), enquanto o Santos acertou a realização de nova edição, agendada para 31 de agosto (quarta).

Os preços não são simpáticos, mas, até hoje, todas as versões do evento foram esgotadas. O Coritiba cobra R$ 590 de associados e R$ 790 de não sócios, enquanto o Corinthians pede R$ 890 de sócios-torcedores e R$ 990 de não filiados. Em ambos os casos, além da experiência, o torcedor leva produtos oficiais para casa.

O "dia do torcedor" não é organizado pelo clube, na verdade, e sim por agências de marketing esportivo que têm se especializado nessa espécie de atração. O evento corintiano está sendo viabilizado pela ESM, e as ações santista e coritibana, pela Futebol Tour. A equipe "empresta" espaço e marca e recebe royalties em troca.

A cada time que decide realizar a ação, poucas alterações são efetuadas no produto. Existe a possibilidade de que terceira empresa patrocine a iniciativa e potencialize os benefícios financeiros, por exemplo, mas até hoje apenas o Vasco conseguiu atrair o apoio financeiro da Ambev, também patrocinadora do clube, para tal.

O próximo clube que deve ter seu próprio "dia do torcedor" é o Flamengo, cujas negociações com a Futebol Tour estão em fase final, e o São Paulo, pela segunda vez. Internacional, Figueirense e Avaí também mantêm conversas, mas ainda estão distantes de fechar negócio, segundo apurou a Máquina do Esporte.

Em resumo, ao comprar uma vaga no evento, o torcedor ganha o direito de jogar uma das oito partidas de 30 minutos que são feitas na data em questão. Com uniforme oficial, participa de todas as peculiaridades de um jogo de futebol, desde vestuário até a sala de imprensa, e ainda pode levar acompanhantes para a arquibancada.

Fonte: Máquina do Esporte

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes