Você prefere ser justo ou feliz?

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Flávia #21 @fa.passos em 23/05/2018 às 15:08

Carille já estava decidido a sair do Corinthians há algum tempo. Não foi esta semana.

Já não parecia estar feliz no Corinthians.

Os motivos ainda são uma incógnita para quem não teve o cuidado de observar alguns acontecimentos do dia-a-dia. Pra mim, não.

A resistência com a escalação de alguns jogadores, entrevistas em que deixava escapar 'não sou de reclamar, trabalho com o que tenho', rispidez, impaciência e nervosismo em algumas coletivas, e a perceptível relação fria com a diretoria, talvez por sentir seu trabalho desvalorizado, davam sinais que as coisas não estavam tão alinhadas o quanto parecia. Tudo muito diferente do ano passado.

Deu a sensação de querer ganhar o paulista muito mais pra ratificar o seu talento e sair por cima, pois na coletiva após o título parecia mais desafiar os jornalistas e a diretoria do que querer comemorar o feito, deixando no ar ou inconsciente de cada um, 'olha aí do que sou capaz de fazer com um time inferior aos outros e sem centroavante'. E assim, poderia se sentir à vontade para deixar o clube sem deixar dúvidas sobre o seu trabalho.

Quem ousa criticar um trabalho de um ano e meio com resultados mais do que positivos?

Referente aos últimos acontecimentos, parte da mídia realmente mentiu em relação a primeira proposta, do Al Hilal. Não houve proposta oficial como falaram, porém colocaram ele no clube árabe antes do momento. Foi o que desgastou a imagem de Carille com o Corinthians e a torcida. Ele parecia estar aguardando a proposta mas não se sentia à vontade em falar sobre algo que ainda não era oficial. Direito dele, porém, mal conduzido pelo mesmo.

A proposta que ele realmente recebeu foi a que aceitou. E quem prestou atenção e observou as entrevistas de Carille na quinta e no domingo, já sabia que a proposta que chegasse, ele estava propenso a aceitar pelas declarações que deu e deixou um sinal positivo nas entrelinhas.

Eu já não havia mais criado expectativas com a permanência dele a partir daquele momento. Acho que Carille poderia ter evitado a forma como saiu se tivesse sido melhor assessorado em sua carreira. Teve ingenuidade de um iniciante na profissão com declarações comprometedoras à medida que foi obtendo bons resultados no ano passado. Foi traído pelas próprias palavras. Talvez, por estar vivendo seu sonho de treinador se realizar, além do estado de êxtase com os elogios de todos os setores do esporte e ter chamado atenção de clubes de outros países.

Ontem pediu desculpas, se retratou. O que fica de aprendizado neste início de profissão, é que a comunicação será algo que certamente deverá ter mais atenção a partir de agora.

Referente a proposta, refletiu se prefere ser justo ou feliz?

Na minha concepção, ao escolher o 'novo projeto', Carille preferiu ser feliz. Se fosse justo cumpriria o contrato.

Mesmo decepcionada pela forma como se conduziu a saída, eu não consigo ter raiva. Pra mim, aqui fez o que me interessava. Deu títulos ao clube e ganhou jogos importantes em momentos em que estávamos pessimistas quanto ao resultado.

Agradeço pelo que fez no clube e soube aproveitar a estrutura pra transformar o trabalho em bons resultados. É o que importa.

Ao Osmar Loss, desejo-lhe boas vindas!

P.S.: Mas e você? Prefere ser justo ou feliz?

5.445 visualizações e 277 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Pablo P #440 @pablo.perez1 em 23/05/2018 às 15:17

Finalmente alguém que agradeceu, só vejo pedradas no Carille, o cara levou 3 títulos, mostrou um Corinthians renovado após a saída do Tite, aposto que muitos nem imaginavam ou 90% que ele fosse tão bom... Desejo sorte pra ele e que ele possa voltar num futuro.

Denilson Cordeiro #1.191 @deni1912 em 23/05/2018 às 19:03

Excelente texto menina! Disse tudo! Não sei a sua profissão mas se não for jornal... Estará na profissão errada! Disse td e penso exatamente igual a você!

Últimas respostas

Rogeria De Oliveira #19 @love.me em 24/05/2018 às 22:29

Concordo, acho que o Carille estava incomodado desde o descontentamento que teve com Aguirre e expôs na imprensa. Ele apanhou muito e foi alvo de muitas piadas...isso mudou ainda mais o comportamento dele.

Eu sempre defendi a tese#obrigada Carille#fomos felizes e agira vida segue pra ele e para o clube.

Publicidade

Fábio Chamusca De Carvalho #1.001 @fabiomcbaltz em 24/05/2018 às 22:06

Imaginei que sim. E é disso que falo mesmo. Rsrsrs

Flávia #21 @fa.passos em 24/05/2018 às 08:17

" "

Nem sempre os dois conceitos caminham juntos, Fabio.

Há momentos em que a vida nos apresentam situações as quais devemos escolher por um dos caminhos para seguir em frente. E isso não tem a ver com o material. Tem a ver com o lado mental e espiritual.

Já ouviu falar em ter paz de espírito?

O título e o decorrer do texto deixa essa mensagem subliminar...

Mario Hermetti Carpegiani #451 @carpegiani em 24/05/2018 às 20:41

O que é ser feliz?

Anisio Molim #98 @amoamolim em 24/05/2018 às 20:37

Boa noite Flávia!

Acho que o futebol, virou um pouco a cara para o povo, ficou um tanto elitizado, muito cheio de comentários táticos, esquemas mirabolantes de jogo, muita discussão de arbitragem que em algumas partidas se tornam as vedetes dos comentaristas e o futebol que se jogou, fica para segundo plano, ou as vezes nem se fala. Da-se uma arrematada e passa para o Comercial. É assim em grande parte dos programas de futebol, na TV.

E isso é repetitivo demais, levam horas de programas explicando o inexplicável. Isso é enfadonho. Um simples técnico de futebol quando está fazendo um trabalho ganhador, dá entrevista em vários canais para dizer o óbvio, dai o torcedor vem num lugar como esse e da a sua interpretação de quem está muito preocupado, porque o técnico do time dele, mostrou a fórmula e a varinha mágica de como ganhar as partidas, enfim, um monte de coisas inúteis.

O Brasil pegando fogo, e os caras alimentando ilusões ao torcedor. Mídia, dirigentes, técnicos, jogadores. E o torcedor pouco se importa.

- Ao menos na minha época até com a bandeira do Corinthians, eu fui em manifestações políticas, sendo reprimido pelas forças da ditadura, com cavalos em cima da gente, bomba de efeito moral, gás disso, daquilo, e até mesmo tiros de revolver Taurus 38. Era o que eles usavam na época e cacetetes de madeira e borracha -.

O futebol é muito mais simples, e hoje tentam mostrá-lo como uma ciência.

Os russos depois que viram o Brasil (em 1958, o Brasil só constava no mapa mundi, e assim mesmo em versão bem atualizada) ganhar na Suécia a copa do mundo; dai eles fizeram um laboratório de pesquisas para gerar exemplares de jogadores como Pelé e Garrincha, pois, só havia aqui essas coisas. E o laboratório sucumbi ao 'fogo das geleiras da Sibéria'. Kkkkkkkk Isso é verdade, não é piadinha não.

Futebol é esporte e não ciência. Você pode trazer a ciência como ferramenta de apoio para melhorá-lo na parte física, médica, tecnológica, e hoje até da arbitragem, mas, não dá pra fazer robozinhos de Pelé e Garrincha.

--------------------------------------------------------------------------

Você citou o Tostão, que eu tenho muito respeito, mas, faltou você colocar alguma frase, citação, alguma coisa dele. Seria lega.

Flávia #21 @fa.passos em 23/05/2018 às 17:47

" "

Ótimas observações, Anisio.

Realmente, o futebol perdeu muito da sua magia, encanto. Virou negócio mercadológico, assim como Fórmula 1 e MMA, que também perderam o encanto.

A profissionalização o tornou muito chato, estático e previsível. Mas guardo ainda a ideia romantizada do futebol.

Não posso perder a emoção do futebol, mas também me recuso a não ter um olhar crítico para o que acontece.

Esperei hoje para escrever algo sobre este episódio do Carille, pois não queria me deixar levar somente pela emoção. Afinal, trata-se do meu time do coração. Para analisar tudo que foi envolvido é preciso ser racional neste momento. Mas sempre cabe uma pitada de emotividade.

P.S.: Nelson Rodrigues e Millor Fernandes. Gênios com as letras, gênios das crônicas. Maravilhosos, mas faltou Tostão nessa galeria.

Thiago Feitosa Ribeiro Bittar #1.455 @thiagobittar em 24/05/2018 às 17:02

Só o fato dele ter ganho um título improvável que foi esse último Paulista, tendo perdido o primeiro jogo em casa, já me faz sentir enorme gratidão...sem contar o Brasileirão e o outro Paulista, colocando ele como um dos maiores técnicos da história do Corinthians. Desejo sucesso nesse novo projeto, que ele possa resolver financeiramente a vida da família, pois é isso que eu e a maioria das pessoas querem.

Sobre as declarações dele, quem nunca falou besteira e sempre é super correto, fique a vontade de atirar a primeira pedra.

E o Corinthians segue, como seguiu sem Luxemburgo, sem Marcelinho, sem Parreira, sem Revés, sem Mano, sem Ronaldo, sem Tite, sem Guerrero, sem o time de 2015...

VAI CORINTHIANS

Pablyo Santos #760 @p.santts em 24/05/2018 às 16:18

'E isso foi um prato cheio para esta, que tornou tudo um espetáculo e quando se sentiu ofendida virou o jogo contra ele usando as próprias palavras do treinador. São raposas velhas.'

É exatamente sobre isso, não estou sendo irracional, e por mais que rompimentos de contratos hoje sejam comuns, e decisões quanto a melhorar de vida, devemos sempre estar atentos ao que dizemos, e esse cuidado ele não teve.

Flávia #21 @fa.passos em 23/05/2018 às 18:18

" "

Pablyo, compreendo a sua indignação porque foi algo que envolveu o time que amamos.

Mas tente ser um pouco racional na situação.

No futebol, romper contratos hoje em dia não é mais sinônimo de falta de caráter ou integridade. Infelizmente, tornou-se algo comum e corriqueiro.

Carille quando iniciou a carreira de treinador fez declarações se deixando levar pela emotividade de ver seu sonho sendo realizado e num sucesso tão abrupto. Não teve um media training para auxiliá-lo com a comunicação. Tudo isso contribuiu para a turbulenta saída. Além da animalesca imprensa que se aproveitou do despreparo do jovem técnico para arrancar audiência. Você já viu a imprensa tratar a saída de um técnico de futebol como foi essa do Carille? Chegar ao ponto de ir na casa da família do profissional para arrancar informações sigilosas de idosos?

Meu tópico tentou chamar atenção da torcida para vários fatores. A saída seria de forma mais tranquila, mas Carille foi inexperiente em lhe dar com a situação e com a imprensa. E isso foi um prato cheio para esta, que tornou tudo um espetáculo e quando se sentiu ofendida virou o jogo contra ele usando as próprias palavras do treinador. São raposas velhas.

Conselho: Faça o que eu fiz. Releia o final do texto e se quiser se sentir melhor, siga o mesmo caminho que eu escolhi para ter uma opinião sobre tudo isso.

Abraços.

Mario Hermetti Carpegiani #451 @carpegiani em 24/05/2018 às 15:44

Redundância.

Mauricio Di Santi #28 @mx1972 em 24/05/2018 às 15:42

Eu tenho pra mim que tem realmente algo por trás dessa saída do Carille. Lembro-me, que, há um tempo atrás, antes do Andrés ser reeleito, vazou a informação de que Carille não era o treinador da preferência de Andrés. Isso talvez explique alguma coisa.

Flávia Passos #21 @fa.passos em 24/05/2018 às 14:14

Que bom que entendeu o sentido 'Ser feliz ou ser justo', Seu Zé.

Deixei como algo subliminar no texto, pena que muitos não entenderam o sentido de ser 'feliz' neste caso.

#2086 @gdosales em 24/05/2018 às 10:09

" "

Ser feliz, minha confrade Flávia, à proporção em que fica difícil ser as duas coisas ao mesmo tempo. Até porque, no caso de Carille, o cumprimento do contrato não lhe traria nenhuma garantia de que este contrato seria mantido até o final. Todos sabemos, corinthianos ou não, que quando os resultados positivos não vêm até mesmo numa sequência ininterrupta de três ou quatro jogos, a cabeça do treinador é pedida sem dó nem piedade.

Torcedor, na sua grande maioria, é bicho ingrato, não costuma levar em conta o sucesso do ano anterior, melhor, do mês anterior, ou seria da semana anterior?

Por essa e por outras eu concordo com você em sem belíssimo e oportuno comentário:

MELHOR MESMO É SER FELIZ!

Flávia Passos #21 @fa.passos em 24/05/2018 às 14:09

Eita!

ralf #2126 @corinthimao em 24/05/2018 às 10:32

" "

Melhor tópico até agora.