Fórum do Corinthians

Análise tática Corinthians e Vasco: curuis!

Tópico Lendário Entenda as regras
Foto do perfil de Félix

Ranking: 6.235º

Félix 271 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 22/02/2021 às 00:30
Por Félix Rodrigues de Lima (@felix.rodrigues.de.l)

https://www.meutimao.com.br/forum-do-corinthians/bate-papo-da-torcida/844415/analise-do-jogo-santos-x-corinthians-sera-que-ha-uma-nova-panelinha Análise do jogo Santos x Corinthians – será que há uma nova panelinha? Talvez estranhem a natureza da pergunta. Mas provarei aqui que a pergunta foi inteiramente justificada, porque aconteceram certas coisas em campo muito, mas... meutimao.com.br meutimao.com.br

Aconselho que leiam esse artigo acima, do último jogo contra o Santos. Muito do que direi tem a ver com esse artigo.

Não tem muito sobre o que falar desse jogo. Há tempos que não ficava tão decepcionado com o comportamento de alguns jogadores como o que vimos hoje. Isso foi algo digno de protesto: por serem egoístas com os companheiros, pela apatia em campo, pelas palavras e atos feitos por alguns...Mancini pedia o tempo inteiro para o time atacar e até acontecia – por um lado só. Ramiro, a pedido do técnico, se adiantava para passar aos companheiros, mas eles afastavam muito das linhas e não adiantava de nada. O treinador pedia coisas que o time não atendia: várias vezes ouvi o nome do Fábio Santos e de Vital, como se fosse para avisar que eles estavam ali para receberem a bola, coisa que aconteceu pouquíssimas vezes. E nunca vi Mancini com tanta raiva estampada na cara misturado com apreensão como nesse jogo.

Nesse artigo, a pedido de muitos, vou explicar um pouquinho de como eu vejo o futebol - mas um pouquinho mesmo, porque não é assim tão elaborado. Como eu digo as coisas que digo, por que eu chego a determinadas conclusões. O modo como eu enxergo o futebol vem de muitas coisas fora do esporte, que me auxiliam a perceber determinados conceitos. O que eu faço é tentar perceber o que se passa na mente dos atletas, comissão técnica e alto escalão ao mesmo tempo em que eu analiso estrategicamente a partida, exatamente como faz um jogador de xadrez (embora eu definitivamente não seja um bom enxadrista!) aonde a psicologia é tão importante quanto a estratégia e tática. Mas vamos ao jogo.

O JOGO

As coisas que digo são fruto de uma vida de estudo, meditação e reflexão. Passei a observar a vida e as pessoas como elas são, percebendo o valor do chamado caráter moral. Tudo o que eu faço é sempre se perguntando o que é moral, o que é ético, o que é de bom tom, o que é coerente.

Há um tempo atrás, provei que Everaldo e Gustavo Silva eram os menos culpados por certos jogos: expliquei que na verdade eles eram proporcionalmente bem mais precisos do que o resto do time, e na verdade eles ou jogam fora de suas posições ou são desprestigiados taticamente e não tem uma maior participação nas jogadas. Chamei isso na época de desonestidade coletiva, e muita gente concordou comigo na época. O que vimos no jogo contra o Santos e nesse jogo foi exatamente a mesma coisa.

Como eu cheguei a essa conclusão? Bem, não é a primeira vez que noto comportamento semelhante: vejo isso constantemente no meio aonde vivo. Também noto muito isso no meio político, por exemplo. Quando olho que no mapa de calor e noto que o mapa está pintado no lado direito, e comparo o mapa individual de cada jogador, eu percebo alguma coisa errada...e me faço a pergunta: se um time que preenche o meio-campo concentra a posse de bola em um só ponto, isso significa que há jogadores que não estão recebendo a bola como deveriam...se for assim, quem são os “carentes”, e o que tá acontecendo de verdade?

A solução pra essa pergunta, naturalmente, é olhar para um gráfico que mostra a posse de bola de cada jogador...e temos a resposta: Araos e Léo Natel foram os menos privilegiados. Apesar do mapa e gráfico ser contraditório, eu coloco Mateus Vital nessa lista, e explico o porquê: foi pelo fato de, quando a bola vinha pelo lado esquerdo, ele muitas vezes ficava posicionado mais atrás da área ao invés de próximo a ela, e ficava dependente da aproximação do Ramiro, Fábio Santos ou Araos... e como Araos era o menos visado para passar a bola, os componentes do lado direito recuavam para os zagueiros, de pé em pé, até chegar ao Fábio Santos, o que forçava Vital a ficar por perto pra receber a bola e recuar novamente para o Fábio ou um volante e repetir toooooodo o processo até o outro lado. E foi nessa morosidade que a coisa andou, desprestigiando qualquer tentativa de agudeza de Vital em ataque, apenas do Fábio Santos.

Esse mapa de posse de bola confirma o que eu disse antes: o Corinthians concentrou muitos passes no miolo de zaga e na meia direita, indo pra ponta. O lado esquerdo servia só para passes e tinha pouca profundidade de Vital, como os mapas anteriores mostraram – a profundidade vinha do Fábio Santos, que fazia muito pouco.

Também tem o fato de que a defesa e meio-campo ficavam muito afastados entre si, gerando um buraco enorme no nosso campo de ataque. Além disso, as linhas ficavam extremamente afastadas, com os pontas jogando muito na beira – Vital e Gabriel Pereira que o digam. Isso facilitava e muito a defesa adversária tomar a bola, cientes de que o Corinthians atacaria por um lado só.

Esse mapa com pontos mostra os passes do Mateus Vital no jogo todo. Notem que a maioria dos passes era mais atrás da área de ataque, devido, como eu disse, a espera de um volante e do lateral esquerdo que mal havia.

As declarações pós jogo me dizem muito o que acontece internamente. No último jogo, Cássio soltou algumas desforras, coisa que vem fazendo muito faz um bom tempo. Já vi declarações como a dele antes: da boca de indivíduos falsos, de disseminadores de intrigas e pressão de grupo. Também vejo em pessoas que usam da lei do mais forte, do elitismo. E o torcedor percebeu essa atitude dele: daí o protesto feito pela torcida na Globo, elegendo Walter e Luan como os “melhores em campo”.

Outra conclusão a que cheguei foi o de por que não ter colocado Luan, sendo que pra esse jogo ele era a melhor opção... tenho certeza que Mancini, por conta própria, jamais colocaria o Jô em uma situação onde nem Natel, nem Araos e nem Vital eram culpados. Isso porque, se levar em conta que nos jogos em que ganhávamos ele não colocava um centroavante fixo e por vezes fazia uso do Luan em campo, e também levando em conta o caráter coerente do técnico, Mancini realmente queria ganhar, até porque por várias vezes ele pedia uma coisa e os jogadores faziam outra – e devo frisar que os únicos que obedeceram à risca eram Ramiro, Gabriel e Michel Macedo. Tenho certeza de que Mancini nunca colocaria Jô sabendo que se a bola não chegava na área, não era culpa de um falso 9. Quem teria influenciado? Só pode ser o alto escalão...

Naquela situação, eu tiraria um dos volantes, sofrendo o risco, para colocar o Luan e fazer o papel de falso 9, trazendo Natel para a esquerda e revezando posição com o Araos. Aí colocaria Cazares no lugar do Araos quando fosse necessário. A necessidade era fazer a bola chegar na área ou chutar de longe, e não enrolar a bola num lado só.

CONCLUSÃO

Diferente dos muitos jornalistas que falam de futebol por meio de demagogia e mostrando o jogo como se estivesse lendo um texto, o meu método pessoal é diferente: muitas vezes não olho o futebol em si, mas sim o ser humano. Afinal, o futebol foi criado por humanos, e cada atitude em campo e fora dele mostra características de comportamento humano muito específicos.

Michel Macedo, Gabriel, Gabriel Pereira e Ramiro foram os melhores do jogo porque realmente buscaram fazer o melhor. Apesar da tática errada, foram os mais precisos e os que mais agrediram. Quando Cazares entrou, Ramiro deu o seu melhor, provando o que eu disse em outro artigo em que “mataram” a característica principal dele. Senti muita falta de um chute fora da área: sempre é útil um chute de longe para enervar o goleiro e para iludir o adversário: se chutam mais de longe, é possível infiltrar a bola na área quando eles menos esperam.

Temos um último jogo e depois uma nova temporada começa. A última coisa que os torcedores querem são intrigas injustificadas e demérito, e essas duas coisas são os que fazem um time desmoronar. A base tem que ser valorizada, e espero que um trabalho grande seja feito nesse sentido. Resgatar o conceito máximo do valor corintiano deve ser a principal meta: e pra isso, deve-se dar mérito a quem merece o mérito e reforçar pontualmente ao invés de gastos sem nexo.

VAI, CORINTHIANS!

3.515 visualizações e 72 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Foto do perfil de Carlos Soares

Carlos 23 posts

@carlosrs em 22/02/2021 às 10:00

#[email protected]% Mancini deveria contratar esse repórter Félix Lima p estrategista é disso que o Corinthians precisa e claro de jogadores de no mínimo com vontade de jogar e correr, porque contra o Vasco o time do Corinthians parecia que estavam c peso de 100 kg em cada perna, pelo amor do futebol...esse time do Corinthians estão judiando da pobre da bola...espero que os #[email protected]% s da diretoria e a comissão técnica mande embora pelo menos uns 7 jogadores mortos deste time e pegue os repatriados que são medianos mas quem sabe no time que foram emprestados aprenderam a jogar né? E coloque logo estes 7 muleques da base que estão falando...e que Deus tenha piedade e ajude o nosso Corinthians,

Porque sem dinheiro não terá jogadores bons a altura do Corinthians..2021 vai ser difícil para nós torcedores novamente... Vai Corinthians..!

Publicidade

Foto do perfil de Felipe Silva

Ranking: 358º

Felipe 5479 posts

@felipe.silva218 em 22/02/2021 às 09:56

No caso do Fábio Santos a idade pesa não dá pra ser igual o Fagner ou ele fica só marcando ou ataca e tomamos gol porque ele é lento precisamos de um LÊ pra ser titular ele joga só um jogo ou outro

Araos é isso msm muito irregular Vital é outro mas a ruindade do Leo natel a mudança tem que ser entorno dessas peças precisamos de atacante/ponta

Foto do perfil de Adriano Andrade

Ranking: 2.078º

Adriano 1178 posts

@adriano.andrade8 em 22/02/2021 às 09:47

Mandou bem.

Foto do perfil de Walter Teodoro De Souza

Ranking: 2.400º

Walter 1008 posts

@waltermascherano em 22/02/2021 às 09:45

Discordo de algumas análises, Ramiro nem era para estar jogando, mata todo contra-ataque, assim como Natel... Tentar fazer o que o treinador manda é uma coisa agora saber fazer é outra

Foto do perfil de Claudio Roberto Guimarães

Ranking: 1.735º

Claudio 1434 posts

@invasao em 22/02/2021 às 09:44

Cadê aqueles torcedores que ficavam fazendo continha pra entrar na classificação da Libertadores?

Pra jogar o futebol que estão jogando é melhor nem ir pra evitar mico.

Foto do perfil de Felipe Lacerda

Ranking: 270º

Felipe 6400 posts

@lipao88 em 22/02/2021 às 09:39

Que analise fera! Parabéns

Foto do perfil de Adauto Junior

Ranking: 2.326º

Adauto 1041 posts

@adauto.junior4 em 22/02/2021 às 08:41

Caraca mano que aula! Parabéns.

Foto do perfil de Sergio Negao

Ranking: 1.926º

Sergio 1282 posts

@sertimao em 22/02/2021 às 08:37

Perfeito!

Foto do perfil de Levi Castro

Ranking: 2.720º

Levi 872 posts

@levi.castro1 em 22/02/2021 às 08:36

Se vai haver mesmo reformulação e isso chegou nos ouvidos dos jogadores, pode ter certeza que muitos ali começaram a tirar o pé. Quando digo que ali no grupo tem muita coisa errada e atletas de mau caráter, me negativam...

Foto do perfil de Rafael Morais

Rafael 25 posts

@rafael.morais10 em 22/02/2021 às 07:18

Boa análise.

Para ficar completa mesmo, só faltou anexar alguns vídeos que comprovassem determinadas afirmações. Daí ficaria perfeito.

Dúvida, de onde tiraste as informações que embasam o artigo (mapa de calor, etc)?

x