Dedé indica permanência no Vasco e diz que só sairá pela "porta da frente"

Dedé indica permanência no Vasco e diz que só sairá pela "porta da frente"

1.8 mil visualizações 13 comentários Comunicar erro

Dedé indica permanência no Vasco e diz que só sairá pela "porta da frente"

Dedé indica permanência no Vasco e diz que só sairá pela "porta da frente"

Por Jeremias Wernek
Do UOL, em Porto Alegre

O zagueiro Dedé é um dos poucos com os vencimentos em dia no Vasco. Mas se a situação fosse diferente, o camisa 26 não iria à Justiça buscar seus direitos, iniciativa tomada recentemente por Fernando Prass, Auremir e Nilton. Foi o que o ídolo da torcida assegurou após participação no Jogo Contra a Pobreza, na Arena do Grêmio, na última quarta-feira. Quando chegar a hora, sair pela 'porta da frente? é um objetivo. Porém, o defensor fez questão de indicar mais uma vez a permanência na Colina.

Acionar o clube judicialmente e se 'queimar? com a torcida nem sequer passa pela cabeça do jogador. Ele foi contemplado na política da diretoria de colocar em dia salários de atletas com maior risco de sair. Cobiçado por clubes do Brasil e exterior, Dedé não pensa em deixar o Vasco antes da Copa do Mundo de 2014 ?' o contrato vai até o fim de 2015.

'Se acontecer, vai ser tudo legal. Minha índole é diferente. Entendo quem saiu de outro jeito, mas o Vasco abriu várias portas para mim. O clube me deu chance para o crescimento. Não tem nada a ver tentar sair pela porta dos fundos. Se um dia sair, vou tentar sair de cabeça erguida. Pela porta da frente?, afirmou.

Dedé reconhece o momento difícil do Cruzmaltino, mas se mostra disposto a ajudar. Com 100% das receitas bloqueadas, o clube enfrenta dificuldades para quitar salários atrasados, premiações e FGTS. A contratação de reforços tem sido realizada através da política de troca sem custos.

'O momento é difícil, não tem como esconder. Estou aí para ajudar, como puder. Fico triste pela situação, mas tomara que o clube consiga melhorar?, disse.

Por fim, o zagueiro assegurou desconhecer um possível interesse do Corinthians e usou o discurso de tentar 'fazer o melhor? independente do clube no qual esteja.

'O Corinthians é um dos maiores clubes do país, fico feliz por essa especulação, mas não chegou nada. Nada no Vasco, nada aos meus empresários e nem a mim. Independente de onde esteja, vou honrar a camisa. Vou jogar e me doar ao máximo. Se continuar no Vasco, vou seguir feliz?, encerrou.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Léo Príncipe esteve perto de acertar com Vitória de Setúbal, de Portugal

    Portugueses desistem de empréstimo e adiam saída de Léo Príncipe do Corinthians

    ver detalhes
  • Marcello Deverlan (à esq.) durante treino com profissionais no CT Joaquim Grava

    De contrato renovado, zagueiro da base do Corinthians obtém cidadania portuguesa

    ver detalhes
  • Danilo Avelar realizou exames na tarde desta terça-feira em São Paulo

    Danilo Avelar é aprovado em exames e já fala como reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians, da capitã Grazi, venceu mais uma no Brasileirão

    Em jogo com viradas e oito gols, Corinthians vence Ferroviária em Araraquara

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes