Gamarra confia no título do Corinthians: 'Caminho está aberto'

Gamarra confia no título do Corinthians: 'Caminho está aberto'

Por Meu Timão

Gamarra (esq) recebe homenagem da Conmebol

Gamarra (esq) recebe homenagem da Conmebol

Foto: Leandro Canônico/GLOBOESPORTE.COM

O ex-zagueiro Gamarra jogou no Cerro Porteño, mas sua história vitoriosa no Corinthians não deixa dúvidas: ele é mais um louco no bando. Por conta do seu trabalho como dirigente do Rubio Ñu, onde o ex-lateral Arce é treinador, ele não vai ao Defensores del Chaco nesta quarta-feira para a partida valida pelo Grupo 1 da Libertadores. Competição que para o ídolo alvinegro está nas mãos do Timão.

- O Corinthians tem tudo para ganhar essa Libertadores. Está com um bom time e o Boca Juniors, que é sempre um favorito, não está na disputa. O caminho está aberto – declarou Gamarra, campeão brasileiro de 98 e paulista de 99 com o Alvinegro.

É de 1999, aliás, a maior lembrança que o ex-zagueiro tem da Libertadores. Mas ela não é positiva. Remete à eliminação para o arquirrival Palmeiras, nos pênaltis, nas quartas de final daquela edição. No ano seguinte, nas semifinais, o Timão seria novamente eliminado pelo time do Palestra Itália, mas Gamarra não estava.

- Com certeza essa lembrança aumenta a minha vontade de ver o Corinthians campeão da Libertadores. É um título que a torcida pede faz muito tempo e merece ter – acrescentou o agora dirigente do Rubio Ñu, da primeira divisão paraguaia.

A confiança de Gamarra no título do Timão neste ano de centenário é tão grande que ele até planeja acompanhar a decisão em São Paulo.

- Se chegar á final da Libertadores eu certamente estarei lá para prestigiar – avisou.

Gamarra também falou um pouco da partida do Corinthians esta noite, contra o Cerro Porteño. O fato de a equipe paraguaia estar tratando o jogo como de “vida ou morte”, segundo o ex-zagueiro da seleção paraguaia, não deve ser problema para o Timão.

- Vai ser um jogo travado, sim, bastante duro, mas o Corinthians tem um time rápido e saberá achar o caminho. Com relação à violência, não tem o que se preocupar. Eles podem estar falando que vão bater, mas o juiz não vai deixar – finalizou Gamarra, lembrando da declaração Jorge Brítez, do El Ciclón.

- Se for necessário e eu tiver que dar pontapés em Roberto Carlos, eu vou dar, porque são pontos importantes em disputa – declarou o volante à rádio 780 AM.

A partida entre Cerro Porteño e Corinthians está marcada para 21h50m (de Brasília). A TV Globo exibe ao vivo para os estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em tempo real.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Gamarra foi o melhor zagueiro que o Corinthians já teve?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes