Câmara de deputados de olho em torcidas organizadas

Câmara de deputados de olho em torcidas organizadas

312 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Foi protocolado recentemente na Câmara dos Deputados, em Brasília, o Projeto de Lei 2210/2011, que amplia as sanções para as torcidas organizadas. Segundo o deputado André Moura (PSC-SE), autor da proposta, a ideia é a de punir torcedores por tumultos causados também em dias e locais diferentes das partidas.
Os exemplos estão cada vez mais claros. Há poucos dias, torcedores corintianos invadiram o CT do clube para protestar contra a má fase da equipe no Brasileirão.
As notícias do seu clube chegam primeiro no celular!
No mês passado, o jogador do Fluminense Fred foi perseguido por carro com fanáticos na saída de um bar, no Rio, em período de folga. Moura considera que o Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/2003) não deixa claras as punições para certos tipos de delito, que incluem até a combinação de confrontos de torcidas organizadas rivais.

Em entrevista à equipe de reportagem do LANCENET!, o deputado explicou que a inclusão do artigo no Estatuto é a ponta de um processo de mudança que se espera concluir antes da realização do Mundial de 2014. Já na próxima quarta-feira, durante reunião da Comissão de Turismo e Desporto , deverá ser nomeado um relator para o PL.

- Não tenho dúvida quanto à necessidadeda inclusão deste artigo na Lei e vamos trabalhar para que o projeto seja aprovado rapidamente. Mas muita coisa vai mudar no futebol brasileiro. Os estádios terão novas estruturas. Os torcedores ficarão mais perto do campo, como é na Europa. E o Estatuto precisa prever tudo isso - comentou.

Para preparar a alteração a qual se refere André Moura está sendo criado um grupo de trabalho, com a participação de deputados da bancada da bola, como Romário (PSB-RJ) e Danrlei (PTB-RS).
- Na semana que vem teremos a primeira reunião para dividir o trabalho entre os integrantes e montar o cronograma - finalizou.
Bate-bola com André Moura, deputado federal (PSC-SE)
1- Qual o objetivo com a inclusão de artigo no Estatuto do Torcedor?

A violência por causa do futebol é crescente e não se dá apenas nos locais dos eventos esportivos. As torcidas organizadas promovem confusões em datas e locais distintos, masque têm relaçãocomos jogos e não existe punição prevista.

2- Como se dará o processo de aprovação deste Projeto de Lei?

Ainda não determinaram relator. Deve acontecer na próxima semana. Aí pediremos urgência.

3- Como esse trabalho poderá se refletir no Mundial de 2014?

A Fifa Fun Fest, por exemplo, será realizada em diversos estados. Serão locais visados. Na África do Sul foi um problema por conta da guerra entre torcidas. Precisamos de um Estatuto adequado.
Casos recentes de violência
Invasão no Corinthians
Nesta semana, um grupo de cerca de 30 torcedores foi ao CT do Parque Ecológico, do Corinthians, para protestar. Além de levar faixas com frases agressivas, alguns chegaram a invadir os campos de preparação.

Fred perseguido
No mês passado, o atacante Fred, do Fluminense, foi flagrado por um grupo Casos recentes de violência de torcedores em um bar da Zona Sul do Rio. Ele alegou ter sido perseguido de carro na saída do local e acusou a torcida Young Flu

Invasão no Atlético-PR
Em junho, por conta da campanha ruim do Atlético Paranaense no Brasileiro, torcedores - grande parte com a camisa da torcida organizada Fanáticos - invadiram o CT do Caju para protestar.
Estatuto inglês é exemplo
Os estatutos de outros países, como da Inglaterra, poderão ajudar a nortear o novo Estatuto do Torcedor no Brasil. O deputado Danrlei (PTB-RS) contou ao LANCENET! que pediu à CBF os documentos.

A Inglaterra tinha os hooligans e hoje tem o campeonato que mais fatura no mundo. Precisamos de bons exemplos; disse Darnlei, preocupado pelas mudanças de estrutura que vão ocorrer nos estádios após o Mundial de 2014:

- Como ex-jogador, me preocupo pela lembrança dos tempos em que jogava. O torcedor raivoso pode entrar em campo. Pode não fazer nada. Mas e se fizer? Queremos ter nos estádios os bons torcedores, os que vão apenas para torcer.

O deputado explicou que, a partir da primeira reunião do grupo de trabalho, será definido se haverá a necessidade de e criar uma subcomissão para discutir esse e outros temas de relevância para a Copa.

C. .D PAVILHÃO NOVE 21 ANOS !

Câmara de Deputados de Olho em Torcidas Organizadas

Fonte: LanceNet

Enviado por: Paulo Henrique Pavilhão 9

Veja Mais:

  • Sidcley foi ao CT Joaquim Grava nesta quinta-feira

    Lateral do Atlético-PR é aprovado em exames médicos no CT do Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf deve ser um dos inscritos ainda na primeira fase do Paulista

    Quatro reforços e duas vagas: Corinthians deixará dois nomes fora da primeira fase do Paulistão

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar a casa corinthiana no primeiro Dérbi de 2018

    Torcida do Corinthians garante quase 40 mil ingressos para Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Romão e Carlinhos foram emprestados pelo Corinthians

    Corinthians empresta Carlinhos e Guilherme Romão para o Oeste

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes