Corinthians x Botafogo-SP

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians enfrenta agora o Botafogo-SP

Acompanhe ao vivo

São cinco vitórias seguidas mesmo?

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Edivaldo #10.227 @edy182 em 20/02/2016 às 15:48

Não parece mesmo que o Corinthians faz o melhor início de temporada dos últimos oitenta anos!

O que tem de corneteiro aqui!

Pelo amor de Deus, todos que estão pedindo as saídas de Rodriguinho, Lucca, Romero e Danilo para as entradas de Guilherme, Marllone, G. Augusto e André, respectivamente, entendam isso (o próprio Tite já frisou isso): o Tite não coloca esses jogadores para dar competitividade, para que os jogadores tenham o espírito esportivo de disputarem uma posição. Isso agrega qualidade ao time, faz com que os jogadores estejam sempre ligados e não vacilem pois sabem que podem perder a posição. O Corinthians só tem a ganhar com isso. A questão não é quem é o melhor jogador para dada posição, o que importa é o merecimento, e nada mais justo é quem tá mais tempo no time começar de titular. Mas não quer dizer que os que chegaram não terão chance.

O Tite dá aula de esquema de jogo, de filosofia de jogo e afins nas entrevistas mas parece que ninguém entende aqui! Putz grila!

868 visualizações e 34 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Leo Moreira #6.927 @leo.moreira4 em 20/02/2016 às 16:45

Post perfeito cara! Concordo plenamente com o Tite, tem que dar continuidade no trabalho que ele vem fazendo, e muito bem diga-se de passagem. Só joga por merecimento, quer jogar vai ter que ganhar a posição e não chegar e só porque tem mais nome ou porque tem mais qualidade que já vai ser titular, tem que honrar o manto e conquistar por merecimento e com garra!

Últimas respostas

Toninho Cata #352 @toninho.cata em 21/02/2016 às 16:28

Troca de ideias faz isso mesmo, a gente falar muito, rsrsrs

Tocando a bola na defesa deram zica contra o Sport e o são Bernardo.

Edivaldo #10227 @edy182 em 21/02/2016 às 13:55

" "

Toninho, eu também me perguntavam por que o Tite faz com que a equipe saia jogando desde a sua defesa, as vezes correndo o risco de perder a bola no seu próprio campo de defesa. Mas como nunca se deve subestimar o Tite, eu comecei a pensar. Daí inferi que ele estrategicamente pede isso a seus jogadores (nos treinamentos os jogadores repetem isso) para que a equipe adversária saia do seu campo de defesa, faça uma marcação adiantada, propiciando que haja espaço lá na frente. Quando, no seu campo de defesa, o Corinthians acerta os passes (de pé em pé), a despeito da marcação adiantada do time adversário, ele consegue encontrar a defesa do seu oponente desguarnecida podendo assim castigá-lo com um rápido contra-ataque - temos jogadores jovem e rápido para isso. Mas, quando o adversário acerta a marcação adiantada, impossibilitando o Corinthians sair jogando, o time não tem a cobiça de querer ser um 'Barcelona' da vida e dá chotão mesmo (ainda assim, nesse caso, o Corinthians sai ganhando porque a bola sendo rebatida lá na frente, o Corinthians pode ficar com uma segunda bola e até achar uma bola boba no ataque - o Corinthians tem marcado gols assim, no erro do adversário no seu campo de defesa). Em última instância, mesmo o Corinthians não conseguindo arrancar um contra-ataque, não conseguindo achar uma brecha do adversário - encontraremos muitas equipes assim na Libertadores; equipes bem treinadas, bem fechadas, taticamente bem armadas... -, o simples fato de o Corinthians ter a posse de bola já intimida o adversário, cadencia o jogo, ajuda na confiança do time. Mas, o Tite monta times que gostam daquela posse de bola objetiva e não aquela posse de bola infrutífera, que muitos times brasileiros caem no erro, principalmente, quando estão jogando na Libertadores. E por último, quando encontramos um adversário que tem qualidade na posse de bola, o time do Corinthians é humilde em deixar ele ter mais posse de bola (as vezes terminamos jogos com 55% a 45% de posse de bola a favor do nosso oponente), em contrapartida, vamos lá e aproveitamos aquela única chance de gol e matamos o jogo, não importa se a vitória é magra. E quando precisamos segurar um resultado, mesmo contra um time pequeno, não temos vergonha de fazer as dua linhas de quatro e jogar no contra-ataque - aconteceu isso, no Paulistão, na nossa própria arena, contra um time pequeno (não me recordo o time, agora), quando tivemos um jogador expulso (Edílson); fomos lá, mesmo levando pressão, seguramos o resultado e vencemos por 1-0(até tivemos oportunidades de ampliar o placa).

Enquanto não temos um meio de campo forte venceremos partidas assim: na base da defesa sólida, na anulação dos pontos fortes do adversário, na indução ao erro adversário e na própria força e qualidade do time.

Desculpe eu ter alongado o assunto, me excedi rsrsrs.

Publicidade

Edivaldo Rocha Braga #10.227 @edy182 em 21/02/2016 às 13:55

Toninho, eu também me perguntavam por que o Tite faz com que a equipe saia jogando desde a sua defesa, as vezes correndo o risco de perder a bola no seu próprio campo de defesa. Mas como nunca se deve subestimar o Tite, eu comecei a pensar. Daí inferi que ele estrategicamente pede isso a seus jogadores (nos treinamentos os jogadores repetem isso) para que a equipe adversária saia do seu campo de defesa, faça uma marcação adiantada, propiciando que haja espaço lá na frente. Quando, no seu campo de defesa, o Corinthians acerta os passes (de pé em pé), a despeito da marcação adiantada do time adversário, ele consegue encontrar a defesa do seu oponente desguarnecida podendo assim castigá-lo com um rápido contra-ataque - temos jogadores jovem e rápido para isso. Mas, quando o adversário acerta a marcação adiantada, impossibilitando o Corinthians sair jogando, o time não tem a cobiça de querer ser um 'Barcelona' da vida e dá chotão mesmo (ainda assim, nesse caso, o Corinthians sai ganhando porque a bola sendo rebatida lá na frente, o Corinthians pode ficar com uma segunda bola e até achar uma bola boba no ataque - o Corinthians tem marcado gols assim, no erro do adversário no seu campo de defesa). Em última instância, mesmo o Corinthians não conseguindo arrancar um contra-ataque, não conseguindo achar uma brecha do adversário - encontraremos muitas equipes assim na Libertadores; equipes bem treinadas, bem fechadas, taticamente bem armadas... -, o simples fato de o Corinthians ter a posse de bola já intimida o adversário, cadencia o jogo, ajuda na confiança do time. Mas, o Tite monta times que gostam daquela posse de bola objetiva e não aquela posse de bola infrutífera, que muitos times brasileiros caem no erro, principalmente, quando estão jogando na Libertadores. E por último, quando encontramos um adversário que tem qualidade na posse de bola, o time do Corinthians é humilde em deixar ele ter mais posse de bola (as vezes terminamos jogos com 55% a 45% de posse de bola a favor do nosso oponente), em contrapartida, vamos lá e aproveitamos aquela única chance de gol e matamos o jogo, não importa se a vitória é magra. E quando precisamos segurar um resultado, mesmo contra um time pequeno, não temos vergonha de fazer as dua linhas de quatro e jogar no contra-ataque - aconteceu isso, no Paulistão, na nossa própria arena, contra um time pequeno (não me recordo o time, agora), quando tivemos um jogador expulso (Edílson); fomos lá, mesmo levando pressão, seguramos o resultado e vencemos por 1-0(até tivemos oportunidades de ampliar o placa).

Enquanto não temos um meio de campo forte venceremos partidas assim: na base da defesa sólida, na anulação dos pontos fortes do adversário, na indução ao erro adversário e na própria força e qualidade do time.

Desculpe eu ter alongado o assunto, me excedi rsrsrs.

Toninho #352 @toninho.cata em 20/02/2016 às 22:49

" "

Puxa Jovenaldo, você pegou pesado com quem ganhou quase tudo, mas eu até concordo contigo, as vezes dá sono ao assistir aos jogos do Timão - eu não gosto do jeito como o Timão sai jogando (da defesa), porque não tocar a bola a partir do meio de campo, como faz o Barcelona?

Alexander Dugan #285 @alexdugan em 20/02/2016 às 23:22

Fora o entrosamento que fica comprometido, os jogadores que estão entrando já conhecem a filosofia de jogo, ele vai ir trocando um a um aos poucos, para que tanto o jogador possa se adaptar a equipe como a equipe se adaptar ao jogador, se trocar 5 peças de uma vez desafina a banda.

Tati Nascimento #51 @loco.31 em 20/02/2016 às 23:10

Pois é. Isso é um dos grandes diferenciais do Tite. O pessoal não entende isso. O Tite treina um elenco e não um time de 11 jogadores. Para ele os onze titulares é uma questão circunstancial, o importante é que quem entre em campo entre sempre com a intensidade máxima. Essa intensidade que faz a diferença. É o que fez o Lucca chegar primeiro que o marcador e fazer o gol contra o São Paulo, o que fez o time suportar a pressão do Cobresal, que fez o time segurar o jogo contra o Capivariano mesmo com um a menos. É isso que faz com que o time ter cinco jogos e cinco vitórias deixando a mídia perplexa com esse grupo que perdeu seis titulares e começa o ano melhor que várias equipes tidas como favoritos aos títulos importante do ano.

Douglas Shimaz #115 @duguinha2shae em 20/02/2016 às 23:04

A ideia de priorizar os atletas que ficaram no clube é essencial para a gestão de grupo, manter o vestiário na mão

E o trabalho de Tite é pautado no treinamento, entrosamento e não no improviso...

Se os contratados entenderem o modelo de jogo e tem condições físicas de atuar com a intensidade dos demais, ótimo, senão espera a vez...

Erich Venancio #1.050 @erich.venancio em 20/02/2016 às 22:57

Ajuda de árbitro um caramba seu anti, tá no lugar errado maluco.

Ralf Crítico #154 @cardoso2 em 20/02/2016 às 22:56

Estou muito feliz pelas 5 vitórias.

Mas também estou assistindo os jogos... E estamos ganhando tudo apertado.

Jóia... Estou comemorando. Mas temos muita a desenvolver... Não adianta se agarrar a número e achar que está bom.

Toninho Cata #352 @toninho.cata em 20/02/2016 às 22:49

Puxa Jovenaldo, você pegou pesado com quem ganhou quase tudo, mas eu até concordo contigo, as vezes dá sono ao assistir aos jogos do Timão - eu não gosto do jeito como o Timão sai jogando (da defesa), porque não tocar a bola a partir do meio de campo, como faz o Barcelona?

Welly Kwon #2.751 @welly.kwon em 20/02/2016 às 22:28

O meu medo é o Tite querer repeti com o Rodriguinho e o Romero o que ele fez com o Vagner Love. Quem aqui lembra quando o Love perdeu a vaga de titular para o Luciano? Vagner Love teve que fazer uma sequencia de jogos horrivel para o Tite acordar e colocar o Luciano. Estou torcendo pra que o São Jorge esteja do lado do Rodriguinho e Romero e faça esses caras joga bola, porque na libetadores não podemos esperar uma sequencia ruim pra mudar o time.

Chacal/sc Corinthians Paulista #124 @todo.poderoso.timao. em 20/02/2016 às 22:17

Só cinco, porque não seis? Melhor início de temporada dos últimos 80 anos? Por que não 81 anos?

Crise no Corinthians, bora taca fogo no CT...