Edenílson quer usar Paulista para brigar por posição

Edenílson quer usar Paulista para brigar por posição

Edenílson quer usar Paulista para brigar por posição

Edenílson quer usar Paulista para brigar por posição

A segunda-feira no Corinthians foi marcada pela reapresentação dos jogadores que foram ao Japão, mas pouco atuaram ou sequer entraram em campo no Mundial de Clubes. Os titulares só voltarão às atividades na próxima segunda e, por isso, Tite escalará uma equipe com reservas nas primeiras rodadas do Campeonato Paulista. Entre eles, provavelmente estará Edenílson, que espera aproveitar a oportunidade para brigar pela titularidade.


'É uma oportunidade, e eu tenho de aproveitar as oportunidades da melhor maneira, tenho de trabalhar para isso', declarou o jogador, que poder ser escalado como lateral-direito ou volante. 'Não sei onde jogarei, sempre deixei aberto e ele (Tite) que define isso aí. O Edenílson quer jogar, quer ser titular. Para mim tanto faz a posição, gostei de jogar na lateral assim como gosto de jogar no meio.'

Para ser titular, no entanto, o jogador sabe que precisará vencer uma dura concorrência. Como volante, ele teria que ganhar a vaga de Ralf ou Paulinho, dois dos principais jogadores do elenco e que chegaram a ser convocados para a seleção nos últimos tempos. Na lateral, o titular é Alessandro, capitão e um dos líderes do grupo.

Mas Edenílson vê essa dificuldade com bons olhos e promete empenho para conquistar seu espaço. 'A concorrência é boa para mim. Se fosse uma disputa fácil, não teria de trabalhar tanto. Temos dois jogadores que são da seleção e o Alessandro é o capitão. Tenho de buscar meu espaço, tenho de trabalhar cada vez mais', comentou.

Até pela força do elenco e pelos títulos da Libertadores e do Mundial de 2012, o Corinthians começa o Campeonato Paulista como um dos principais favoritos, mesmo utilizando reservas no início da competição. O próprio Edenílson admitiu esse favoritismo, mas garantiu que não terá influência no comportamento da equipe.

'A vantagem (de ser favorito) é que o respeito das outras equipes aumenta, a desvantagem é que a gente sempre tem que jogar bem. Não acho errado (o Corinthians ser apontado como favorito), mas isso não vai influenciar em nada. Já entramos como favoritos e também sem favoritismo, mas isso não influencia', disse.

Mesmo com um elenco vencedor, a diretoria corintiana foi atrás de reforços e acertou a contratação do atacante Alexandre Pato junto ao Milan. O jogador foi bastante elogiado por Edenílson, mas o volante já avisou como tem que ser o comportamento dentro do grupo. 'É um jogador de alto nível, quando chegar aqui ele vai entender que o grupo é fechado, não tem desavença. Ele mesmo acaba se adaptando ao grupo.'

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians vai comparecer em bom número no duelo decisivo contra o Grêmio

    Corinthians divulga nova parcial de ingressos para jogo decisivo contra o Grêmio

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians marcou presença na Fonte Nova; 'presente' veio nesta segunda

    Rival tropeça no Pacaembu, e Corinthians encerra rodada com boa vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Atacante desaprovou tentativa de Cássio no final da partida contra o Bahia

    Jô cobra concentração do Corinthians e comenta ida de Cássio à área do Bahia: 'Desnecessário'

    ver detalhes
  • Corinthians/UNIP faz final da Liga Paulista nesta semana

    Decisões na base, futsal, vôlei e futebol feminino: a semana do Corinthians em outras modalidades

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes