Cássio rejeita favoritismo do Corinthians no clássico

Cássio rejeita favoritismo do Corinthians no clássico

Apesar do bom retrospecto do Corinthians contra o São Paulo jogando no Pacaembu (são seis vitórias nos últimos seis jogos), o goleiro Cássio rejeita favoritismo no clássico do próximo domingo, válido pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.


'Não podemos achar isso (que somos favoritos), muitas vezes um time está mal, ganha e cresce na competição', disse o goleiro após treino na manhã desta quarta-feira no CT do clube.

O único ponto positivo do Corinthians em relação ao rival, segundo Cássio, é o entrosamento. 'A gente vem jogando junto há seis meses, estamos com a mesma base, e isso ajuda. Esse pode ser um fator que nos favoreça.'

Cássio disse que a pressão pela vitória existe dos dois lados, porque o Corinthians vem de derrota no clássico contra o Santos. 'Temos que ganhar esse jogo, que vai ser difícil, mas esperamos que a gente saia com a vitória.'

O goleiro disse ainda que o Corinthians não pode se preocupar apenas com Lucas, que vem em um bom momento no São Paulo após defender a seleção brasileira. 'O time todo é bom, tem o Luis Fabiano, é um ataque rápido, precisamos estar atentos com todos.'

Os jogadores do Corinthians treinaram na manhã desta quarta-feira no CT Joaquim Grava. A maioria dos jogadores realizou apenas treinos físicos no gramado. Outro grupo permaneceu na academia. O atacante Emerson, que se recupera de torção no tornozelo, esteve presente e fez um trabalho à parte. No período da tarde, haverá outro treino, provavelmente com bola, fechado à imprensa.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes