Brasil encara Argentina em 'decisão' para Mano Menezes

Brasil encara Argentina em 'decisão' para Mano Menezes

Pode não parecer, mas neste sábado é dia de decisão para a seleção brasileira, especialmente para Mano Menezes. O amistoso contra a Argentina, às 16h06 (de Brasília), em Nova Jersey, terá enorme influência no futuro do treinador, que está preparando a sua equipe para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres. Uma vitória sobre o time de Messi encherá a seleção de moral e dará paz ao gaúcho.


Por outro lado, uma derrota, que seria a segunda consecutiva (no último domingo o time perdeu para o México, em Dallas), acabará de vez com o crédito acumulado nas vitórias sobre Dinamarca e Estados Unidos e deixará o técnico em situação bastante delicada, para dizer o mínimo.

Contra um adversário poderoso, que conta com o melhor jogador do planeta, os garotos da equipe sub-23 do Brasil terão um teste de fogo. Eles precisam mostrar que aprenderam as lições da derrota para os mexicanos, jogo em que a seleção foi detida por uma defesa muito bem montada e deu bastante espaço para os contra-ataques do México. E um jogador em especial será observado com uma lupa pela torcida brasileira: Neymar. O craque do time, aquele de quem se espera jogadas geniais e muitos gols, negou fogo no último jogo e precisa se redimir.

Ainda sem uma vitória sobre uma grande seleção desde que assumiu o cargo, em agosto de 2010 (no triunfo sobre a Argentina no ano passado, em Belém, o time adversário estava sem seus melhores jogadores), Mano Menezes sabe que o tom das críticas a ele subirão muito em caso de derrota. Até por isso, ele se preparou para anular os principais pontos fortes do time argentino especialmente Lionel Messi, é claro. O treinador, no entanto, descartou fazer marcação individual sobre o melhor jogador do mundo eleito pela Fifa. 'Vamos marcá-lo por zona porque acreditamos que é a melhor maneira de marcá-lo', falou o treinador. 'Mas me preocupa mais o conjunto argentino do que seus jogadores'.

Dúvidas
É pouco provável que Mano Menezes conte com Thiago Silva, vítima de dor no joelho direito. Bruno Uvini está pronto para substituí-lo, mas a entrada do garoto do São Paulo na zaga poderá provocar outra mudança na equipe. Por não confiar completamente em uma dupla formada por dois jogadores que até o ano passado jogavam na seleção sub-20 (Bruno Uvini e Juan), o treinador pode tirar um dos atacantes para escalar mais alguém no meio de campo. Nesse caso, provavelmente Hulk sairia do time para a entrada de Casemiro, que jogaria ao lado de Sandro e Rômulo.

Casa do New York Giants, time de futebol americano, o estádio MetLite receberá 80 mil pessoas neste sábado, apesar de o clássico ser ignorado pela imprensa norte-americana. No mesmo palco em que fez sua estreia na seleção, em um jogo contra os Estados Unidos, Mano Menezes poderá viver uma de suas maiores alegrias como treinador do time nacional. Ou uma de suas maiores tristezas. Tudo depende do que acontecerá durante 90 minutos em Nova Jersey.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Terceiras camisas de Corinthians e Boca Juniors chamam atenção pela semelhança entre si

    Corinthians 'inspira' Boca Juniors, e time argentino lança camisa quase igual

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes