Após ótima partida contra o Chelsea, Cássio ganha a Bola de Ouro

Após ótima partida contra o Chelsea, Cássio ganha a Bola de Ouro

Yokohama, Japão - Não era para ser diferente. Depois de fazer uma brilhante atuação com difíceis defesas, Cássio ganhou a Bola de Prata. Justo para quem foi fundamental para a conquista do título do Mundial de Clubes, principalmente no primeiro tempo, quando fez três importantes intervenções.

Na etapa final, foi menos exigido, mas manteve o ótimo nível apresentado. Saiu nos pés de Hazard logo no início do segundo tempo e a cinco minutos do confronto terminar, impediu o gol de empate de Fernando Torres. Além do troféu, o goleiro ganhou um automóvel da montadora que patrocina o campeonato que aconteceu no Japão. A Bola de Prata foi para David Luiz e a Bronze ficou com Paolo Guerrero.

A partida de ontem coroou com chave de ouro a temporada de Cássio, que chegou ao clube neste ano e foi alçado à condição de titular, após o desempenho irregular de Júlio César durante o Campeonato Paulista. Foi na Libertadores que o camisa 1 corintiano conquistou a confiança da torcida, principalmente na partida contra o Vasco, quando, com a ponta dos dedos, espalmou uma bola finalizada por Diego Souza. Depois de se firmar no Timão, agora Cássio tem outro objetivo: obter uma vaga na seleção brasileira de Luiz Felipe Scolari.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes
  • Arena Corinthians com pouco público neste início de ano

    Sete motivos que explicam a queda do número de adimplentes do Fiel Torcedor

    ver detalhes
  • Carille durante vitória do Corinthians em Osasco

    Carille diz qual foi maior trunfo do Corinthians em vitória sobre Audax

    ver detalhes
  • Atacante turco marcou o único gol da partida

    Kazim marca único gol da partida e Corinthians vence o Audax pelo Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes