Corinthians x Cruzeiro

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai perdendo do Cruzeiro

Acompanhe ao vivo
Empresário de Pablo explica por que suspendeu a negociação com o Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Empresário de Pablo explica por que suspendeu a negociação com o Corinthians

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

64 mil visualizações 482 comentários Comunicar erro

Empresário de Pablo explica por que suspendeu a negociação com o Corinthians

Zagueiro Pablo pode sair do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O empresário do zagueiro Pablo, Fernando César, explicou nesta terça-feira à noite à Rádio Transamérica o motivo pelo qual suspendeu a negociação para a permanência definitiva do jogador no Corinthians:

“Nós fomos a uma reunião hoje com Flavio Adauto (diretor de futebol) e com Alessandro (Nunes, gerente de futebol), expliquei a situação, propus então dividir as luvas do Pablo em até seis parcelas colocando tudo na carteira de trabalho. Porque era melhor, a gente evitaria (direitos de) imagem, aquelas coisas todas. Com referência ao contrato de comissão (do empresário), eles falaram: ´ah, vamos ver... porque à vista não temos condições´'.

'Eu disse: ´Então você me faça uma proposta substancial, dentro do que nós combinamos. E em cima desta proposta que nós combinamos, o que você não conseguir pagar agora você divide pra pagar dentro do mandato do atual presidente, porque é com ele que eu to negociando. E me dê garantias que você vai pagar''.

E aí o Corinthians fez uma proposta neste momento dizendo: 'As luvas do Pablo eu posso pagar em 54 vezes, dividindo mês a mês, e a sua comissão eu posso pagar 500 mil (reais) por ano'.

'Eu me reuni com a mulher do jogador e com minha sócia, expus o que eu pensava, e a gente achou melhor nesse momento, apesar de todos os esforços, pelo fato do Corinthians não reunir condições de negociar o contrato, suspender a negociação', completou.

Ainda segundo o empresário Fernando César, o pagamento do Corinthians ao Bordeaux seria feito em três parcelas de 400 mil euros cada, com a primeira apenas em abril do ano que vem.

O Corinthians ainda não se pronunciou sobre o que disse o empresário do atleta ou o futuro do negócio, que no momento está paralisado.

Pablo, em tratamento de uma lesão na coxa, não está em Belo Horizonte com a delegação do Corinthians que enfrenta nesta quarta-feira o Atlético Mineiro pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja mais em: Pablo.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?