Adriano viveu um ano no Corinthians. Veja o seu mês a mês no clube

Adriano viveu um ano no Corinthians. Veja o seu mês a mês no clube

Adriano cumpriu apenas 12 dos 15 meses de seu contrato com o Corinthians. A trajetória do atacante no clube, encerrada na segunda-feira, foi marcada mais pelo que ele fez fora do campo do que dentro dele. Foram apenas oito jogos, três como titular (sendo que em apenas um jogou os 90 minutos). Pouco interesse nos treinos e um descompromisso com as recomendações médicas encurtaram sua trajetória no Corinthians. O iG compilou o mês a mês de Adriano no clube.

Março de 2011
No dia 31, Adriano é apresentado com pouca pompa ao lado da mãe e do irmão no CT do Corinthians. Com o slogan 'Do Império à República' ele chega ao clube depois de passagem apagada pela Roma e de ter rompido com seu empresário de anos, Gilmar Rinaldi. Ele ainda estava com uma lesão no ombro direito para ser tratada.

Abril de 2011
Em 19 de abril, Adriano sofre uma ruptura do tendão de Aquiles esquerdo durante treinamento no CT corintiano. É operado no Hospital São Luiz no dia seguinte para reconstruir os ligamentos do tendão. Após a cirurgia, o médico Joaquim Grava dá prazo de cinco meses para retorno e diz que o maior desafio de Adriano é não engordar.

Maio de 2011

Depois de período de repouso no RIo de Janeiro, ele se reapresenta com atraso no Corinthians. Ao invés de chega no dia 3, se apresenta no dia 4. Segundo a assessoria do clube, seu voo atrasou. Naquele dia inicia fisioterapia no pé esquerdo. No dia 23 começa a caminhar sem muletas.

Junho de 2011
No dia 3 de junho Adriano retira sua bota imobilizadora e intensifica trabalho de fisioterapia. Cinco dias depois, é flagrado na noite carioca. Em 13 de junho, por meio de comunicado oficial, ele diz não deve satisfações já que seus horários de treinos são cumpridos à risca.

Julho de 2011
À 'ESPN Brasil', Adriano diz que voltaria em breve 'para calar a boca de muita gente'. Uma semana depois, numa transmissão ao vivo pela internet promovida pelo Corinthians, Adriano diz que poderia voltar a jogar no dia 28 de agosto, contra o Palmeiras. Ele precisava perder pelo menos 10 quilos.

Agosto de 2011

Em 4 de agosto, Adriano faz seu primeiro treino com bola no gramado do CT corintiano. No dia 11 ele muda a data da estreia e diz que poderia enfrentar o Flamengo no dia 8 de setembro.

Setembro de 2011
Próximo da estreia, ele não enfrenta o Flamengo, mas intensifica os trabalhos de fisioterapia. Em 20 de setembro falta a mais um treino. Funcionários do clube dão como certa sua estreia em outubro.

Outubro de 2011
Um mês após a previsão inicial da sua estreia, Adriano entra em campo pela primeira vez pelo Corinthians. Em 9 de outubro ele joga 11 minutos contra o Atlético-GO. Ele ainda enfrenta o Botafogo três dias depois. Após o jogo, ele ganha mais uns dias para entrar em forma.

Novembro de 2011
Joga 12 minutos contra o Atlético-PR no dia 13. Uma semana depois, entra no segundo tempo contra o Atlético-MG e marca seu primeiro gol pelo clube aos 43 do segundo tempo. Gol manteve o time na liderança faltando duas rodadas para o final do torneio.

Dezembro de 2011
Adriano reclama por não ter entrado na partida final contra o Palmeiras. Insatisfeito, não vai à festa do título e irrita diretores e patrocinadores. De férias no Rio se envolve em incidente na véspera de Natal e uma jovem acaba sendo baleada por ela mesma dentro do seu carro na saída de uma boate. Ele faz uma bateria especial de treinos nas férias.

Janeiro de 2012
Joga 45 minutos no primeiro compromisso no ano. Passa em branco em amistoso contra o Flamengo, em Londrina, dia 15. Dois dias depois falta a outro treino e perde a chance de iniciar o amistoso com a Portuguesa. Passa um mês realizando apenas trabalhos físicos.

Fevereiro de 2012
No início do ano, sem conseguir entrar em forma, o Corinthians dá a última chance ao jogador e lhe impõe um confinamento. Adriano ficou uma semana 'internado' no CT do clube e conseguiu físico para estar na lista da Libertadores e entrar em campo em dois jogos (contra São Caetano e Botafogo-SP). Contra o time de Ribeirão Preto marca seu segundo gol pelo clube.

Março de 2012
É titular contra o Santos, dia 4. Tem atuação ruim e péssimo rendimento nos treinos dos dias seguintes. Em entrevista à TV Globo diz que pesa 100kg e que precisa de um mês para entrar em forma. Declaração irrita Tite e ela, somada a ato de indisciplina não esclarecido pela diretoria, faz com que Adriano seja vetado dos jogos contra Guarani e Cruz Azul (MEX). Na segunda-feira, dia 12, ele entra em acordo com o clube e é dispensado.

As informações são do repórter Bruno Winckler, iG

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Centroavante Jô, 'Rei dos Clássicos', voltou a deixar o dele neste domingo

    Corinthians despacha São Paulo e vai à final do Paulistão contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Jô foi eleito o melhor em campo no clássico deste domingo

    Jô, Pablo e Jadson brigam pela melhor avaliação nas notas da torcida

    ver detalhes
  • Sem ser relacionado há seis partidas no Timão, Guilherme tem acerto encaminhado com o Atlético-PR

    Presidente confirma: Corinthians encaminha empréstimo do meia Guilherme

    ver detalhes
  • Carille tem oito titulares pendurados para primeira final contra a Ponte

    Oito dos dez titulares de linha do Corinthians entram pendurados na decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes