Corinthians se prepara para troca de patrocinador

Corinthians se prepara para troca de patrocinador

São Paulo -O Corinthians terá motivos de sobra para comemorar neste final de ano. Além do pentacampeonato, o clube do Parque São Jorge deverá fechar 2011 com um faturamento na casa dos R$ 270 mihões. O montante supera em 27% os R$ 212 milhões obtidos no ano passado, quando foi o time com a maior receita do país.

Agora campeão e com a marca valorizada, o Corinthians pretende aumentar em até 15% os ganhos com patrocínios em 2012, passando dos R$ 48 milhões deste ano para a casa dos R$ 55 milhões na próxima temporada, quando disputará seu torneio mais cobiçado, a Copa Libertadores. Em um cenário otimista, o clube espera chegar aos R$ 60 milhões com a receita de patrocínios. Segundo a reportagem apurou, a novidade na camisa corintiana deve ser a saída da Hypermarcas do principal patrocínio no uniforme após três anos exibindo a marca da Neo Química Genéricos. O investimento do conglomerado que atua nas áreas de consumo e medicamentos estava atrelado à imagem do atacante Ronaldo, que é garoto-propaganda da empresa.

Entretanto, com a retirada do Fenômeno dos gramados no início desse ano, a parceria com o clube perdeu sentido. O ex-jogador até ajudou na contratação do atacante Adriano para ser a referência nas ações de marketing em seu lugar, iniciativa que não deu certo pela grave contusão do Imperador e de seu comportamento fora do campo, que o deixou de fora da maior parte da temporada.

'Estamos negociando com três empresas e não há nada fechado por enquanto', afirma Raul Corrêa da Silva, vice-presidente financeiro do Corinthians.

Já a Fisk renovou sua parceria com o clube aumentando os investimentos em R$ 2,5 milhões (veja texto ao lado). Com as projeções, o time está prestes a fechar seu orçamento para 2012, que deve atingir R$ 250 milhões, um aumento de 20% sobre a verba deste ano.

Negócios em ascensão e novo contrato com TV

Para alcançar o faturamento recorde de R$ 270 milhões, o clube aponta entre os motivos o adiantamento de parte dos R$ 100 milhões que receberá da Globo pelo novo contrato de direitos de transmissão, que passa a vigorar em 2012, as maiores receitas com patrocínios e arrecadação com os jogos, além da expansão das lojas Poderoso Timão. 'Em todas as áreas tivemos acréscimos', comenta o vice-presidente financeiro do clube. Ele cita também que dos 20 jogos com maior receita do Campeonato Brasileiro, 16 são do Corinthians.

Apesar do bom ano, o clube aumentou sua dívida em mais de R$ 80 milhões e deve fechar este ano na casa dos R$ 195 milhões. De acordo com Silva, os motivos foram os investimentos em atletas e na construção de seu Centro de Treinamento.

Para justificar esse aumento, o presidente do clube, Andrés Sanchez, afirma que quando assumiu o Corinthians, no início de 2008, a dívida do clube girava em torno de R$ 100 milhões sendo que o clube faturava pouco mais de R$ 60 milhões. 'Esse ano devemos fechar com um receita próxima dos R$ 300 milhões', diz Sanchez.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes