Comentário de Lázzaro em "Com uma única ausência, Mano repete a mesma..."