Alfinete fala com os pais de Kevin Espada na Bolívia sobre a tragédia e os presos inocentes

Alfinete fala com os pais de Kevin Espada na Bolívia sobre a tragédia e os presos inocentes

Comentários

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Diego

    Diego 39 comentários

    4º. por @diego.ramos5

    O pior de tudo isso é que a imprensa levantam várias calunias sobre a família do kevin.
    Temos que ser coerentes ao lermos matérias que a impressa caluniadora inventam..

  • Foto do perfil de line

    Ranking: 14ª

    Line 1344 comentários

    3º. por @linee

    O Garoto se emocionou tanto para ver o CORINTHIANS em sua cidade, ver os jogadores ali pessoalmente. Que velho me deu uma vontade de chorar imensa. A DOR DO PAI E DA MÃE, nunca vai ter cura.apenas algum dia amenizada. NÓS CORINTIANOS achamos injusto os outros corintianos ficarem lá injustamente, mas percebam que ele estão VIVOS, E O GAROTO NÃO. EU entendo o PAI ele só quer ter justiça de alguma maneira, é difícil saber que o assassino do seu filho, não está no poder das autoridades do seu país, que segurança, que tipo de confiança pode se ter na justiça brasileira. AS PESSOAS CRITICAM, MAIS NUNCA SE POEM NO LUGAR..!

  • Foto do perfil de Luiz

    Luiz 10 comentários

    2º. por @luiz.neoqeav

    Difícil tirar conclusões a respeito do assunto! Me comoví bastante com o depoimento do pai do Kevin, deve ser a pior dor que um ser humano pode sentir.
    Com relação aos presos acredito estar acontecendo algo político sim, a própria população da cidade pensa assim!
    Muito triste isso tudo!

  • Foto do perfil de RAFAEL

    Ranking: 790º

    Rafael 696 comentários

    1º. por @rabag

    Eu vi ao vivo no domingo e vou te dizer...Ao mesmo tempo que deu um nó na garganta pois teho uma filhina de 2 anos e imiginei a dor que esse pai está sentindo, me deu também a impressão de que esse pai é muito estruido e educado...foi impressionante a narração do episódio e de como ele ficou sabendo do "acidente", do antes do jogo, a preparação do menino...foi surreal observar a força que esse pai demonstra e é justo, na minha visão, a opinião que ele tem dos 12 Corinthianos detidos em Oruru...ele não os culpa mas sinto que tem "algo" que o impede de os declarar inocentes. Foi uma das entrevistas que mais me emocionaram nos últimos anos...