Corinthians encara pressão e calor para bater o Náutico

Corinthians encara pressão e calor para bater o Náutico

O Corinthians reencontra o ambiente de Copa Libertadores neste sábado, às 16h20, no jogo contra o Náutico, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. As dificuldades que o time vai reencontrar no Recife relembram a competição continental - como encarar a pressão da torcida e o adversário com ótima campanha quando joga em casa. Fora isso há a coincidência de um tabu. A equipe que este ano conquistou pela primeira vez a Libertadores tenta outro feito inédito, o de bater o Náutico pelo Brasileirão no estádio dos Aflitos.


Todo esse contexto envolve um confronto chave para as pretensões de ambos. O Corinthians quer o quanto antes somar 45 pontos para pensar somente na preparação para o Mundial de Clubes da Fifa, no Japão, em dezembro. O elenco considera que quanto antes isso acontecer melhor será. Como faltam seis pontos, uma vitória reduziria a tarefa à metade.

Já o Náutico precisa vencer para evitar a queda à Série B. Os resultados de quinta-feira fizeram o time pernambucano cair três posições na tabela de classificação e ficar a sete pontos da zona de rebaixamento. Uma vitória sobre o campeão da Libertadores daria moral para a sequência de confrontos diretos contra Ponte Preta, Palmeiras e Coritiba.

Para este sábado pesa a favor da equipe da casa o calor de 28ºC esperado para a hora da partida e o ótimo retrospecto quando joga em seu estádio. Nele o time garantiu 85% dos pontos que tem no campeonato, graças aos sete jogos seguidos que está sem perder. 'Eles aproveitam muito bem o fator campo, com a grama alta e o apoio da torcida. Mas temos que nos adaptar a isso e jogar bem', avisou o meia Danilo.

O Corinthians viajou nesta sexta-feira ciente das dificuldades, mas não pretende mudar de postura. 'A gente sempre joga com a marcação adiantada e vamos manter isso. Não podemos esperar o Náutico para explorar os contra-ataques', explicou.

A única novidade do Corinthians para o jogo é a entrada do argentino Martinez no lugar do atacante Romarinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Anderson Polga treinou entre os titulares, porém deve continuar no banco de reservas. O jogador de 33 anos participou da atividade tática como precaução caso Wallace fosse condenado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Mas o defensor foi absolvido e deve continuar no time.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Dupla 'Renadson' brilhou no Corinthians no Brasileirão de 2015

    Renato Augusto rasga elogios a Jadson e faz projeção sobre futuro do camisa 10 no Corinthians

    ver detalhes
  • Romarinho se especializou em marcar gols contra o Palmeiras: cinco em cinco Dérbis

    Prestes a enfrentar Real Madrid, Romarinho leva Corinthians ao maior jornal da Espanha

    ver detalhes
  • Luidy teve chance de treinar no CT do Corinthians nos primeiros meses deste ano

    Atacante emprestado pelo Corinthians é avisado que não terá espaço no clube em 2018

    ver detalhes
  • Marciel e Jô despertam interesse de times brasileiro e alemão; Juninho, Scarpa e Tréllez podem chegar

    Mercado agitado! Veja quem pode deixar e reforçar o Corinthians no resumão do Meu Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes