Fórum do Corinthians

Fatos rápidos sobre parcerias do Corinthians – Parte II

Tópico Lendário Entenda as regras
Foto do perfil de Kike

Ranking: 658º

Kike 3941 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 03/12/2021 às 21:05
Por Kike Delongre Arabat (@kikothegiant)

HICKS MUSE – 1999

A história da parceria norte-americana Hicks, Muse, Tate and Furst é mais longa e mais rica do que a história do primeiro parceiro, o Banco Excel. Vamos aos fatos:

- Em 1999, o Corinthians entrava na temporada sem recursos, apostando na ótima geração de meninos revelada no título da Taça SP daquele ano. Ainda no primeiro trimestre surgiu o forte rumor de que o grupo Icatu Hartford entraria como parceiro do clube, quase que nos moldes do patrocinador/parceiro do Guarani de Turiassu. O clube já contava com o patrocínio master da Batavo e a intenção do Icatu era até estampar a camisa do time. Após várias reuniões e negociações, a parceria não frutificou.

https://www.dgabc.com.br/Noticia/335823/corinthians-recusa-parceria-com-o-icatu Corinthians recusa parceria com o Icatu - 15/04/1999 | Diário do Grande ABC Corinthians recusa parceria com o Icatu - Notícias e informações do Grande ABC: esportes dgabc.com.br

- Dias depois de anunciar o fim das negociações com a Icatu, o Corinthians fechou com o fundo de investimentos Hicks Muse Tate and Furst. O nome da empresa foi criado com base nos quatro fundadores originais: Tom Hicks, John Muse, Charles Tate e Jack Furst. No dia da apresentação da parceria, sócios do clube e membros de organizadas estavam presentes. E mesmo que quatro estrangeiros que vieram para o anúncio da parceria, alguns dos quais eram os fundadores originais da empresa, fossem bem classudos, formais e técnicos, como executivos que eram, e se apresentassem de modo bastante formal, algumas reportagens da época destacaram que muitos dos presentes estavam ali à caráter como sócios do clube ou de suas organizadas: de camisetas, jaquetas, bermudas e chinelos.

- A Hicks veio pra assumir a diretoria do futebol do clube, ainda que o presidente Dualib, na época, negou que ela teria tanto controle. Fato é que sim, a Hicks teria direito a 85% dos valores sobre as vendas dos jogadores, ficando o Corinthians com o restante.
A chegada da Hicks criou a Corinthians Licenciamentos e era essa ‘marca’ que cuidava desssa operações.

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/fk29049912.htm Folha de S.Paulo - Futebol: Corinthians vende o controle do futebol - 29/04/99 www1.folha.uol.com.br www1.folha.uol.com.br

- Poucos meses após assumir o futebol do clube, a Hicks injetou investimentos no futebol do Corinthians, que tinha sim um excelente time, mesmo que a conquista da Libertadores não tenha vindo naquele ano, com eliminação diante da Sociedade Esportiva Rival (e ampla superioridade do Corinthians nos quatro confrontos que ocorreram na competição). O Corinthians eliminou o invicto Freguês do Morumbi, sob comando do novamente treinador Mario Sergio, por quatro a zero, com sobras e derrotou o Verdejante Sem Mundial com vitória por 3 a 0 na primeira partida, empate por dois gols na segunda e vitória por infinitas embaixadas a mais que Edílson deu naquele e em qualquer confronto dos dois times.

- Naquela altura, o Campeonato Brasileiro começaria em poucas semanas e, mesmo no meio da temporada e com um time bom, veio uma baciada de reforços de qualidade e com lugares já marcados: os gigantes Dida e João Carlos, do Cruzeiro; Augusto, lateral da Lusa, que veio para substituir Sylvinho, que foi vendido para o Arsenal; Cesar Prates, lateral direito que se destacou no Inter, mas não deu muito certo no clube; Marcos Senna, primo de Marcos Assunção, destaque do Rio Branco naquele ano; Luis Mario, carrasco e goleador da última partida do Parque São Jorge, vindo do Mogi Mirim; Marcio Costa, o tal “polivalente”, expressão usada naquele tempo para o jogador que jogava em todas e não jogava nada em nenhuma; Adilson, capitão do bi da Libertadores do Grêmio – sim, aquele, o Baptista; Luizão, o grandíssimo e querido artilheiro daquela competição e nosso 9 pelos anos seguintes

Na virada do ano, o Corinthians disputaria o primeiro Mundial da FIFA, fato de que foi informado logo após a eliminação para o Guarani Paulistano. Dois destaques da boa Ponte Preta daquele ano vieram: o lateral Daniel e o Zagueiro Fabio Luciano.

- Infelizmente, nem a presença da Hicks foi capaz de segurar o zagueiro Gamarra, que fez sua última partida na final do Paulistão daquele ano. Ela também adquiriu reforços contratados antes dela chegar e foi responsável pela negociação deles, como Edílson e Vampeta. A Hicks ainda participou da contratação de outros jogadores que fizeram história no Corinthians, como Deivid, Renato e dos retornos de Dida e Vampeta, em 2002. No mesmo período, outros infames, como Paulo Nunes, também vieram.

- Até 1999, duas parcerias tinham existido, de fato, no Brasil: Parmalat, no Rival, e Excel, no Corinthians; e ambas usaram o mesmo modelo: um time era o “favorito”, recebendo maiores investimentos e outro, “menor”, servia de escape de jogadores que não deram certo no favorito. No caso do Guarani, era o Juventude – que vivia recebendo os ‘rejeitos’ do time e do Corinthians, o Vitória. Mas aquela era a primeira vez em que um clube grande do Sudeste, o Cruzeiro, servia de satélite para o favorito do parceiro.

O Cruzeiro também recebeu reforços, mas que pra torcida e em especial para os irmãos Perrella, eram inferiores ao que o clube merecia. Eles também não concordavam em ser uma ‘desova’ do Corinthians. Curiosamente, o zagueiro Cris, revelado no Corinthians, foi como contrapeso na negociação de João Carlos e fez uma carreira bem melhor lá do que o defensor mineiro. Naquele mesmo ano o Cruzeiro se desvencilhou da parceria com a Hicks, fortalecendo a posição dos Perrella, que mandaram e desmandaram no clube por anos.

- A Hicks Muse havia criado a PSN, antes da Sony criar o serviço para o Playstation. Naquele tempo, PSN era o nome da Panamerican Sports Network, uma rede de TV a cabo fundada em 1989, mas que se tornou ativa mesmo a partir do final dos anos 90, adquirindo direitos exclusivos sobre a Libertadores e de transmissão de muitos campeonatos europeus grandes. Foi um sucesso entre os corinthianos, mas em 2002 foi vendida para a Fox Sports.
Os corinthianos puderam acompanhar o time na Libertadores e pela PSN só em 2000. Também foi histórico o amistoso contra o PSG no Parc des Princes, empatado em 2x2, transmitido pela PSN.

- Em 2000, outra empresa norte-americana se associou ao Corinthians, a Pepsi, numa das parcerias de marketing mais bem-sucedidas da história da empresa e do clube e que durou quase quatro anos. Ver uma empresa norte-americana, com uma marca norte-americana, grana, craques, um timaço e grande futebol, sem dúvida, propiciou uma das épocas mais frenéticas e fanáticas para quem era corinthiano naquele tempo. Não era só torcer. Corinthians era mania total nessa época.


- Três personalidades se destacaram nos tempos de Hicks, além dos quatro americanos que davam nomes à sigla do fundo: o empresário J. Hawilla, o treinador de vôlei Zé Roberto e o treinador de basquete Edvar Simões. J. Hawilla era o famoso empresário das placas publicitárias nos estádios e foi uma espécie de intermediário nas negociações com a Hicks. Como ele cuidou da publicidade do Mundial da FIFA e co-geria o departamento de esportes da Band naquele tempo, o triunvirato ‘Placas do Mundial-Band que transmitiu o Mundial-Corinthians, gerou o boato, aproveitado pelos invejosos rivais, de que o Mundial foi criado por J. Hawilla pra dar ao clube um título que ele não teria por vias normais. J. Hawilla vivia de perto o dia-a-dia do clube nesse tempo. Ele morreu em 2018.

Outro que também estava ativamente no clube era Zé Roberto, que participou das negociações de contratação e venda de vários jogadores, tanto na chegada da Hicks Muse, como nos seus momentos derradeiros. Depois de dois anos e de saber que a Hicks faria um desmanche do time campeão de Parreira, levando à desastrosa Era Geninho (que veio de novo, em 2006), ele pediu pra sair. Ele também esteve envolvido na administração da crise relacionada à saída de Marcelinho. Nada como um homem calmo igual o Zé Roberto – que não é corinthiano – para gerir todo aquele tumulto.

Edvar Simões foi colocado no posto de diretor por Dualib. Era sério, de pulso firme e objetivo. Em 2007, malograda a temporada que levou ao descenso, ele voltou para o comando do basquete.
https://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/fk27059901.htm Folha de S.Paulo - Futebol: Homem do vôlei assume Corinthians - 27/05/99 www1.folha.uol.com.br www1.folha.uol.com.br
https://www.ocuriosodofutebol.com.br/2021/07/a-experiencia-de-jose-roberto-guimaraes.html A experiência de José Roberto Guimarães como gerente de futebol do Corinthians ~ O Curioso do... ocuriosodofutebol.com.br

- O fim da parceria com a Hicks aconteceu no meio do vitorioso ano de 2002. Desde 1999, o dólar começou a ficar cada vez mais instável no país – quadro que não mudou até hoje e até piorou nos últimos dois anos. No entanto, o último laço com a empresa só veio a ser rompido, no sentido legal, nos últimos dias do terrível ano de 2007.
https://www.virgula.com.br/esporte/corinthians-resolve-pendecircncia-com-a-ex-parceira-hicks-muse/ Corinthians resolve pendência com a ex-parceira Hicks Muse ? Virgula
A nova diretoria corinthiana trabalha para resolver os problemas deixados pela antiga administração. Depois de resolver as pendências jurídicas e...
virgula.com.br

- A pressão que o Corinthians sofreu pra ter um estádio até a criação da Arena não passou despercebida pelos olhos da Hicks Muse. Nos três anos em que a parceria aqui esteve, projetos foram abordados. 2 projetos foram elaborados: o primeiro, sem nome, o segundo, bem pomposo: Corinthians Soccer Stadium, na Raposo Tavares. Soccer, claro, porque a Hicks Muse era americana.



- A Hicks Muse se tornou HM Capitals e se dissolveu em outras duas empresas: Tailwater Capital e Kainos Capital. Enquanto esse processo acontecia, alguns membros da diretoria permaneceram no Brasil e se tornaram torcedores apaixonados do Corinthians, frequentando o Pacaembu e até a nossa Arena Corinthians.

8.780 visualizações e 64 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Foto do perfil de Carlos Timão

Ranking: 220º

Carlos 8356 posts

@carfes em 03/12/2021 às 21:37

Kike, parabéns meu brother, trabalho árduo, muito bom!

Contou tudo passo à passo.

Muito bom, abraço.

Foto do perfil de Samuel Bueno

Ranking: 13.537º

Samuel 79 posts

@samuel.bueno em 03/12/2021 às 22:24

Top!

Últimas respostas

Foto do perfil de Denis Roberto Modenesi

Ranking: 3.038º

Denis 940 posts

@denis.roberto.moden1 em 06/12/2021 às 12:41

Ótimo tópico, mais uma vez! Parabéns pelo trabalho!

Publicidade

Foto do perfil de Luiz Fernando Balestrero

Ranking: 1.501º

Luiz 1943 posts

@luiz.fernando.balest em 06/12/2021 às 08:19

Vai Corinthians!

Foto do perfil de Juliane Bauer

Juliane 9 posts

@juliane.bauer13 em 05/12/2021 às 15:10

Ficou top
Foto do perfil de Fernando Zemetek

Ranking: 694º

Fernando 3780 posts

@fernando.zemetek1 em 05/12/2021 às 08:11

Tanto Hicks quanto Excel só não conseguiram uma coisa em relação à Parmalat:

Comprar a CBF e CONMEBOL, fato que se repete hoje c/a Crefi$a e, em menor escala, c/ a Magnus no futsal.

Foto do perfil de Antonieta Colino

Ranking: 232º

Antonieta 179 posts

@antonieta.colino1 em 05/12/2021 às 01:07

Adorei, parabéns!

Foto do perfil de Antônio Laécio De Sousa Silva

Ranking: 3.192º

Antônio 884 posts

@antonio.laecio.de.so em 05/12/2021 às 00:38

Legal.

Foto do perfil de Wilian Alves Peres

Wilian 19 posts

@wilian.alves.peres em 04/12/2021 às 21:44

Vendo as fotos dessas maquetes dos estádios. Me levou de volta a infância kk quando recortava essas fotos dos jornais sonhando em um dia poder ir ao estádio do Corinthians. Hoje vendo como nossa arena é linda! Me sinto realizado de poder assistir um jogo na nossa arena.

Vai Corinthians!

Foto do perfil de Wts Magalhães

Ranking: 5.408º

Wts 436 posts

@whatson.magalhaes em 04/12/2021 às 20:36

Que top o tópico

Ficou fera de mais!

Parabéns!

E nossa, como o tempo passa...

Foto do perfil de Wilson Balera

Ranking: 2.283º

Wilson 1305 posts

@wilson.r.balera em 04/12/2021 às 19:52

Ótimo tópico parabéns pelo trabalho.

Foto do perfil de Rodrigo Dias

Ranking: 3.649º

Rodrigo 748 posts

@rodrigo.dias28 em 04/12/2021 às 19:43

Muito bom

x