Carrasco Romarinho faz a trinca sobre o Palmeiras

Carrasco Romarinho faz a trinca sobre o Palmeiras

Comemoração diante da torcida do Palmeiras foi acidental, segundo Romarinho

Comemoração diante da torcida do Palmeiras foi acidental, segundo Romarinho

Foto: Rafael Neddermeyer / Agência O Dia

Com uma trinca de gols, Romarinho se tornou o carrasco do Palmeiras no Brasileirão e ajudou a afundar ainda mais o arquirrival na tabela de classificação. Depois de oito jogos de jejum, o atacante voltou a balançar as redes ontem, na vitória corintiana por 2 a 0, no Pacaembu, e marcou seu terceiro gol contra o arquirrival - ele fez dois no triunfo por 2 a 1, no primeiro turno do torneio.

Além do gol, Romarinho deixou a torcida e os jogadores palmeirenses irritados por outro motivo: pela sua comemoração próxima à torcida rival. No vestiário, o jovem, depois de repensar e ouvir uma bronca do técnico Tite, pediu desculpas pelo ato impensado.

'Repensei. Foi um lance sem pensar na hora, queria pedir desculpas. Na emoção, a gente acaba fazendo coisas assim', disse o atleta de 21 anos, que na celebração de seu gol, o primeiro do Timão, correu em direção aos torcedores do Palmeiras e beijou o escudo corintiano. 'Fazia oito jogos que não marcava e acabei fazendo isso. Foi força do hábito mesmo. Foi sem querer', explicou.

Contente com mais uma vitória e preocupado em não jogar mais lenha no caldeirão do Palmeiras, Tite defendeu Romarinho e pregou respeito ao arquirrival. 'Ele não teve (intenção), cara. Qualquer lado que ele saísse ia pegar a torcida do Palmeiras. Temos um respeito danado. Olha minha conduta, dos atletas. Ninguém está aqui para tripudiar. Ninguém tem prazer nisso. É a minha forma. É o jeito que respeita o adversário. Ele não quis tripudiar', disse o treinador corintiano.

Diferentemente da torcida, que vibrou muito com a vitória no clássico e tripudiou o arquirrival, os jogadores corintianos tiveram uma preocupação grande para não gerar polêmicas e mostraram até solidariedade com a situação do Palmeiras.

O volante Ralf disse até que torce para o Palmeiras não cair para a Série B do Brasileirão em 2013. 'A equipe deles é qualificada. A gente torce para eles não estarem assim, pelo nome e história do Palmeiras'.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes
  • Presidente Roberto de Andrade na Arena Corinthians

    Presidente do Corinthians rechaça propostas oficiais, mas não garante permanência de todos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes