Comentário de Fabiano em "Neymar, o caso de estupro, Corinthians e..."

Eu até agora to tentando entender o que você quis dizer, ficou claro pelas mensagens que o neymar expos que ela fez com todo o consentimento e inclusive queria mais então fica impossível dizer que foi um estupro ou se fazer com consentimento e se arrepender depois se caracteriza um estupro porque depois de ler as mensagens fica impossível dizer que houve algo contra a vontade dela o que ficou claro que ela ou se arrependeu ou ficou brava de ter sido posta pra escanteio agora se isso caracteriza um estupro misericordia onde vamos chegar

em Post > Neymar, o caso de estupro, Corinthians e uma xícara de chá: o que...

Responda o comentário do Fabiano

  • 1000 caracteres restantes

Réplicas desse comentário

  • Foto do perfil de Altamir

    Altamir 324 comentários

    2.

    Tá bem fácil de entender o que ele quer dizer. Em tese se uma mulher sinalizou o tempo todo que queria ficar com alguém e, no último instante, resolveu que não quer mais ela tem todo o direito de agir assim. E forçá-la a uma relação é, então, estupro. Simples! Ou não? Será que, após todas as preliminares, recusar-se a manter uma relação sexual com um homem - excitado - é a mesma coisa do que desistir de uma xícara de chá? Não tenho resposta para isso. Posso até concordar em tese. Mas, no mínimo, não aconselharia nenhuma mulher a agir desse jeito.