Corinthians 3 x 1 Bahia - Brasileirão 2021

Brasileirão 2021 - Corinthians 3 x 1 Bahia

Partida de futebol entre Corinthians 3 x 1 Bahia nBrasileirão 2021

https://www.meutimao.com.br/jogo/5925/brasileirao_2021/corinthians-3-x-1-bahia

02:00

2021-10-05T21:30:00

Neo Química Arena

Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, São Paulo, SP, Brasil

Sobre a Partida

Corinthians vence Bahia na volta da Fiel ao estádio e dorme no G4 do Brasileirão

Com o retorno da Fiel à Neo Química Arena, o Corinthians recebeu o Bahia, em Itaquera, pela 24ª rodada do Brasileirão. A equipe do Parque São Jorge venceu por 3 a 1. Os gols foram marcados por Róger Guedes, Cantillo e Jô.

A equipe alvinegra saiu atrás no placar após Gilberto converter um pênalti cometido por Lucas Piton. O Timão empatou nos acréscimos da primeira etapa, também de pênalti, com Róger Guedes. Para a segunda etapa, o Corinthians ficou com um a mais em campo, já que Lucas Araújo acabou expulso no lance da penalidade a favor do Corinthians.

No segundo tempo, o Corinthians não demorou para virar o placar. Cantillo aproveitou uma batida de falta de Fagner e cabeceou para as redes. Os comandados de Sylvinho ainda chegaram ao terceiro gol com o centroavante Jô.

Com a vitória, o Corinthians dorme no G4 do Brasileirão. A equipe não entrava na zona de classificação da tabela desde outubro de 2019. Para manter a posição, o Timão precisa torcer por um tropeço do Fortaleza diante do Fluminense na quarta-feira.

Após vencer o Bahia, o Corinthians volta ao CT Joaquim Grava nesta quarta-feira para se preparar para enfrentar o Sport. O Timão visita a equipe de Recife, na Arena Pernambuco, no sábado, às 16h30.

Escalação

O técnico Sylvinho promoveu apenas uma alteração em relação ao jogo contra o Red Bull Bragantino no último sábado. Fábio Santos deu lugar ao jovem Lucas Piton, que havia atuado a última vez no empate por 1 a 1 contra o Fluminense, em 27 de junho deste ano.

  • Assim, o Corinthians foi a campo com: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton; Cantillo, Giuliano e Renato Augusto; Gabriel Pereira, Willian e Róger Guedes.
Escalação do Corinthians para enfrentar o Bahia nesta terça-feira

Meu Timão

Do outro lado, o Bahia de Diego Dabove entrou em campo sem Rodallega e com Rodriguinho no banco. A equipe foi escalada com: Mateus Claus; Nino Paraíba, Gustavo Henrique, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo, Patrick, Daniel e Mugni; Thonny Anderson e Gilberto.

O jogo

Primeiro tempo

Logo no primeiro minuto de jogo, Nino Paraíba avançou pela direita e cruzou a bola na área. Fagner dominou a bola no peito e levou para a linha de fundo antes de sofrer uma falta de ataque. Na sequência, o Corinthians começou a resposta e passou a trabalhar a bola no campo de ataque.

Aos três minutos, Fagner tentou uma bola enfiada na linha de fundo para Giuliano, mas acabou indo forte demais. No minuto seguinte, Gabriel Pereira sofreu uma falta na entrada da área. Fagner alçou a bola na grande área do Bahia, João Victor cabeceou, mas a bola passou por cima do gol de Mateus Claus.

Willian não demorou para aparecer no jogo. Aos seis minutos, camisa 10 do Timão foi acionado pelo lado esquerdo, puxou para o meio e bateu para o gol. O chute rasteiro foi travado pelo zagueiro Gustavo Henrique.

O Corinthians seguiu os minutos iniciais de jogo com maior posse de bola, atuando principalmente no campo ofensivo. A equipe de Sylvinho sofreu um pouco com a boa marcação do Bahia, que dava poucos espaços para tentativas de gol. Aos 12, Róger Guedes recebeu pelo lado esquerdo, na beirada da área, e pedalou em cima da marcação. O camisa 123 cortou para o meio e bateu, mas o chute saiu fraco e ficou fácil para Mateus Claus fazer a defesa.

Aos 14, Juninho Capixaba foi derrubado por Gabriel Pereira próximo à área do Corinthians. O jogador do Bahia efetuou a cobrança, mas o cruzamento na segunda trave foi forte demais e a bola saiu direto pela linha de fundo.

Aos 21 minutos foi a vez de Renato Augusto tentar abrir o placar para o Corinthians. GP fez uma boa jogada pela direita e encontrou Renato entrando na área. O camisa 8 chegou para o chute, mas pegou mal na bola e mandou para fora.

Próximo aos 30 minutos, Gilberto recebeu um cruzamento na área do Corinthians. O jogador caiu no chão na disputa com a marcação de Lucas Piton e reclamou de pênalti. O árbitro mandou o jogo seguir, mas foi acionado pelo VAR e marcou a penalidade para o Bahia. O camisa 9 do adversário bateu no canto esquerdo de Cássio e inaugurou o placar em Itaquera.

O Corinthians tentou responder com Róger Guedes aos 37. O camisa 123 do Timão bateu uma falta direto para o gol, mas ela desviou na barreira e passou muito perto, mas por cima do gol.

Já aos 44 minutos de jogo, Willian e Fagner fizeram uma boa jogada pela direita. O camisa 10 avançou pelo meio, fez uma tabela e bateu para o gol. A bola desviou, indo para escanteio. Na cobrança, Gabriel Pereira colocou no meio da área e Gil cabeceou, mas a bola foi para fora.

A arbitragem deu três minutos de acréscimos e, no primeiro deles, pênalti para o Corinthians. Giuliano recebeu a bola na área, chutou e acertando Lucas Araújo. A bola explodiu no braço do volante que, por ter um cartão amarelo, foi expulso de campo. Róger Guedes bateu no canto direito e converteu, empatando para o Timão. Assim, a equipe do Parque São Jorge foi para o intervalo por 1 a 1 no placar.

Segundo tempo

Precisando virar a partida para poder ter a chance entrar no G4 e com um a mais em campo, Sylvinho voltou do intervalo com uma alteração: o meia Willian deixou o gramado para a entrada do centroavante Jô.

Aos seis minutos de jogo, Gabriel Pereira avançou pelo lado direito e Juninho Capixaba cometeu uma falta no camisa 38. Fagner fez uma boa batida, alçando a bola na área. O volante Cantillo subiu sozinho e conseguiu cabecear para o fundo do gol, virando o placar para a equipe do Parque São Jorge.

Aos 13 minutos, Róger Guedes tabelou com Giuliano pela esquerda e encontrou Jô na entrada da área. O camisa 77 faz o pivô para o camisa 11, que deu um rolinho na marcação e bateu para o gol. Mateus Claus fez a defesa e deu um rebote para Gabriel Pereira, mas o camisa 38 não conseguiu finalizar.

Dois minutos mais tarde, Renato Augusto avançou na linha de fundo e cruzou na área, buscando Jô. O centroavante tentou finalizar, mas não conseguiu alcançar a bola.

Aos 21, Gabriel Pereira apareceu bem pela direita e costurou pelo meio. Róger Guedes vinha chegando pelo lado esquerdo, mas GP bateu da entrada da área, mas Matheus Claus fez a defesa.

E o terceiro gol do Timão saiu dos pés de Jô! Aos 23, Gabriel Pereira subiu pela direita e bateu de fora da área. No rebote, Jô chegou sozinho, a bola explodiu no travessão e entrou no gol de Matheus Claus. A bandeira marcou posição de impedimento, mas o lance foi revisto pelo VAR e confirmado posteriormente.

Com 3 a 1 no placar e com um a mais dentro de campo, Sylvinho fez a segunda alteração no Corinthians aos 31 minutos da segunda etapa. O técnico sacou Cantillo, autor do segundo gol do Timão, e colocou Gabriel, que retornou de suspensão, no gramado. Mais duas alterações foram feitas aos 35: Adson e Luan entraram nos lugares de Róger Guedes e Renato Augusto.

O meia Luan arriscou um chute na entrada da área aos 39 minutos do segundo tempo. O camisa 7 alvinegro ficou com a sobra e puxou para a direita antes de bater, mas acabou parando na defesa de Matheus Claus caiu para fazer a defesa.

Aos 42, Sylvinho fez a última alteração no Timão: Gustavo Mosquito entrou no lugar de Gabriel Pereira. Com dois minutos em campo, o camisa 19 tomou uma bolada na cara após Juninho Capixaba fazer um corte na lateral.

A arbitragem deu quatro minutos de acréscimos. Aos 47, após uma cobrança de escanteio de Fagner, Gil subiu para cabecear, forçando Matheus Claus a fazer uma boa defesa. Assim, o placar já conhecia seus números finais: Corinthians 3 a 1, de virada, em cima do Bahia.

Ficha técnica de Corinthians 3 x 1 Bahia

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Neo Química Arena, São Paulo, SP
Data: 05 de outubro de 2021 (terça-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira
Árbitro de vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira
Gols: Cantillo, Róger Guedes, (Corinthians); Gilberto (Bahia)
Cartão amarelo: Lucas Araújo (Bahia)
Cartão vermelho: Lucas Araújo (Bahia)
Público: 10.470 pagantes (público total: 10.624)
Renda: R$ 520.529,90

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton; Cantillo (Gabriel); Willian (), Renato Augusto (Luan), Giuliano e Gabriel Pereira (Gustavo Silva); Róger Guedes (Adson).
Técnico: Sylvinho

BAHIA: Matheus Claus; Nino Paraíba, Gustavo Henrique, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo, Patrick, Daniel (Luizão) e Mugni (Edson); Thonny Anderson (Ruiz) e Gilberto (Ronaldo).
Técnico: Diego Dabove

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 3 x 1 Bahia

x