Comparação absurda!

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Everton #240 @ton1982 em 17/05/2015 às 22:40

Após a exclusão do Boca Juniors, a internet chove de comentários ridículos de ANTIs que odeia o Corinthians fazendo um comparativo com o caso do Corinthians em 2013.

Primeiro que a sensação que fica é que no caso de Oruro foi 'a primeira vez que um torcedor matou o outro dentro do Estádio'. Talvez só a família do Rodrigo de Gasperi é que lembra que ele foi morto por uma bomba atirada por um torcedor do SP em 1992.

O detalhe é que não estão nem aí quando torcedor morre, tanto que as partidas sempre continuam, mas colocar o caso do garoto Kevin como se fosse o único da história é o cúmulo do oportunismo de quem odeia o Corinthians!

Sobre o jogo do Boca, foi agressão aos atletas rivais, não torcedores! Não houve mortes, mas são casos distintos.

Comparar situações tão diferentes é ridículo!

2.773 visualizações e 40 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Sandra Martins #214 @sandramartins em 18/05/2015 às 01:18

O lamentável é que nós temos que conviver à sombra do caso de Oruro, enquanto todos os outros crimes praticados por TO's ficam irrelevantes.

Naquele fatídico dia o torcedor Corinthiano, pressupostamente, não tinha a intenção de matar. O mandante do jogo foi o San Jose que, junto com a polícia da Bolívia, não tomou as medidas de segurança e revista para evitar a entrada desse tipo de dispositivo. Vale lembrar que a torcida do San Jose também fazia alegorias com fogos.

No caso da Argentina o Boca era o mandante e o jogo de torcida única, além disso, o torcedor estava munido de um gás de pimenta acrescido de ácido, com o claro intuito de ferir os jogadores do River e tirá-los da partida. Igualmente não houve o cuidado por parte da segurança e do clube para evitar a entrada desse tipo de artefato. Sem contar a selvageria descontrolada e generalizada da torcida abusando das agressões, garrafadas, cusparadas, objetos atirados no campo, fogos e drone. Um circo de horrores que intimidou até a polícia.

Nos dois casos houve crime:

Em Oruro o crime foi Culposo – o agente (torcedor) não tinha a intenção de produzir o resultado ilícito, porém, previsível, a conduta foi em decorrência de negligência, imperícia ou imprudência.

Na Argentina o crime foi Doloso - o agente (torcedor) queria deliberadamente e sabia do resultado lesivo de sua conduta e, mesmo assim, levou-a adiante, produzindo o resultado criminoso. Lembrando que, além das graves lesões de pele e nos olhos, um jogador de apenas 19 anos foi hospitalizado com inflamação cerebral.

A questão não é inocentar aquele e condenar esse, mas esclarecer a diferença entre os crimes, que possivelmente foi um agravante na punição ao Boca. Embora tenha havido uma vida desgraçadamente perdida em Oruro, muitas pessoas alheias aos fatos foram prejudicadas em ambos os casos, inclusive os clubes.

Tudo que é relacionado com o Corinthians vira um Armagedom nessa imprensa imunda que vive para incitar propositadamente a animosidade entre as torcidas e tirar proveito ($$) nas visualizações e discussões dentro dos portais. Vamos fazer o que se o Corinthians é tão grande que é capaz de atrair torcedores e anti-torcedores?

Bruno Matheus F. E Silva #42 @brunomatheeus em 18/05/2015 às 00:56

Infelizmente a grandeza do Corinthians tem um preço, e é justamente ter que aguentar a inveja dos abutres.

Últimas respostas

Maria Dalva Duarte De Souza #35 @marda em 18/05/2015 às 22:43

Caso oruro (pela última vez)..ninguem provou que foi um torcedor do Corinthians que soltou o rojão no menino...a advogada da torcida provou que a curva que o rojão fez, não passava nem perto do garoto...foi usada imagem do dia no estádio...toda a torcida mandante estava usando sinalizadores...

Então, por favor, não citemos nós também esse caso, que os boca de burro só usaram para tentar livrar a cara deles...

Publicidade

João Lira #1.413 @joaolira em 18/05/2015 às 22:34

se eu tivesse a oportunidade, n seria só isso que eu iria falar...
Hehehe

Everton #240 @ton1982 em 18/05/2015 às 18:21

" "

Diz isso para o Boca Juniors que citou o Corinthians na defesa deles!

Everton Gomes #240 @ton1982 em 18/05/2015 às 18:23

Dá ânsia de vomito aquele teatrinho. Gostaria de estar trabalhando nos bastidores da Bandeirantes aquele dia só para filmar o comportamento fora do ar e depois jogar a farsa na internet!

victor #266 @vicman77 em 18/05/2015 às 01:09

" "

E não teve nenhuma apresentadora (ou garota) de programa e nenhum ex jogador (artilheiro de gol solitário) ' chorando ' em frente as câmeras. Na opinião deles uma vida boliviana é importante, mas uma brasileira não.

Everton Gomes #240 @ton1982 em 18/05/2015 às 18:21

Diz isso para o Boca Juniors que citou o Corinthians na defesa deles!

João #1413 @joaolira em 18/05/2015 às 02:29

" "

Uma coisa que meus pais me ensinaram e levo comigo a vida enteira...'NÃO SE JUSTIFICA UM ERRO COM OUTRO ERRO.'

Vlw flws

Everton Gomes #240 @ton1982 em 18/05/2015 às 18:19

O ódio que os ANTIs Corintianos possuem é grande o suficiente para alguns idiotas se infiltrarem no meio da torcida com o claro intuito de apenas prejudicar o Corinthians. Se for por esse caminho, vai seguir uma linha muito perigosa...

Até entendo punir o clube quando existe briga generalizada na torcida, mas por ação de um único individuo eu acho complicado...

Rafa #7563 @rafa84 em 18/05/2015 às 09:56

" "

Na minha opinião o Corinthians também deveria ser excluído, não importa se foi por querer ou sem querer, ele, o infrator, assumiu o risco de matar uma pessoa quando disparou o sinalizador na direção da torcida adversária, os organizadores também tem culpa por não conseguirem dar segurança aos torcedores, mas quem vai punir a Conmebol? Acredito muito que a Conmebol sofreu uma pressão absurda por não ter excluído o Corinthians no tribunal e 'arranjou' um jeito de excluir no campo, mas no caso do Boca essa porcaria de confederação acertou, mas sempre vou defender a tese que o infrator deve ser punido, a maior punição deve ser sempre aplicada há quem cometeu o ato.

Rafa Todo Poderoso Timão #7.563 @rafa84 em 18/05/2015 às 17:03

Acho que até poderia ser punido com perda de mando, mas a exclusão é complicado Maria, porque mesmo com a revista feita na entrada do estádio, quem é #[email protected]% consegue entrar com essas coisas escondidas, até mesmo torcedoras que entram com essas e outras porcarias introduzidas na parte intima, como o clube mandante da conta desse tipo de revista, por isso tem que se punir o infrator e o clube do mesmo!

Maria #2 @gracinhado.timao em 18/05/2015 às 16:53

" "

Quem tinha que ser excluído era o San Jose afina de contas eles pecaram por deixar torcedores entrarem com sinalizadores e eram os mandantes assim como o Boca.

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 18/05/2015 às 16:59

Outro dia citei esse mesmo me ditado me referindo ao ocorrido com o boca e pasme me negativaram.

thiago #5285 @tecshalom em 17/05/2015 às 23:24

" "

Que os antis engulam a seco isso ae, quando o Timão foi assaltado pelo boca, todos zuaram, agora engulam!

Nada melhor que um dia após o outro!

Cambada de otário!

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 18/05/2015 às 16:58

Se fosse um time que não incomodasse não renderia tanta inveja.

Bruno #42 @brunomatheeus em 18/05/2015 às 00:56

" "

Infelizmente a grandeza do Corinthians tem um preço, e é justamente ter que aguentar a inveja dos abutres.

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 18/05/2015 às 16:56

Verdade.

João #1413 @joaolira em 18/05/2015 às 02:29

" "

Uma coisa que meus pais me ensinaram e levo comigo a vida enteira...'NÃO SE JUSTIFICA UM ERRO COM OUTRO ERRO.'

Vlw flws

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 18/05/2015 às 16:54

Fato.

Cleidson #43 @cleidson em 18/05/2015 às 09:10

" "

Bom esse caso é atípico, MAS enquanto os infratores não forem responsabilizados por seus atos e com severidade, vai continuar essa várzea em qualquer campeonato.