Até Tite planeja folga após conquistar meta no Brasileiro

Até Tite planeja folga após conquistar meta no Brasileiro

Desde o título da Libertadores, o técnico Tite procura uma forma de motivar seu elenco. Sem brigar pela liderança do Campeonato Brasileiro e longe da zona do rebaixamento, o Corinthians cozinha o galo durante a competição de olho no Mundial. No entanto, o comandante alvinegro teme que a acomodação atrapalhe e procura incendiar o vestiário com a metas de chegar à zona de segurança, entre 42 e 45 pontos. Como prêmio, os jogadores vão ganhar folga.

'Faz parte de um planejamento (dar folga) por uma questão física e psicológica', ressaltou o treinador, que também será premiado assim que o Timão alcançar o objetivo.

'Na semana depois de chegarmos à zona de segurança, talvez a direção também me dê uma refrescada. Uns dois dias só, porque eu fico pilhado. Não consigo ver os atletas no campo e me ausentar. Gosto de assumir a responsabilidade, por isso só dois dias', revelou.

O primeiro a receber a ‘premiação’ foi o atacante Emerson. Mesmo antes do time alcançar a meta, o jogador ganhou alguns dias de folga, uma vez que não poderá atuar por causa de uma suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

'Em função da sua suspensão, aquilo que seria dado mais para frente, é colocado agora. No momento ali da frente, que os outros vão estar segurando, ele vai estar trabalhando. Vai ser igual para todos', destacou.

A intenção da comissão técnica é dar um refresco físico e psicológico ao elenco que já disputou 62 partidas na temporada. O meia Danilo, que já ganhou o último fim de semana de folga porque estava suspenso e não poderia jogar, viveu uma situação semelhante no São Paulo. Na preparação para o Mundial, Paulo Autuori deu 15 dias de descanso ao grupo.

 'O pessoal voltou voando e fez a diferença na nossa preparação. Ele fez isso contrariando muita gente no São Paulo e nessa ganhou o grupo. Ele nos uniu mais para ganhar o título', comentou o meia corintiano.

Mas nada disso será concretizado se o Corinthians não alcançar a meta traçada pela comissão técnica. O Sport, que briga contra o rebaixamento, é o primeiro adversário e Tite utilizará isso para motivar os jogadores.

'Se não chegar lá, vamos retardar todo o planejamento. Quanto mais rápido chegarmos, vamos liberar e ter a preparação melhor. Essas folgas pontuais são formas de preparação para o fim do ano. Mas as etapas têm que ser cumpridas, não podemos pular. A primeira é chegar aos 42, 43 e 45 pontos', enfatizou Tite, que está preocupado com a dificuldade dos atletas em manterem o mesmo nível de concentração nos jogos contra times menores.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Gol de Balbuena abriu o placar nesta quarta-feira

    Balbuena e Pedrinho marcam, Corinthians despacha colombianos e avança na Sul-Americana

    ver detalhes
  • Embalado sob o comando de Carille, Timão alcançou marca obtida há 80 anos

    Corinthians de Carille iguala segunda maior invencibilidade da história alvinegra

    ver detalhes
  • Romero em ação contra o Fluminense, no Maracanã

    Fora contra o Patriotas, Romero vira dúvida para o duelo com o Flamengo na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Guilherme Arana segue no Corinthians

    Clube espanhol faz oferta milionária por Arana e se torna mais um a ouvir 'não' do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes