Milan confirma reunião com Corinthians para negociar Pato

Milan confirma reunião com Corinthians para negociar Pato

Milan confirma reunião com Corinthians para negociar Pato

Milan confirma reunião com Corinthians para negociar Pato

Com o Campeonato Italiano perto da 'pausa' para as festas de fim de ano, o Milan deve aproveitar para realizar algumas transferências. Adriano Galliani, vice-presidente do clube, confirmou nesta quinta-feira que se reunirá com o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, para negociar o atacante Alexandre Pato (foto abaixo). Outro atacante, Robinho, também deve entrar em pauta.


'Me encontrarei com o presidente do Corinthians e tomaremos uma decisão com o Pato. O mesmo acontece com Robinho. Se a proposta por Pato é satisfatória? Veremos', disse o dirigente.

Robinho já tem claro o desejo de voltar a atuar no Brasil. O rei das pedaladas tem interesse em jogar no Flamengo e considera que o Santos foi 'devagar demais' na tentativa de repatriá-lo. Galliani confirma que o Peixe nem chegou a entrar em contato com o Milan.

'Robinho quer voltar ao Brasil porque sua família está lá. Não recebemos nenhuma proposta do Santos por ele', explicou.

Porém, as novelas envolvendo Robinho e Alexandre não deverão terminar logo. O italiano demonstra que não está com pressa para concluir as negociações.

'Ainda não decidimos nada. Ainda estamos em dezembro, e a janela de transferências brasileira fecha no dia 15 de abril', lembrou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes