Campanhas do Corinthians na Libertadores #2 - 1996

Fórum do Corinthians

Matheus @mathfernandes21 em 06/08/2019 às 18:13

1996

Após a conquista inédita e invicta da Copa do Brasil de 1995, o Corinthians parecia chegar muito forte a Libertadores e a expectativa da torcida era grande, acreditavam que o título finalmente iria vir.


Como de costume, o Corinthians teria um brasileiro no seu grupo, naquele ano foi o Botafogo, e outros dois times do mesmo país, eram Universidad de Chile e Universidad Católica.


A primeira partida seria contra o Botafogo, o atual campeão brasileiro, jogo difícil mas o Timão iria jogar em casa com força máxima e os mais de 26 mil ingressos vendidos, era uma arma forte do Corinthians. No início de jogo o clube paulista parecia ser mais ofensivo buscando oportunidades de criação e mirando o gol, e não demorou muito a sair o gol, aos 25 minutos, após a cobrança de falta, a “zaga” afasta e sobra no pé de Souza que chuta a bola de forma errada, a pelota ainda sobra no pé de Edmundo que com toque de calcanhar consegue deixar Leonardo na cara do gol, o Corinthians abriu o placar. Com troca de passe envolventes, aos 44 minutos, Marcelinho consegue chutar a bola de fora da área, o goleiro dá o rebote e sobra para Edmundo, ampliando o placar para o Timão. Já no segundo tempo, aos 16 minutos, falta em Marcelinho e o mesmo que chamou a responsa, acertou o canudo no canto do gol e fechou o placar, o Corinthians fizera uma noite de gala e ganhou de 3x0 do Botafogo.


E saíram do Brasil, hora de enfrentar os chilenos. O primeiro teste era contra a Universidad Católica, a torcida empurrava a UC que pressionava o Corinthians e com gol de falta abriu o placar. E se tem gol de falta lá, tem gol de falta aqui, cobrança perfeita de Marcelinho, o Timão igualou o placar. No início do segundo tempo o Coringão via a Universidad passar na frente novamente, em cobrança de escanteio e falha de Bernardo, Lopéz subiu a colocou a equipe chilena a frente. Um minutos após o gol, Zé Elias fez linda jogada pela lateral esquerda, deixou dois no chão e cruzou rasteiro, Leonardo recebeu a bola e finalizou no gol, o elenco Corintiano mostrava garra e que não iria jogar a toalha diante a pressão, o jogo estava empatado. Tudo pareceu complicar quando Célio Silva foi expulso, mas o Corinthians não desistiu e em contra-ataque, Edmundo recebeu o passe, correu mais que o zagueiro e tocou na saída do goleiro, mais três pontos para a conta.


Outro jogo em Santiago estava por vir, agora contra a outra Universidad. As mais de 55 mil pessoas pareciam ser o 12° jogador, mas a lá “U” não parecia ser grandes problemas para o Corinthians. O Timão pressionava e buscava o gol, teve chance com Leonardo, que disparou pela lateral esquerda e foi parada já dentro da grande área, em nova jogada pela esquerda, lá estava Edmundo chutando para a defesa do goleiro, e mais uma vez Edmundo avançando pela esquerda tentou o toque que parou na defesa chilena. O empate parecia ser bom resultado para o Corinthians, que conseguiu suportar a pressão da torcida até os 46 do segundo tempo, quando em jogada pela esquerda, cruzamento rasteiro e chute no gol, o empate saiu do placar, vitória da Universidad.

Já nos jogos de volta, o primeiro adversário do Corinthians era o Universidad Católica, e os 22 mil torcedores fiéis queriam ver a vitória do Timão. A vitória seria suficiente para o Corinthians garantir a classificação, e logo aos 14 minutos de jogo, Edmundo dispara pela direita, ganha de zagueiro e acha Leonardo na área, que completa para o gol, o Coringão estava cada vez mais próximo da classificação, para deixar mais próximo ainda, Marcelinho cobrou falta do meio da rua com perfeição, o goleiro chileno apenas assistiu a bola entrar, e em mais uma jogada de profundidade de Edmundo, toque rasteiro e deixou Souza de frente para o gol que apenas empurrou a bola para o gol, o Timão, com 30 minutos do segundo tempo, liquidava a sua classificação, o time chileno ainda teve tempo para marcar um gol, mas de nada mais adiantava, o Corinthians estava classificado.


Próximo adversário: Botafogo, dessa vez no Rio de Janeiro. As duas equipes buscavam o gol, o Corinthians com o que mais sabia fazer de melhor, na velocidade de Edmundo e nas cobranças de falta de Marcelinho mas não adiantava. O primeiro gol da partida só veio sair no segundo tempo, Mauricinho faz jogada de efeito pelo lado direito e cruza, Túlio Maravilha dá toque de cabeça para Dauri que com voleio abre o placar para o Botafogo. O Corinthians teve chance incrível com Leonardo, o atacante recebe a bola sozinho na área adversária e desperdiça. Leonardo, dessa vez de cabeça, desperdiçou outra chance para o empatar o placar, então Souza decidiu resolver por conta própria, dribla o zagueiro e dá toque por cima na saída do goleiro. Com esse empate, o Corinthians assumiu a ponta do grupo com 10 pontos.


Para o Corinthians e Universidad Chile bastavam a vitória para garantirem a primeira colocação no grupo, o Timão tinha a grande vantagem de jogar com a torcida a favor, com os fiéis empurrando o time. Em roubada de bola de lateral Carlos Roberto, o Corinthians armou o contra-ataque, Leonardo saiu em disparada e deixou Edmundo em boas condições de fazer o gol, o atacante chutou cruzado sem chances para a defesa do goleiro Vargas. O time chileno não se abateve e buscou o empate, Valencia saiu em velocidade pela direita e deixou Goldberg sozinho para empatar o placar. No segundo gol do Timão, Souza tenta passe por cima para Leonardo, o zagueiro tentou cortar de bicicleta e falhou assim Leonardo ficou cara a cara com goleiro, bastou um chute no canto para desempatar o jogo, e ele liquidou a fatura com mais um gol, Marcelinho fez jogada pela direita e tocou para o atacante que tirou a bola do goleiro e confirmou o primeiro lugar do Timão no grupo.


Nas Oitavas de Final, o Corinthians iria enfrentar o fraco Espoli, time que tinha sido criado a apenas 9 atrás e fazia a sua primeira participação na Libertadores, o Timão era favorito. O primeiro jogo foi no Equador, e o time da casa já saiu ganhando com apenas 2 minutos de jogo, Yepez com cruzamento achou Jauch sozinho na área, que cabeceou para dentro do gol. Dois minutos após o gol do time equatoriano, Marcelinho cobrou escanteio com perfeição na cabeça de Cris, zagueiro que estava substituindo Célio Silva, que subiu alto e cabeceou no canto esquerdo do goleiro. O segundo viria de lançamento de Marcelinho para Edmundo, o atacante saiu cara a cara com o goleiro, matou a bola no chão e acabou escorregando, o que ele não esperava é que chegaria um zagueiro para ajudá-lo, o equatoriano tentou tirar a bola mas acabou chutando no pé de Edmundo, ela subiu e encobriu o goleiro. O Marcelinho estava inspirado nos cruzamentos, jogou para Tupãnzinho, porém a bola nem chegou no atacante, o zagueiro Garcia acabou jogando a bola contra o próprio gol, o Corinthians levou um belo resultado para casa. Na hora de voltar ao Brasil, um susto gigante, o avião em que a delegação Corintiana iria voar bateu e pegou fogo durante a decolagem, felizmente ninguém se feriu. Em entrevista, Marcelinho Paulista disse: “É uma chance dentre mil do que aconteceu hoje e o avião não ter explodido, só quem estava lá dentro viu o desespero que foi, você ver um lado da asa pegando fogo e o outro soltando querosene”.


Após o susto, para o Corinthians caberia se classificar, o jogo em Quito tinha praticamente selado a classificação do Timão. Bastou uma falta para Marcelinho encher o canudo, a bola desviar em zagueiro equatoriano e ir no gol, para o Corinthians abrir o placar. Após o primeiro gol e a expulsão do jogar Díaz, o Coringão começou a pressionar e bastou uma falha de Pazmiño, que tocou errado, para Tupãzinho fechar o placar e decretar a vitória e classificação do Corinthians, pela primeira vez o clube iria as Quartas de Final.


Quartas de Final contra o Grêmio, não era o adversário desejado, porém, a confiança da fiel era a mesma. O primeiro gol veio da forte jogada aérea do Grêmio, cruzamento de Arce e Jardel não desperdiçou a chance. Após tiro de meta cobrado por Danrlei, Célio Silva falha na primeira, a bola passa e Alexandre Lopes também falha, Paulo Nunes sobra cara a cara com o goleiro Ronaldo e amplia a vantagem do clube gaúcho na partida. Mais uma vez na jogada aérea e mais uma vez Jardel estava lá para marcar o terceiro gol do Grêmio, nem o torcedor mais pessimista acreditaria no que estava acontecendo, o Corinthians foi derrotado por 3x0 diante de 31 mil torcedores.


O Corinthians chegou a Porto Alegre precisando da vitória por 3 gols de diferença para ir aos pênaltis e 4 gols de diferenças para se classificar. O único gol da partida marcado foi pelo Corinthians, Edmundo brigou pela bola com o zagueiro Gremista e saiu com na vantagem, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Danrlei, porém de nada mais adiantava, o Corinthians fechava a sua participação na Libertadores de 1996. O resultado foi bem longe do que os torcedores esperavam, a expectativa era alta, mas infelizmente o Timão não aguentou a pressão e deu adeus.

75 visualizações neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Veja mais tópicos do fórum do Meu Timão

  • Avatar de wellington  oliveira

    Futebol feminino mostrando aos marmanjos!

    Criado em 6 minutos por wellington oliveira que tem 259 posts no fórum

    0respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Matheus Lira

    Janderson titular

    Última resposta 16 segundos por DRASCCP SP que tem 2.496 posts no fórum

    7respostas

    acessar o tópico
  • Tópico popular
    Avatar de Gugax 167

    Será que o Marquinhos tá com moral lá na França?

    Última resposta 18 segundos por Adriano de Souza Franco que tem 19.007 posts no fórum

    16respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Joaquim Teixeira

    Boa Carille, Parabéns

    Última resposta 28 segundos por Paulo Cesar que tem 198 posts no fórum

    2respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Épico
    Avatar de Anarco Antifa

    Evitar desmanches é melhor que montar elencos caros

    Última resposta 38 segundos por Torquato de Camilo que tem 16 posts no fórum

    53respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Everson Santos

    Olha como ficou a pintura que fiz do Romarinho!

    Última resposta 49 segundos por Fernando Zemetek que tem 11.981 posts no fórum

    35respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de EhNois Smith

    Tamires

    Última resposta 2 minutos por Tedson Braga que tem 1.062 posts no fórum

    7respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Gilberto Oliveira

    O ensinamento que o Chelsea está nos dando

    Última resposta 2 minutos por Vinicius Santana que tem 7.583 posts no fórum

    45respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Homem Aranha

    Janderson e Gustagol confirmados como titular

    Última resposta 3 minutos por Paulo Cesar que tem 198 posts no fórum

    20respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Maxwell Dutra

    10 mentiras que muito torcedor do Corinthians ainda acredita

    Última resposta 4 minutos por Luan Roberto que tem 20 posts no fórum

    83respostas

    acessar o tópico