Timão mira exemplo do Inter para buscar título da Libertadores e do Brasileiro

Timão mira exemplo do Inter para buscar título da Libertadores e do Brasileiro

Não adianta o discurso político: o Brasileirão fica comprometido com a disputa da Libertadores, seja por planejamento ou dificuldade em manter o foco no início do torneio. Mas, de um eventual problema, o Timão quer uma solução inédita, complicada e histórica. A meta é melhorar o feito do Internacional, em 2006, quando os gaúchos chegaram ao topo da América e ficaram perto do título nacional, com o segundo lugar.

'Tem exemplos ruins de clubes que chegaram longe na Libertadores e depois foram mal no Brasileiro, mas têm os bons também, como o Internacional em 2006, que acabou com o título da Libertadores e depois quase ganhou o Brasileiro. Nós queremos ir mais longe. E é isso que o Tite tem nos mostrado. Que nós podemos ir bem na Libertadores e muito no Brasileirão também', analisa o lateral Fábio Santos, preocupado com as duas derrotas até aqui no Brasileirão, para Fluminense e Atlético-MG.

'O jogador é ser humano. É muito difícil mudar a chave da Libertadores para o Brasileiro. Mas eu sei, por exemplos de outros clubes, que não se pode começar mal o Brasileiro, porque depois que acabar a Libertadores, seja campeão ou não, vai ser muito complicado pensar só nele', argumenta Tite, que encara os dois próximos jogos, contra Figueirense, dia 7, e Grêmio, dia 13, como fundamentais para que o Nacional não se torne um eventual grande problema no futuro.

O treinador tem como exemplos a se preocupar o como o caso do São Paulo de 2005 que, depois da conquista da Libertadores, sofreu pelo mau início no Brasileirão e ficou até metade da disputa na zona de rebaixamento. Além do arquirrival, o Fluminense também teve um exemplo negativo: em 2009, os cariocas perderam a decisão da competição continental para a LDU-EQU e viveram uma imensa crise. Escaparam da Segunda Divisão apenas na última rodada do Nacional.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes