Tirone recua e deixa jogo com Corinthians no Pacaembu

Tirone recua e deixa jogo com Corinthians no Pacaembu

554 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, decidiu manter o clássico contra o Corinthians no Estádio do Pacaembu. Estava quase tudo acertado para que a partida do dia 16 de setembro fosse transferida para a cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, mas o dirigente recuou e manteve o confronto na capital paulista.


Um dos motivos da decisão é a pressão de boa parte da torcida palmeirense, principalmente dos sócios do Avanti, programa de sócio-torcedor do clube. Eles reclamaram que, depois de vários jogos como mandante em Barueri, ter um clássico em Prudente seria mais um motivo para críticas.

O diretor jurídico do Palmeiras, Piraci Oliveira, confirmou a decisão do presidente. 'O jogo será no Pacaembu e esperamos que a torcida lote o estádio', disse o dirigente.

Em Presidente Prudente, o Palmeiras teria todos os custos pagos pela prefeitura da cidade. A decisão ainda pode ser alterada, mas, pela pressão que tem sofrido nos últimos dias Tirone, não parece disposto a mandar o clássico para o interior.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Em baixa na Alemanha, Jonathas volta à pauta do Corinthians, que busca empréstimo

    Corinthians volta a ter interesse no centroavante Jonathas

    ver detalhes
  • Gabriel e Guilherme conversaram com o Meu Timão no Parque São Jorge

    Mãe vira-casaca, sonho inglês e até 10 a 0 na Croácia: conheça os gêmeos do Sub-17 do Corinthians

    ver detalhes
  • Jorge Luis Pinto é torcedor do Corinthians em solo brasileiro

    Técnico sensação da Copa-2014 pela Costa Rica fala em sonho de treinar Corinthians

    ver detalhes
  • Rio, Maceió e até Califórnia: jogadores do Corinthians curtem 'férias forçadas'; veja destinos

    Rio, Maceió e até Califórnia: jogadores do Corinthians curtem 'férias forçadas'; veja destinos

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes