Geração Danoninho atormentando no Fórum

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Felipe #5.476 @luizschiavon em 17/04/2015 às 03:10

Chateado estou eu, em saber a falta de reconhecimento pelo bom futebol prestado pelo grupo.

Chateado estou eu, em saber que mesmo o time estando na próxima fase da Libertadores e na Semifinal do Paulistão, ainda vejo torcedores insatisfeitos.

Chateado estou eu, em saber que conseguem achar argumentos para criticar o nosso tão e bom Querido professor Tite.

Parabéns, Corneteiros de Plantão! Nunca saberão o que é ficar 3…4…5…6… anos sem título e mesmo assim continuarão dizendo; ' Aqui é Corinthians '

E desculpem pelos termos abusivos, apenas estou desabafando.

1.984 visualizações e 99 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Felipe Da Costa Oliveira #2.399 @lipe1985 em 17/04/2015 às 08:06

Show de bola esse tópico, eu sou do tempo do primeiro título brasileiro do Corinthians, mas se fosse do tempo que passamos 23 anos sem título ai sim seria mais corinthiano porque corinthiano é na alegria e na tristeza sempre. Vai CORINTHIANS.

Edgard Alan Souza #39 @edgard.alan.souza em 17/04/2015 às 08:39

San Lorenzo proporcionou o jogo que o Corinthians tanto precisava

Oi intenso, foi brigado, foi feio em alguns momentos, foi o que um jogo grande de Libertadores deveria ser. E, por isso, Corinthians 0x0 San Lorenzo foi uma partida muito boa dentro de sua proposta. O tipo de duelo que o time de Tite desse começo de 2015 tanto precisava.

É uma questão de parâmetro. O Alvinegro comçou o ano em ritmo acelerado, com boas apresentações e resultados proporcionais ao momento. Houve alguns episódios de destaque maior, como nos clássicos contra Palmeiras e São Paulo e nas goleadas sobre Once Caldas e Danubio. Aí, muitos (e talvez o próprio time) já tenham perdido a noção do nível dessa equipe. Foi isso o que os argentinos deram.

O San Lorenzo entrou muito mais confiante e ousado que nos encontros contra o São Paulo, provavelmente por saber que uma derrota representava uma virtual eliminação. Lembrou o time campeão da Libertadores 2014, ainda que sem Correa e Piatti.

Foi uma partida dura e disputada, que não escondeu nada. Diante de uma equipe que se preparou bem para cortar o jogo de triangulações do Corinthians, prender Elias atrás para evitar o homem-surpresa e explorar o jogo aéreo que tantos sustos dá em Cássio, o time brasileiro teve de atuar perto do limite.

O resultado disso foi um Corinthians competitivo, que criou mais chances que o adversário e esteve ao nível do desafio. Ao mesmo tempo, o bom futebol do San Lorenzo também foi capaz de expor o tamanho de certos problemas alvinegros. Por exemplo, como a defesa sofre pelo alto, como a marcação adiantada deixa espaço nas costas da zaga para passes em profundidade e, principalmente, como o ataque se moldou para ter um jogador como Guerrero para funcionar.

Foram lições importantes para o Corinthians conhecer a si próprio, muito mais até que nas atuações medianas contra Santos e Ponte Preta. No mata-mata continental, será preciso responder adequadamente a desafios desse tamanho. Nesta quarta, o resultado foi apenas parcial. Daqui para frente, será preciso um pouco mais.

http://trivela.uol.com.br/san-lorenzo-proporcionou-o-jogo-que-o-corinthians-tanto-precisava/

Últimas respostas

Fabiano De Alencar Rissoli #5 @faoloco em 18/04/2015 às 01:12

Tem razão. Respeito todas as opiniões, mas tem muitos torcedores sem noção, imediatistas, o time nunca pode jogar mal, o adversário nunca joga bem...

Publicidade

Yuri Andrade #298 @yuri.andrade1 em 18/04/2015 às 00:04

Concordo com tudo, imagina eles torcendo pra aquele time de 2007, iam infartar

Benivaldo Silva Feitosa #699 @ninhofei em 17/04/2015 às 20:54

Foi um jogo de alto risco, de alto nível tático e técnico e de muita garra de ambos os lados, típico jogo de Libertadores da América. E os comentaristas anti falaram que o Timão não foi bem, não é isso tudo e bla bla bla, são uns otarios que a mim não enganam não! Vai Corinthians!

Gilvan Jose De Lima #150 @gilvan.nego.preto em 17/04/2015 às 20:52

Geração pau na bunda, não sabem o que é ter um time ruim jogando com a camisa do Corinthians

Marcelo De Castro #645 @mardcastro23 em 17/04/2015 às 20:50

Foi um bom jogo, tivemos mais chances, o Love não estava num bom dia... O time do papa armou um esquema para não deixar nosso time jogar... Bufarini segurou o Sheik... Ficamos com poucas opções de ataque e mesmo assim... O goleiro dos caras trabalhou mais que o Cássio.

Concordo com você... VÃO À MER.DA TODOS OS QUE CRITICAM ESSE TIME...

OU não entendem NADA mesmo ou são torcedores de videogame...

Eu sei o que é torcer para o Timão na época que não tínhamos um campeonato nacional...

Comecei a frequentar os estádios com meu pai em 1977, aos 7 anos.

Vi a festa descomunal da conquista do Paulistão... Eram 22 anos e oito meses sem ganhar um título de expressão...

Éramos achincalhados... Time sem estádio, sem passaporte, regional e etc...

SAUDAÇÕES AOS VERDADEIROS FIÉIS CORINTHIANOS!

Jean Ferreira #3.362 @jean.ferreira3 em 17/04/2015 às 20:47

Esses 'torcedores 'preferem aquele timaco do rebaixamento de 2007 kkkkk

Antonio Jose De Oliveira #1.090 @o.corinthiano em 17/04/2015 às 20:39

O Corinthians jogou com o regulamento debaixo dos braços, o empate era suficiente e também faz parte do futebol. Atacou mais no primeiro tempo, mas na segunda etapa segurou mais o jogo, o Elias ficou mais atrás, protegendo a defesa, vamos com calma galera, ainda vamos ver muitas vitórias esse ano.

Beavis Corinthiano #4.805 @adiego em 17/04/2015 às 20:37

Bando de garotinho juvenil... Criados a leite com pera e docinho caramelado na geladeira.

Carlos Eduardo #2.513 @dudaslittle em 17/04/2015 às 19:48

Geração Danoninho foi boa, queria ver ficar 22 anos 8 meses e 13 dias kkkk

Murilo . #2.251 @murilo.pierre.gabrie em 17/04/2015 às 19:42

Quem está criticando o Tite é modinha...O cara é um dos melhores treinadores do mundo disparadamente...

Eu critico o Vagner Love e o Sheik, porque aqueles dois pelo amor de Deus...Mas o resto do time não tem do que reclamar não...