Descontração marca a concentração do Corinthians

Descontração marca a concentração do Corinthians

O início do mês de janeiro é um pesadelo para todos os jogadores de futebol. Concentração e pré-temporada são palavras que afligem qualquer ‘boleiro’. E no Corinthians não é diferente, mas com um aspecto que chama a atenção: muita descontração.

Serão mais 13 dias de uma rotina de treinos puxados no CT Joaquim Grava, além de dois amistosos - Flamengo, dia 15, em Londrina, e Portuguesa, dia 18, Pacaembu -, para depois encarar a maratona de jogos do Paulistão e Libertadores. Só em fevereiro, serão nove partidas. Para aprimorar o físico, os atletas encaram duas sessões pesadas de treinos diariamente.

'Sem dúvida, essa é a parte chata do ano. Mas temos que encarar. Até já acostumei um pouco e agora levo na boa essa parte chata. Por isso, a gente aproveita bastante dezembro, porque sabe que esse mês é assim', destaca Fábio Santos, parceiro de concentração de Willian. 'Mas tudo isso é muito importante para a gente aguentar a temporada inteira', acrescenta o lateral-esquerdo.

E com o colega de quarto não é diferente. 'Aqui, todo mundo leva numa boa e com alegria (a concentração), porque fomos campeões no ano passado, aí o clima fica mais leve. Está uma alegria só', conta o atacante. 'O pessoal aqui é muito amigo e gente boa. Lógico que a gente fica um pouco cansado de ver os mesmo caras todos os dias, mas na hora da brincadeira, fica tudo certo', prossegue o atacante. O Cebolinha aproveita bem o tempo livre e a infraestrutura oferecida no novo hotel do Timão.

'Tem sinuca, ping-pong. Dá para curtir legal e descontrair um pouco', explica, depois de provocar o amigo Fábio Santos. 'Ele é fraco demais em todos os brinquedos (risos). Nunca vi. Você sabe como é, vim do interior (Três Fronteiras-SP) e lá tinha boteco. Sei jogar essas coisas, né', revela, contestado pelo lateral, logo em seguida. 'O que ele está falando? Ele não sabe nada. Fala que veio do interior, mas sabe mesmo só de pescar com o pai dele', zomba.

Danilo e Paulo André são os 'reis' do ping-pong

Nos momentos de descanso na concentração, os corintianos procuram se distrair no salão de jogos. E lá, a rivalidade corre solta entre os 31 jogadores do elenco. A mesa de ping-pong e a de sinuca são as mais concorridas. Ambas, no entanto, já têm seus ‘reis’: Danilo e Paulo André.

'O Paulo (André) é todo metido a tenista (risos). Mas ele é o ‘cara’ da mesa de ping-pong. É difícil ganhar dele', revela Fábio Santos. 'Na sinuca, o Danilão é o mestre. Ele sabe das coisas', prossegue, detalhando sua qualidade. 'Eu sou fera no ping-pong. Tipo ‘café com leite’, todo mundo ganha de mim (risos)', conta o lateral.

O Hotel do Corinthians, no CT Joaquim Grava, foi inaugurado no fim de dezembro. O local conta com 130 acomodações para os jogadores, além de um amplo espaço de entretenimento e sala de estar.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Com Luan 'impossível', Timão deve voltar ao mercado para analisar outras opções à defesa

    Sem campeão olímpico, Corinthians monitora novas opções para zaga

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes