Espião do Corinthians elogia o Boca: 'Terá a vantagem no primeiro jogo'

Espião do Corinthians elogia o Boca: 'Terá a vantagem no primeiro jogo'

O minucioso estudo do Boca Juniors já começou a ser elaborado pela comissão técnica. A reunião sobre quais serão as estratégias usadas para o primeiro duelo contra o rival da final da Libertadores acontecerá só no domingo, mas a reportagem do MARCA BRASIL se antecipou e ouviu, logo após o final do jogo que decidiu a decisão continental, o responsável por detalhar tudo sobre os argentinos a Tite.

'O Boca é um time muito compacto, experiente, bem postado na defesa e que aproveita bem os contra-ataques. Comecei a estudá-los antes do jogo contra o Universidad do Chile, para saber como jogam em casa e fora', explicou o auxiliar técnico corintiano Cleber Xavier.

Se o torcedor sofreu contra o Vasco, nas quartas de final, e o Santos, nas semifinais, pode preparar o coração para a decisão. 'Ninguém fará um resultado tão largo. Será ainda mais duro que os outros jogos pelo fato dos dois times terem pegada. O Boca é mais agressivo e se posiciona melhor na defesa', explicou Xavier, que detalhou o sistema de jogo argentino.

'Eles jogam em um sistema losango. Com uma linha de quatro, com dois volantes de velocidade e um enganche, que é Riquelme. No ataque, jogam com um centroavante e um de movimentação. Temos que ter atenção com os volantes, que saem rápido e chegam com espaço.'

Por fim, Cleber entende que o Boca tem vantagem no primeiro jogo, dia 27, no La Bombonera, mesmo com a partida decisiva que os argentinos farão domingo, enquanto o time titular corintiano descansa na rodada do Brasileirão do fim de semana, contra o Palmeiras. Os hermanos jogam contra o All Boys, pela última rodada do Clausura (2º turno do Argentino), e podem conquistar o título com uma vitória e uma combinação de resultados.

'Às vezes, o emocional pode pesar muito e ficam fortalecidos se conquistarem o título. E a vantagem é deles no primeiro jogo, por jogarem em casa, ainda mais com a tradição do La Bombonera', concluiu.

Reportagem: André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Titulares que não jogaram na Argentina foram a campo nesta sexta

    Trio trabalha com bola e Corinthians deve ter força máxima no Majestoso

    ver detalhes
  • Fiel poderá comparecer novamente a um treino na Arena

    Na véspera do Majestoso, Corinthians promove treino aberto à torcida na Arena

    ver detalhes
  • Arbitragem tem sido assunto recorrente no dia-a-dia do Corinthians

    Levantamento: todos os erros contra e favor do Corinthians no Brasileirão 2017

    ver detalhes
  • Guilherme Arana não jogou na Argentina, mas volta no Majestoso

    Arana fala em ano perfeito com título do Corinthians e fracasso do São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes