STJD adia julgamento, e Emerson enfrenta Figueirense no domingo

STJD adia julgamento, e Emerson enfrenta Figueirense no domingo

Por Meu Timão

335 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O departamento jurídico do Corinthians obteve nova 'vitória' no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O julgamento de Emerson, que seria realizado nesta terça-feira, foi adiado para 1º dezembro. Assim, ele está liberado para enfrentar o Figueirense, no domingo que vem.

Em 11 de novembro, o jogador foi suspenso por um jogo por ter pisado no lateral direito Daniel, em duelo contra o Avaí, disputado em 30 de outubro. Na ocasião, porém, o advogado João Zanforlin teve efeito suspensivo concedido e o liberou para atuar diante de Atlético-PR, Ceará e Atlético-MG. O novo julgamento seria realizado na manhã desta terça-feira, em conferência nacional da OAB, em Curitiba, mas o tribunal o adiou para dezembro.

Emerson foi denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), acusado de 'praticar agressão física durante a partida, ao desferir dolosamente soco, cotovelada, cabeçada ou golpes similares em outrem, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido', e corre risco de ser punido de quatro a 12 jogos. Se receber gancho, será desfalque só na última rodada do Campeonato Brasileiro, no clássico com o Palmeiras.

Mais informações em instantes.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Filme retrata a antiga ligação do Corinthian-Casuals com o Timão

    Filme sobre a história dos Corinthians será lançado em Londres

    ver detalhes
  • Corinthians recebeu o Paulistano no Parque São Jorge pelo NBB, nesta sexta-feira

    Em casa, Corinthians vacila diante do Paulistano e perde segunda seguida no NBB

    ver detalhes
  • Gabriel foi uma das novidades de Jair Ventura para a decisão diante do Cruzeiro

    Mano soube da escalação do Corinthians na véspera da final, revela zagueiro do Cruzeiro

    ver detalhes
  • VÍDEO: O ano não acabou! | #94

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes