Libertadores: Alessandro e Danilo pregam concentração e respeito na final no Corinthians

Libertadores: Alessandro e Danilo pregam concentração e respeito na final no Corinthians

Danilo decidiu contra o Santos

Danilo decidiu contra o Santos

Na véspera do jogo mais importante de sua história recente, o Corinthians escalou dois dos jogadores mais experientes do elenco para conversarem com a imprensa. Alessandro e Danilo foram aos microfones nesta terça e mostraram quanto o grupo está concentrado e focado para a decisão da Libertadores, nesta quarta-feira, no Pacaembu. Ali, ambos pregaram respeito contra o Boca Juniors e reforçaram a necessidade de o time ter paciência para construir o resultado.


'Tem de ter tranquilidade. Eles seguram bem a bola, tocam, fecham atrás, tiram espaço, sabem a hora de atacar e de defender. Mas estaremos em casa, temos que procurar atacar e evitar os contra-ataques. Ele têm qualidade e podem complicar, então temos que estar bem atentos', comentou Danilo.

A opinião é reforçada pelo lateral-direito. 'O Boca é uma grande equipe, com histórico de títulos, e já deu para perceber os pontos fortes e fracos. Até agora respeitamos todo mundo e não será diferente. Eles têm tudo para jogar de igual para igual aqui', opinou Alessandro.

Outro ponto que os dois capitães do Corinthians concordam é que é fundamental o time ter em mente o que precisa fazer para sair do Pacaembu com o título inédito da Libertadores. 'Temos de pensar no que podemos fazer para ganhar. Analisamos muito bem o Boca e o mais importante é estar bem esclarecido do que tem de fazer. Já trabalhamos tudo para esse momento. Agora é concentrar', observa Alessandro, para complemento de Danilo: 'Com a posse de bola temos de agredir desde o início, com foco'.

Os corintianos sabem que boa parte do perigo do Boca Juniors está nos pés de Roman Riquelme, o craque da equipe argentina. E sabem que precisam pará-lo no Pacaembu. 'Ele é um grande jogador, que não pode deixar pensar, não pode deixar livre. Quanto mais diminuir, melhor para a gente. E a marcação começa lá na frente', lembrou Danilo.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes