'Pressão' preocupa presidente do Corinthians

'Pressão' preocupa presidente do Corinthians

'A Libertadores não vai acabar. Se o Corinthians não ganhar agora, vai ganhar mais para frente'. As palavras são do presidente corintiano, Mario Gobbi, cuja intenção era a de tirar a pressão de cima do time, que briga por um título inédito, portanto, histórico.

As palavras de Gobbi foram direcionadas à atuação da imprensa, no trato que, segundo ele, vem sendo dado à condição de favorito do Timão na decisão da Libertadores.

'Desde que assumi venho trabalhando para tirar essa pressão que vocês - jornalistas - colocam em cima do Corinthians. Aí, acontece de não dar certo, os torcedores fazem algo errado e são chamados de vândalos', observou.

'Por isso acho injusta essa pressão', completou.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho permaneceu no campo do El Cilindro por apenas dois minutos

    Atuação 'relâmpago' de Rodriguinho revolta torcida do Corinthians nas redes sociais; veja tuítes

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco do Corinthians por expulsão, mas opta pelo silêncio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes