Gustagol e o dinamismo do futebol

Fórum do Corinthians

Leo #8.066 @leo.delarco em 17/02/2020 às 17:49

Lembro como se fosse ano passado (e foi ano passado).

Gustagol entrando aos 30min do segundo tempo com o Corinthians perdendo por 1 a 0 da Ferroviária em Araraquara.

Eu estava lá, e junto com os outros 5 mil (pelo menos) torcedores do corinthianos, vibrei com a entrada dele. O centroavante estava em alta, e provou isso empatando o jogo depois dos 40 minutos.

Naquele momento Gustagol era ídolo, jogador preferido da fiel, foco principal do marketing do clube, titular incontestável (só começou aquele jogo no banco porque estava voltando de uma das muitas lesões que teve), muitos diziam até que merecia seleção. Isso tudo com o esquema de jogo do professor Carille, que não privilegia o atacante.

Menos de um ano depois, o atleta está saindo pelas portas do fundo do Corinthians, com diversos torcedores falando que ele não tem nível sequer para vestir o manto. O que aconteceu? Como foi de principal nome no Corinthians á renegado.

Obvio que as lesões interromperam a sequência positiva dele, ficou no DM por meses, porém isso não significa que agora, que está recuperado, tenha perdido o futebol que mostrou. Meses no DM não tornam um ídolo em um perna de pau... Alguns poderiam até chamar de chinelinho, mas será que de fato ele é ruim de bola?

Isso gera duas perguntas

1- Como se explica a torcida esquecer em menos de um ano, que o Gustagol foi um dos artilheiros do Paulista, meteu gol em TODOS os rivais paulistas. Um jogador que teve seu nome gritado por 40 mil corinthianos na arena, ser esculachado pela maioria deste agora?

2- Como se explica um jogador que fez gol em TODOS os rivais paulistas, não conseguir dominar uma bola na entrada da área em um duelo decisivo?

Não sei responder a primeira questão, a fiel já fez isso com diversos jogadores do clube... Alguns que ainda estão no elenco (Vagner Love fez um gol de título paulista, lembra? ). Mas a segunda pergunta é fácil de responder... CONFIANÇA. Quem já praticou esportes sabe que sem confiança, não dá para fazer nada. Parece que a bola não gruda no pé, você pensa três vezes antes de chutar e toma decisões equivocadas.

Gustagol jogou muito no começo do ano passado porque vinha de uma temporada de 30 gols. Moral estava lá em cima... Ai as lesões vieram, não voltou 100%, confiança caiu, começou a jogar meia boca, a torcida começou a pegar no pé e PUFF a moral que o cara tinha evaporou... E de ídolo, matador, 9 da seleção se tornou o cara que não consegue dominar uma bola na entrada da área e está indo em bora com o rabinho entre as pernas.

Para o futuro, precisamos pensar seriamente em como vamos lidar com jogadores que estão em momentos difíceis... Vamos fazer igual fizemos com o Gustagol? Xingar e cornetar, ao ponto que o cara não tem confiança para atuar. Ou vamos apoia-los e provar mais uma vez que somos a melhor torcida do planeta?

PS: Eu sei que existem jogadores que nem com a confiança que o Cristiano Ronaldo tem, virariam bons jogadores… Davó, Richard, Madson são exemplo. Porém outros, que já provaram na carreira que tem sim condições técnicas, merecem um pouquinho mais de paciência e apoio, como Ramiro, Luan, Boselli e Gil.

495 visualizações e 12 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Ana Munhoz #170 @ana.maria.munhoz em 17/02/2020 às 17:55

Perfeito seu comentário, precisamos parar de detonar nossos jogadores por alguns erros, aí depois reclama que sai de graça, nossa torcida tem uma força imensa.

Últimas respostas

Rafael Oliveira Alves #2.703 @rafael.oliveira.alve em 17/02/2020 às 22:59

Perfeito seu comentário.

Muitos esquecem rápido, mas quando ele estava em boa fase não foi só cegos como diz um cara aqui no tópico comparando com o Kazim.

Foi a mídia que elogiou ele, o Mourinho elogiou ele.

Quando ele estava na reserva para poupar a torcida presente sempre pedia para por ele e alias salvou inumeras partidas no final do segundo tempo quando o Boselli passou 90 min, esperando bola no pé.

Realmente como também falaram aqui, Rodriguinho, Renato Augusto, também tiveram suas épocas de contusão e foi contestado.

Nunca esqueço na época do Mano que tinha o Jadson e o Renato Augusto e o cara desse quilate comia banco.

Enfim o Gustagol é daqueles que precisa de ritmo de jogo, sem ele ele realmente fica bem abaixo do restante do time.

Publicidade

William Alexandre #651 @william.pavanelli1 em 17/02/2020 às 22:46

Jogador fraco, claro que vibramos com o momento dele pois era bom, mas é fraco.

Corinthians com ele em campo é só bola cruzada chega a ser ridículo, agora se você acha ele melhor do que o Love ou Boselli parabéns, talvez o Carille seja melhor que o Thiago também.

Vagner Silva #26 @vagner.silva13 em 17/02/2020 às 20:50

Aqui quanto mais se queima jogador, mas o pessoal gosta, o primeiro objetivo da maioria por aqui é cornetar

Joaquim Teixeira #85 @nando.moura em 17/02/2020 às 18:48

Todo mundo já falava que era caneludo, mesmo na fase boa, tinha que vender enquanto estava valorizado, mas não surgiu propostas concretas, Gustavo só tem o cabeceio de bom o resto é jogador de série D

Roberto Bidetti Cesare #45 @roberto.bidetti.cesa em 17/02/2020 às 18:32

Era ídolo de quem gosta de perebas. Do tipo que gostam de jogadores como o Kokozim. Não há motivo algum pra alguém querer ele uma vez que desde sempre mostrou extrema dificuldade pra dominar aquela estranha chamada bola. Então é isso, para quem gosta de perebas, é um prato cheio.

Carlos Eduardo #1.102 @carlos.eduardo399 em 17/02/2020 às 18:30

Dinâmico mesmo.

Já exato 1 ano o Gustagol vinha de um excelente incio de 2019 com uns 7 ou 8 gol em poucos jogos...a torcida pedia na seleção.

Hoje não serve nem para o Ibis.

Juan Carlos #995 @juan.carlos17 em 17/02/2020 às 18:15

Eu já penso que deveria ter sido vendido no ano passado, quando esteve em alta.

Luzia A Ferreira #90 @ninhatimao em 17/02/2020 às 18:07

Eu acho que a torcida deveria ter tido mais paciência e o T.N. Também. Quero ver a cara dos corneteiros quando ele for artilheiro no Inter.

Oilson Amorim Dos Reis #1 @reyes em 17/02/2020 às 18:05

Tudo isso precisa ser levado em consideração

Jefferson Bertoncello #1.771 @jefferson.bertoncell em 17/02/2020 às 18:02

Ótimo tópico, realmente somos imediatistas. Apenas um adendo ao '9 da seleção' que não me lembro de ter ouvido! Acho que todos deve mser analisados com o mesmo critério. Renato Augusto foi bastante cornetado aqui quando sofria com as lesões, resultado todos conhecem, Rodriguinho também foi execrado, até mais que o primeiro em sua primeira passagem, na segunda com menos intensidade mas foi e decidiu inúmeros jogos para o Corinthians tornando-se protagonista do time em diversas ocasiões. Acho que o tempo é o melhor caminho para certas coisas na vida e futebol é uma delas. Citando os demais do post, Luan vem de um time montado, com futebol diferente e tinha sua posição bem definida, no Corinthians está jogando em posição diferente, Ramiro iniciou mal o ano passado, mas sempre vi vontade no cara, parece também que a confiança o abalou um pouco. Gil saiu da china que tem um futebol imensamente inferior e deve se recuperar nesta temporada...sabemos do seu potencial, precisamos dar mais tempo, pois o estilo de jogo também precisa de adaptação da defesa. Boselli vai dar resposta nos próximos jogos com melhor encaixe dos setores...já mostrou que pode render mais, agora é focar e perder menos gols que cai nas graças da fiel.

1 a 10 de 11 respostas