Explorando o amor do torcedor

Fórum do Corinthians

Leo #1.774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 21:07

Vamos pensar sobre a polemica da BMG, o patrocínio master é a maior renda por visibilidade da camisa de um time de futebol, no caso do Corinthians, a área da camisa era avaliada em 30 milhões, o Corinthians queria mais, e passou 2 anos sem patrocínio.

Ai chega a turma salvadora, Andrés, o grande Rosenberg, e a turma toda, eles fecham um negócio, que somente paga para o clube pela visibilidade 12 milhões, os outros valores envolvidos é uma parceria, não é patrocínio como eles diziam...

Agora vamos analisar as falas, o produto a ser vendido são contas de banco especiais para corinthianos, na entrevista de avaliação, foram apresentados os valores de 50% para cada em todos os produtos vendidos, na mesma entrevista o próprio Rosenberg diz que a função dele seria tentar fazer o banco baixar os valores, ou seja, para atingir o valor de meio a meio, essa conta especial deve ter valores acima das contas comuns do mesmo banco.

O mais absurdo, na última entrevista, Rosenberg diz que 'se' houver 200 mil contas, usando os produtos simples de uma conta como essa, os valores 'podem chegar' a 45 milhões. Voltando ao passado o Corinthians criou uma parceria de conta com a caixa, e em 2 anos foram 8 mil adeptos.

Ou seja, junto aos 12 milhões pela visibilidade, e atingindo 200 iimpossíveis mil contas, o 'GRANDE VALOR, ASTRONOMICO, INCALCULÁVEL' seria 45 milhões, nem a metade do que recebe a pepa só pela visibilidade da camisa. Tudo isso, explorando a renda do torcedor, que já paga o fiel torcedor, já compra produtos oficiais com valores absurdos, já paga payperview, e já paga ingresso caro.

COMENTEM SOBRE ESSE BELO negócio DA TURMA DO Andrés, OBS: A comissão deve ter caído na conta.

200 visualizações e 32 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Mohamad Ali Smaidi #456 @mohamad em 25/01/2019 às 21:33

Li o segundo parágrafo e não vou ler o resto para não perder o fio da meada.

Já começou errado o seu texto.

Foi feito um post aqui no site há poucos minutos, sobre uma entrevista do Mateus avila a leticia bepler a respeito desse patrocínio, recomendo que você leia.

O Corinthians pegou 30 milhões a vista que não é adiantamento de nada e nem haverá descontos de lucros futuros.

Foi uma negociação entre banco e Corinthians.

Em 2020 esse valor será de 12 milhões.

30 + 12 são 42.

42/2 = 21.

O valor fixo que o Corinthians receberá será de 21 milhões por ano, mas veja bem, valor fixo.

O lucro da parceria não está nesses 21 anuais, esse é o valor fixo.

Muiito possívelmente ultrapassará os 30 milhões anuais que a caixa pagava.

òbvio que depende do engajamento da torcida.

Quanto mais ela se engajar mais o clube ganhará.

Não vejo nenhum problema nisso.

Quando se fecha um patrocínio a marca espera mais visibilidade e que se consuma mais o produto por ela oferecido (no caso abrir contas).

Achei inovador.

O Corinthians terá ganhos ilimitados.

Caso o engajamento da torcida seja zero, numa hipótese absurdamente remota, os 21 anuais estão garantidos.

Pergunta que faço a todos do post.

Vocês preferem ganhar um fixo de 2.500,00 por mês ou um fixo 2.000,00 mais porcentagem do lucro da empresa em que trabalha?

ESpero que tenham entendido.

Últimas respostas

Fabrício S. Gomes #3.843 @fabricio.s.gomes em 25/01/2019 às 22:17

Mas se eu fosse ele também arriscaria, o que o pessoa do contra não está entendendo e passando vergonha, é que não é preciso fazer nada além do que já fazemos em outros bancos dando dinheiro pra outros banqueiros. E considerando que os lucros do bancos são na casa dos bilhões, não vejo como ser ruim se tornar sócio de um banco lucrando 50 %. E não vejo dificuldade nenhuma em abrir conta no Meu Corinthians BMG e acho sim que a torcida tem que ser responsabilizada. Afinal, é simplesmente fazer o que já fazemos junto a outros bancos, só que no Meu Corinthians BMG, só isso.

Leo #1774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 22:08

" " Na verdade ofereceram um valor fixo maior, masSo Rosenberg diz não ter aceitado por querer ariscar, porque a torcida é 'diferente'. Ou seja, jogou a responsabilidade toda na torcida, se der errado, a culpa não foi deles...

Publicidade

Leo Silva #1.774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 22:08

Na verdade ofereceram um valor fixo maior, masSo Rosenberg diz não ter aceitado por querer ariscar, porque a torcida é 'diferente'. Ou seja, jogou a responsabilidade toda na torcida, se der errado, a culpa não foi deles...

Fabrício #3843 @fabricio.s.gomes em 25/01/2019 às 22:03

" "

Os 30 mil adiantados, só foram adiantados, pelo fato do banco saber do potencial de ganho, que será bem maior, ou seja, o especialista mostrando confiança no modelo. Caso dê errado o Corinthians não terá que devolver esse valor, e rever o patrocínio. Agora, dando certo pode arrecadar como nunca arrecadou antes, e por isso vale a pena o risco, que alias é baixo, visto que estavam sem o patrocínio principal, ou seja, eles não romperam um acordo de 30 ou 40 Mi pra correr esse risco, e sim, acharam que valia a pena tentar esse modelo de negócio, visto que bancos tem lucros na casa dos bilhões.

Fabrício S. Gomes #3.843 @fabricio.s.gomes em 25/01/2019 às 22:03

Os 30 mil adiantados, só foram adiantados, pelo fato do banco saber do potencial de ganho, que será bem maior, ou seja, o especialista mostrando confiança no modelo. Caso dê errado o Corinthians não terá que devolver esse valor, e rever o patrocínio. Agora, dando certo pode arrecadar como nunca arrecadou antes, e por isso vale a pena o risco, que alias é baixo, visto que estavam sem o patrocínio principal, ou seja, eles não romperam um acordo de 30 ou 40 Mi pra correr esse risco, e sim, acharam que valia a pena tentar esse modelo de negócio, visto que bancos tem lucros na casa dos bilhões.

Leo #1774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 21:54

" " E se não der certo? Quem paga a conta dos 30 milhões adiantados? A responsabilidade de um negócio desses fica nas costas do torcedor?

Leo Silva #1.774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 22:00

O custo não é o mesmo, esse é o problema, Rosenberg há adiantou que vai 'brigar' para que o banco baixe os valores, banco não é burro, 50/50 não existe com um banco.

Eduardo #1387 @eduardo.ishibachi em 25/01/2019 às 21:58

" "

Se o custo é o mesmo dos outros bancos.. Qual é o problema.. 50% é ruim?

Leo Silva #1.774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 21:59

Não espera nem chegar em casa...

Carlonez #1444 @carlonez em 25/01/2019 às 21:58

" " Faz o carnê que o povo daqui corre na hora

Eduardo Ishibachi #1.387 @eduardo.ishibachi em 25/01/2019 às 21:58

Se o custo é o mesmo dos outros bancos.. Qual é o problema.. 50% é ruim?

Carlonez Calca #1.444 @carlonez em 25/01/2019 às 21:58

Faz o carnê que o povo daqui corre na hora

Leo #1774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 21:11

" "

Se for assim, é mais fácil fazer um carne para pagarmos, e colocar na área master da camisa a fase, 'FIEL TORCIDA'

Leo Silva #1.774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 21:55

Li o início, e assim como você, não vou ler mais o resto, o pproprio Rosemberg disse que é um adiantamento de lucros futuros...

Mohamad #456 @mohamad em 25/01/2019 às 21:33

" "

Li o segundo parágrafo e não vou ler o resto para não perder o fio da meada.

Já começou errado o seu texto.

Foi feito um post aqui no site há poucos minutos, sobre uma entrevista do Mateus avila a leticia bepler a respeito desse patrocínio, recomendo que você leia.

O Corinthians pegou 30 milhões a vista que não é adiantamento de nada e nem haverá descontos de lucros futuros.

Foi uma negociação entre banco e Corinthians.

Em 2020 esse valor será de 12 milhões.

30 + 12 são 42.

42/2 = 21.

O valor fixo que o Corinthians receberá será de 21 milhões por ano, mas veja bem, valor fixo.

O lucro da parceria não está nesses 21 anuais, esse é o valor fixo.

Muiito possívelmente ultrapassará os 30 milhões anuais que a caixa pagava.

òbvio que depende do engajamento da torcida.

Quanto mais ela se engajar mais o clube ganhará.

Não vejo nenhum problema nisso.

Quando se fecha um patrocínio a marca espera mais visibilidade e que se consuma mais o produto por ela oferecido (no caso abrir contas).

Achei inovador.

O Corinthians terá ganhos ilimitados.

Caso o engajamento da torcida seja zero, numa hipótese absurdamente remota, os 21 anuais estão garantidos.

Pergunta que faço a todos do post.

Vocês preferem ganhar um fixo de 2.500,00 por mês ou um fixo 2.000,00 mais porcentagem do lucro da empresa em que trabalha?

ESpero que tenham entendido.

Leo Silva #1.774 @leonardo.silva106 em 25/01/2019 às 21:54

E se não der certo? Quem paga a conta dos 30 milhões adiantados? A responsabilidade de um negócio desses fica nas costas do torcedor?

Fabrício #3843 @fabricio.s.gomes em 25/01/2019 às 21:32

" "

Sim, mas o que você acha que é um problema, pode ser um lucro bem maior do que se fosse apenas o patrocínio. Vale a pena arriscar e ganhar MUITO mais.

Fabrício S. Gomes #3.843 @fabricio.s.gomes em 25/01/2019 às 21:54

É constrangedor ver o pessoal do contra dizendo que tem família e não vai gastar dinheiro nisso, e bla bla bla, sendo que ele já tem esses mesmos gastos só que em outros bancos. Outros abrindo tópicos explicando a furada que é ser sócio de um banco, sendo que os bancos lucram valores bilionários, enfim, complicado... Rs

Mohamad #456 @mohamad em 25/01/2019 às 21:35

" "

Exato Fabrício, está difícil das pessoas entenderem isso.

Não achei que o ser humano estava nesse nível de decadência intelectual.