Para Jorge Henrique, faltou paciência ao Timão

Para Jorge Henrique, faltou paciência ao Timão

Bahia - Os corintianos deixaram o estádio Pituaçu, em Salvador, com um gosto amargo pelo empate sem gols contra o Bahia, neste domingo, pela 13ª rodada do Brasileirão, decepcionados com a fraca exibição no duelo e com o sentimento de desperdício de dois pontos no torneio.

'Interessante seria a vitória. Deixamos de somar dois pontos pelo o que a partida se apresentou. Infelizmente não aconteceu e agora temos que pensar no Vasco', disse o zagueiro Wallace, que substituiu Chicão, que foi vetado pelo departamento médico por sentir dores na coxa direita .

'Ficamos com a posse de bola, mas não fizemos o gol. Importante é somar mais um ponto no campeonato e melhorar um pouco mais a situação no Brasileiro. Jogar aqui é sempre difícil', prosseguiu o camisa 4, que herdou o número de Leandro Castán, vendido para a Roma. Wallace teve sua opinião reforçada com seu companheiro de zaga Paulo André.

'Fora de casa o empate não é ruim, mas acho que deixamos de conquistar dois pontos', disse o zagueiro, que reclamou do estado do gramado do estádio Pituaçu.
'A grama estava muito alta. Isso atrapalhou a gente a furar o bloqueio deles.'

Para o atacante Jorge Henrique, a grama não foi o diagnóstico da falta de efetividade do Timão contra o Bahia. Ele teve uma avaliação mais crítica do desempenho alvinegro.

'Faltou mais toque de bola. Quisemos acelerar muito. Se a gente segurasse mais a bola, com mais paciência, faríamos os gols. O importante é não perder fora de casa e agora temos que vencer o próximo jogo', avaliou o camisa 23.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Recuperado de lesão, Balbuena foi relacionado para o Majestoso

    Com retornos confirmados, Corinthians relaciona 21 jogadores para Majestoso

    ver detalhes
  • Gabriel não escondeu seu lado corinthiano em entrevista

    Gabriel diz torcer pelo Corinthians desde criança e explica sensação de ter jogado pelo Palmeiras

    ver detalhes
  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes