Para Emerson, oscilações do Corinthians são normais

Para Emerson, oscilações do Corinthians são normais

A expulsão de Jorge Henrique no jogo de ida contra o Emelec e a eliminação para a Ponte Preta no Campeonato Paulista ainda repercutem no Corinthians. Nesta segunda-feira, em entrevista coletiva, o atacante Emerson mostrou a preocupação com as oscilações emocionais do time, que precisa vencer o Emelec nesta quarta-feira, no Pacaembu, para avançar às quartas de final da Copa Libertadores.


'Acho que, por ser um competição internacional e que Corinthians nunca conquistou, é natural que em alguns momentos dentro da partida aconteça ter um ou outro mais exaltado, isso é absolutamente normal. O Tite fala nas preleções para a gente concentrar na partida, no que está acontecendo, mas tudo serve de experiência', avaliou Emerson.

Desde já o atacante prepara o discurso para o caso de um erro individual, como o que fez de Júlio César o bode expiatório da eliminação no Campeonato Paulista. 'A gente sabe da responsabilidade, da necessidade de vencer para seguir. Pode ser que em algum momento um ou outro perca a concentração, mas o time está preparado, sabe o que quer.'

Emerson evitou entrar na polêmica quando à arbitragem do empate em 0 a 0 no jogo de ida, em Guayaquil, mas mostrou que não concorda com o duro discurso do presidente Mario Gobbi. Perguntado se houve exagero por parte do mandatário corintiano, o atacante fugiu da reposta. 'Falar mal do presidente? Você (repórter) está de brincadeira. De boa, já passou, já foi, não há nada que se possa fazer para mudar. De coração, nem vale a pena comentar, só pensar no jogo de quarta-feira. A arbitragem é passado.'

O ex-jogador do Fluminense deve ser o único companheiro de ataque de Willian. O técnico Tite tem treinado o time com Alex no lugar do suspenso Jorge Henrique. Liedson, assim, continuaria no banco. 'A gente tem a semana inteira pela frente para treinar e consertar algumas coisas. Estamos preparados para fazer um bom jogo na quarta-feira e passar de fase', diz Emerson.

Ele avisa que, em busca da vitória, o Corinthians deverá se lançar ao ataque no Pacaembu. 'Tem que ver o que o Tite vai mandar, mas a gente tem que ter cautela também para não ir com tudo e levar o gol, daí é perigoso. Essa parte o Tite vai nos orientar, mas posso adiantar que vamos buscar a vitória do início ao fim', completou Emerson.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes