Copa do Brasil 2009 - Itumbiara 0 x 2 Corinthians, Estréia de Ronaldo

O Corinthians derrotou o Itumbiara dos veteranos Denílson e Túlio Maravilha por 2 a 0 fora de casa e eliminou o jogo de volta, garantindo por antecipação uma vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O resultado, entretanto, não passou de um detalhe. O jogo ficou marcado mesmo porque, enfim, Ronaldo entrou em campo com a camisa 9 da equipe alvinegra. E nos poucos mais de 25 min que ficou em campo, teve atuação discreta.

''Batizado'', Ronaldo deve agora ser titular do Corinthians diante do Palmeiras no domingo, pelo Estadual. O clássico paulista era, inicialmente, considerado o cenário ideal para Ronaldo estrear com a camisa 9 do time de Parque São Jorge.

Ronaldo não atuava há mais de um ano. Sua última partida oficial aconteceu no dia 13 de fevereiro de 2008, pelo Milan. Depois disso, acabou não renovando contrato com o time italiano e, em dezembro, acertou sua ida para o Corinthians. No time de Parque São Jorge, o atacante treina desde o início de janeiro, quando a equipe realizou uma pré-temporada em Itu. E, nesta semana, após um jogo teste com os juvenis do Corinthians, Mano Menezes decidiu mandá-lo para seu primeiro jogo.

Poucos dias antes da partida, entretanto, a estreia de Ronaldo em Goiás foi colocada em risco. Isso porque, quando foi integrado ao grupo que seguiu a Presidente Prudente, participou de uma balada ao lado de Antônio Carlos e chegou atrasado à concentração. O episódio culminou em punição ao atacante. O dirigente e ex-jogador acabou pedindo demissão. Já Ronaldo, nesta quarta, viveu noite de estrela.

O Fenômeno já era o centro das atenções antes mesmo de a partida começar. Durante todo o aquecimento, e também na entrada do time de Mano Menezes no gramado em Itumbiara, fotógrafos e seguranças cercavam o atacante. Ele foi acompanhando também quando sentou no banco de reservas. A aglomeração foi tanta que os demais jogadores tiveram dificuldades de chegar ao local.

Já no gramado, apoiado pela torcida alvinegra que compareceu ao estádio JK, o Corinthians parecia se sentir em casa. A equipe paulista teve a primeira chance de abrir o placar logo aos 2min em cobrança de falta de André Santos que o goleiro, Max, bem colocado, não teve dificuldades em evitar.

Dois minutos depois foi Dentinho que teve chance de inaugurar o marcador em Goiás chutando da entrada da área. A melhor chance dos minutos iniciais, entretanto, foi de Douglas. O meia chegou a dividir a bola com o goleiro Max, que levou a melhor. O lance chegou a fazer Ronaldo levantar do banco para esboçar uma comemoração.

Do lado do Itumbiara, Denílson centralizava as ações ofensivas. Em uma delas aplicou um giro sobre Cristian e foi derrubado. Depois, arrancou com a bola pela direita e, após malabarismos, cruzou rasteiro. O passe, entretanto, saiu ruim e a defesa corintiana cortou o lance.

O melhor lance dos donos da casa, entretanto, foi de outra estrela da equipe de Artur Neto. Aos 32min, Túlio recebeu enfiada de bola na direita e tocou por cima do goleiro Felipe. A bola já caminhava para o gol vazio quando surgiu Fabinho para dar um carrinho e impedir o primeiro gol do jogo.

Aos 44min, entretanto, quem balançou as redes foram os visitantes. Jorge Henrique caiu na área durante disputa de bola com Leandro Carvalho e o árbitro marcou pênalti. Chicão efetuou a cobrança e inaugurou o marcador em Itumbiara.

O gol fez Ronaldo, enfim, levantar do banco para comemorar. E, depois do tento, o atacante se antecipou ao apito final e desceu para os vestiários antes dos demais jogadores para evitar novos tumultos e jornalistas que poderiam tentar entrevistá-lo.

Na volta para o gramado, todos os olhares estavam voltados para ele novamente. No entanto, Ronaldo apareceu com colete laranja e frustrou aqueles que esperavam que ele atuasse durante toda a segunda metade do jogo. Foi direto para o banco.

Sentado, Ronaldo assistiu André Santos ampliar a vantagem do Corinthians logo aos 4min do segundo tempo. O lateral-esquerdo aproveitou rebote de chute de longa distância de Boquita e bateu colocado no canto esquerdo de Max, que não conseguiu evitar. Com cuidado, o camisa 9 saltou a mureta do banco para celebrar.

Depois do segundo gol, a torcida já começou a pedir Ronaldo. Ele, juntamente com o restante do elenco, partiu para o aquecimento até que, as 21min, foi chamado para entrar no lugar de Souza. Depois de fazer o sinal da cruz, entrou no gramado com a torcida cantando ''louco por ti Corinthians''. Ao seu lado, Otacílio Neto substituiu Jorge Henrique.

Ronaldo tocou na bola pela primeira vez aos 23min e passou curto para André Santos. Depois, tentou lançar Morais na direita. E, dois minutos depois, quase recebeu em condições de marcar o seu primeiro gol pelo Corinthians.

O camisa 9 ainda tentou outras jogadas de efeito e buscou anotar o seu. Aos 32min, ele avançou ao lado de Douglas livre de marcação, mas o meia preferiu arriscar de longe e mandou para fora. O placar de 2 a 0, entretanto, já era suficiente.

Com a missão cumprida na primeira fase da Copa do Brasil, o Corinthians volta suas atenções para o Campeonato Paulista. No domingo, em Presidente Prudente, o time de Mano Menezes faz o esperado clássico com o arquirrival Palmeiras com a possibilidade de Ronaldo já começar a partida entre os titulares.

Comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes