Tite vê Libertadores mais difícil do que Mundial e prevê time titular pronto contra São Paulo

Tite vê Libertadores mais difícil do que Mundial e prevê time titular pronto contra São Paulo

Tite vê Libertadores mais difícil do que Mundial e prevê time titular pronto contra São Paulo

Tite vê Libertadores mais difícil do que Mundial e prevê time titular pronto contra São Paulo

Por Rodrigo Mattos

O cronograma Corinthians para o Mundial de Clubes prevê um time titular pronto e escalado no jogo contra o São Paulo, último do Brasileiro. Será um dos passos finais de uma preparação que envolveu quase seis meses. Isso para uma competição, que na opinião do técnico Tite, não é tão difícil quanto a Libertadores.

'Pela característica da competição, a Libertadores é mais importante. Porque tem os jogos ida e volta e fases de grupos. O Mundial tem o status. Conta um momento do jogador. Champions e Libertadores são títulos muito fortes, competições mais pesadas. Essa ela [Mundial] te dá um marketing', explicou o treinador.

Apesar da valorização da Libertadores, Tite sabe o quanto o Mundial é importante para o torcedor corintiano. Por isso a preparação do time tem sido paulatina até que se atinja o ritmo e a formação ideal para enfrentar a semifinal e a final no Japão. Agora, explicou ele, a equipe passa por um momento de refinamento técnico e recupera alguns jogadores que estavam contundidos, como Emerson e Danilo.
 
'Tenho uma data [para o time pronto]. Após o jogo contra o São Paulo, vamos fazer só uns ajustes', disse ele. Ratificou que, no clássico, espera ter o mesmo time titular que jogará na semifinal do Mundial.
 
Como explicou Tite, o mais provável é que seja uma formação com quatro jogadores atrás e quatro no meio, repetindo a equipe que mais joga no Brasileiro, com Danilo e Douglas como meias. À frente, Paolo Guerrero e Emerson são os favoritos as duas vagas.
 
'A tendência é a manutenção dessa formação. Mas digo para eles [jogadores] que ninguém me assegura, se você [jogador] não baixar o nível, pode perder a posição. A tendência é da linha de quatro, quatro no meio e o Cássio', observou.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Com Luan 'impossível', Timão deve voltar ao mercado para analisar outras opções à defesa

    Sem campeão olímpico, Corinthians monitora novas opções para zaga

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes