Só lembrando: Arrogância e soberba é coisa de rival

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Samuel #4.775 @samuelm22 em 18/04/2017 às 08:54

Aqui no fórum vi muitos torcedores de fato empolgados com o time, assim como eu estou. Mas visitando o blog do torcedor no GLOBOESPORTE, me deparo com um texto soberbo. Ainda que não intencional, essa de 'já estamos na final', 'é ponte e corinthians', 'Palmeiras pode até virar mas o SPFC não'. Não fazem o estilo de um torcedor corinthiano. O SPFC se afundou quando começou a se autointitular de soberano, se achando o grande modelo de time no futebol brasileiro, e a mesma coisa o Palmeiras que montou uma 'máquina' segundo a imprensa, que gastou milhões. Ou o Inter que era outro modelo, sempre favorito, e acabou caindo com Nico López, Valdivia, Danilo Fernandes, Alex, entre outros. Então vamos com calma, humildade sempre pra fazer dois grandes jogos essa semana e classificar, pensando sempre no próximo jogo, sem dar passos maiores do que as pernas e sem cair na onda da mídia de dizer que já estamos classificados e somos favoritos. Vai Corinthians. Segue o texto abaixo:

http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/torcedor-do-corinthians/1.html Blog do Torcedor do Corinthians | GloboEsporte.com Blog do Torcedor do Corinthians | GloboEsporte.com Acompannhe o Blog do Torcedor do Corinthians no GloboEsporte.com globoesporte.globo.comgloboesporte.globo.com


TORCEDOR DO CORINTHIANS
Segunda-feira, 17/04/2017 às 23:16 por Silvio Junior
Como há 40 anos

São Paulo x Corinthians

Sem modéstia, sem medo de errar, sem medo de pagar mico, sem medo da zoeira e sem medo de ser feliz.

Estamos na final.

Basta saber contra quem.

E não dá para garantir que reviveremos a mística final de 77, contra a macaca.

Até porque, o próximo jogo entre os postulantes a outra vaga na final poderá durar horas... ATÉ VIRAR!

Ontem vencemos o primeiro duelo diante dos tricolores lá dentro, no nosso bom e velho salão de festas, 2 a 0, gols de Jô e Rodriguinho.



E disputamos uma das nossas melhores partidas no ano, sem dúvida a melhor fora de casa.

Jogando com inteligência, forte marcação, ocupando os espaços, não permitindo que o adversário conseguisse construir jogadas, que limitou-se a cruzamentos na área e esporádicos chutes de média ou longa distância.

E a estatística, “a arte de prever o passado”, em termos de posse de bola foi totalmente favorável ao adversário.

Praticamente 60% de posse de bola ao longo da partida, no entanto, baseando-se em toques de lados.

Já o Corinthians, quando retinha a bola, era quase mortal. Com toques rápidos, chegando rapidamente ao campo de ataque.

E matamos o jogo no primeiro tempo. Matamos em todos os sentidos. O adversário saiu de campo para o intervalo cabisbaixo e sua torcida silenciosa.

Silencio que se transformou em revolta ao término da partida.

Enlouquecidos e descontrolados, cobrando da diretoria a contratação de jogadores e chamando o time de pipoqueiro.

Pena que, por conta das determinações impostas pelas autoridades, nossa torcida foi impedida de vivenciar ao vivo e em preto e branco mais uma bela vitória do Timão.

Mas, certamente, mais de 30 milhões do bando de loucos comemoraram muito a quase (agora sim uma pitada de humildade) classificação para a final do paulista.

E digo mais.

De “quarta-força” a favorito ao título de campeão do Paulistão!

V A I C O R I N T H I A N S!

NOTA DOS JOGADORES E TREINADOR

Cássio
Nota 8
Mais uma baita partida. Firme, seguro, fez importantes defesas.

Fagner
Nota 7
Usou de toda a sua experiência para conter o ímpeto do menudo tricolor. Anulou o pobrezinho.

Balbuena
Nota 7,5
Partidaça. Quase perfeita. Falharam em apenas um lance, numa indefinição quanto a marcação sobre Prato.

Pablo
Nota 7,5
Idem a Balbuena. Tomaram conta da área.

Guilherme Arana
Nota 7,5
Efetivo e rápido no apoio, como sempre. E bem na marcação.

Gabriel
Nota 7,5
Outro gigante na partida. Tomou conta e dominou o seu setor.

Maycon
Nota 7,5
Em perfeita sintonia com seu companheiro de meio campo. Intensidade na marcação e apoio ao ataque infernais.

Romero
Nota 7,5
Romero mais uma vez cumpriu seu papel tático, implacável na marcação e boa presença no ataque.

Rodriguinho
Nota 8
Correu risco de não entrar em campo, devido forte gripe. Imaginem se estivesse inteiro. Partidaça e um belo gol.


Nota 8,5
Um “jocolate” (by José Rifai) para os bambes. Mais um gol num clássico.

Jadson
Nota 6,5
Ficou devendo um pouco. Mas cumpriu importante papel pelo lado direito.

Clayton
Nota 5,5
Muito abaixo e fora de sintonia com o belo momento do time.

Camacho
Nota 7
Manteve o ritmo na marcação e nas saídas de bola.

Leo Jabá
Sem nota
Pouco participou da partida.

Carille
Nota 8
Preparou muito bem o time para esta partida. Deu tudo certo.

310 visualizações e 14 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Digo Hc #941 @digohc3m em 18/04/2017 às 09:29

é o que eu venho falando.. Tá um clima de já ganhou nas três competições.. Sula, CDB e Paulista... Calma lá que são todos jogos difíceis.

Últimas respostas

Oilson Amorim Dos Reis #2 @reyes em 18/04/2017 às 13:54

Pés no chão. Humildade sempre! Vai Corinthians!

Publicidade

Jean Ferreira #7.607 @jean.ferreira5 em 18/04/2017 às 13:53

Depois que é eliminado das três competições, o culpado e o Carille...por isso falo que a tempos a nossa torcida perdeu a humildade...

Digo #941 @digohc3m em 18/04/2017 às 09:29

" "

é o que eu venho falando.. Tá um clima de já ganhou nas três competições.. Sula, CDB e Paulista... Calma lá que são todos jogos difíceis.

João Jefferson #960 @joao.jefferson em 18/04/2017 às 11:01

Ele falou que estamos na final do Paulista.

Só não está consolidada, mas estamos muito bem encaminhados mesmo.

Ele não fala que já passamos pelo Internacional, que realmente será um confronto dificílimo e que está totalmente aberto.

Acreditar que o Corinthians está na final do Paulista não é ser soberbo, é acreditar no trabalho que vem sendo feito. É enxergar que a média do nosso time é tomar menos de 1 gol por partida e ver que os bambis precisam de no mínimo 2. É saber que quanto mais desesperados eles vierem para cima de nós na Arena Corinthians, mais fácil é de eles tomarem um gol no contra-ataque.

Corinthiano não é soberbo, mas corinthiano pode sim ser bastante confiante no time que tem. Não vejo ninguém criticando quando tem torcedores aqui achando que nós podemos ser campeões brasileiros, algo mais subjetivo ainda, haja visto que ainda faltam 38 rodadas.

Enfim...

Norick Del Bajo #7.401 @rtsjlle em 18/04/2017 às 10:49

Que texto infeliz!

Futebol é futebol, futebol é jogado... 90 minutos!

Não tem espeço pra mãe diná

Keneki Ken #621 @kaneki em 18/04/2017 às 10:36

Que sejamos a quarta força de São Paulo e a decima do Brasil mais o importante é time aguerrido e organizado, nessa formula enquanto a imprensa fala bosta nos levantamos taças.

Roger Silva #2.003 @roger.corinthiano em 18/04/2017 às 10:28

Vamo com calma, pois se perder amanhã, esse negócio de soberba, acaba, e o amor também, então vamo de jogo a jogo, como se fosse o último, sempre respeitando os rivais, para comemorar só quando levantarmos alguma taça, ou troféu. Então vamo com calma.

Bruno Bernos #929 @bruno.bernos em 18/04/2017 às 09:49

Sem dizer que esse cara é muito ruim...gostava da época da Yule Bisetto. Essa sim era sangue nos olhos.

Colava sempre nos jogos, falava do dia dia do Timão. Esse aí é meh.

Bruno Bernos #929 @bruno.bernos em 18/04/2017 às 09:37

Eu ainda lembro da final da Libertadores de 2012 depois do jogo de ia, no fundo todo corinthiano tinha aquele 'feeling' que seríamos campeões, mas mesmo assim eu não via nenhum, NENHUM falando que o título era nosso, mesmo entre corinthianos e amigos. Cada um ficava na sua.

Hoje em dia, a pegada mudou muito, muito nego com falta de humildade mesmo, cada vez mais parecido com os bambis. Arrogantes e soberbos.

Espero que o Carille fale pra molecada e os outros continuarem com os pés no chão.

Digo Hc #941 @digohc3m em 18/04/2017 às 09:29

é o que eu venho falando.. Tá um clima de já ganhou nas três competições.. Sula, CDB e Paulista... Calma lá que são todos jogos difíceis.

Esdras Satiro #169 @esdras.satiro em 18/04/2017 às 09:25

Quem tem que ser humilde são a Diretoria, os jogadores dentro de campo, o torcedor vive de emoção, e muitos extrapolam estas emoções de maneiras diversas. Então, ninguém aqui tem o poder de limitar as emoções de ninguém.

1 a 10 de 13 respostas