Corinthians amplia a vantagem na liderança como marca mais valiosa entre os clubes

Corinthians amplia a vantagem na liderança como marca mais valiosa entre os clubes

Por Meu Timão

Corinthians cresceu como marca em 2011

Corinthians cresceu como marca em 2011

Em estudo divulgado pela empresa de consultoria BDO RCS, o Corinthians consolidou a liderança como maior marca dentre os grandes clubes brasileiros. A do Timão cresceu em 16% em relação aos números de 2010 e está avaliada em R$ 867 milhões. O segundo colocado é o Flamengo (R$ 689,5 milhões).

Amir Somoggi, um dos responsáveis pelo estudo, lista razões que fazem do Alvinegro Paulista, mesmo inferior em relação ao Flamengo em número de torcedores, o "campeão" quando o assunto é marca esportiva.

- O que puxou o Corinthians foi o crescimento do seu faturamento. Embora não tenha a maior torcida do Brasil, o Corinthians tem uma grande concentração de torcedores numa faixa de pessoas que recebe entre cinco e dez salários mínimos. Além disso, o Corinthians tem mais torcida do que o Flamengo no Sudeste. O Corinthians, por exemplo, teve receita de R$ 212 milhões ao longo de 2010 e o Flamengo apenas de R$ 128 milhões - explicou, por telefone.

Corinthians é o clube que tem a marca mais valiosa

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Paulo Roberto e Danilo treinaram com bola nesta terça e estão à disposição para pegar Grêmio

    Volta de Paulo Roberto, susto de Pedrinho e possível escalação: o treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians/Audax fez nova vítima da Libertadores feminina: Santa Fe

    Corinthians/Audax vence 'bicho papão' e se classifica com melhor campanha da Libertadores feminina

    ver detalhes
  • Em reedição da final de 2016, Corinthians e Sorocaba se enfrentam pelo título da LPF

    De virada, Corinthians/Unip vence Sorocaba e sai na frente na final da Liga Paulista

    ver detalhes
  • Gabriel está de volta ao Corinthians após cumprir suspensão

    Trio volta, e Corinthians relaciona 24 jogadores para enfrentar Grêmio; veja lista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes