Corintiano pede desculpas por 'cala boca' e nega sonho com Milan

Corintiano pede desculpas por 'cala boca' e nega sonho com Milan

Por Meu Timão

Paulinho relembrou mudança do Bragantino para o Corinthians

Paulinho relembrou mudança do Bragantino para o Corinthians

Foto: Edson Lopes Jr./Terra

Jogador do elenco corintiano mais cotado para atuar no exterior, o volante Paulinho negou que esteja com a cabeça no Milan, seu destino mais citado. Segundo ele, um dos destaques do Campeonato Brasileiro, é possível fazer um esforço financeiro para recusar alguma oferta maior para permanecer no Brasil. Paulinho, contudo, nega qualquer tipo de proposta.

'Há muita especulação de que estou de mala pronta, indo embora, mas não houve nada, não tem nada. Estou focado, quero ser campeão brasileiro. Ainda mais no Corinthians, isso é visto de outra forma. Minha cabeça está totalmente aqui', afirmou na manhã desta quarta-feira. 'Estou em um time grande, que oferece todas as condições e faria e farei um esforço para permanecer. Até porque não tem nada'.

Autor de 11 gols na temporada, Paulinho só marcou menos que Liedson, centroavante da equipe. Após o último de seus gols, contra o Atlético-PR há dois domingos, ele chegou a dizer que foi um 'cala a boca' para quem o acusou de pensar no Milan. 'Foi um termo forte, mas na hora você está nervoso e acaba falando algumas coisas. Depois você vê que falou algo a mais'.

Assegurado para enfrentar o Figueirense no próximo domingo, em jogo que pode dar o título ao Corinthians, ele lembrou do salto que deu na carreira nos últimos meses e admitiu o desejo de atuar no exterior. 'É o sonho, mas tudo tem hora certa e o momento certo na carreira. Estou feliz demais por aqui. Tem diferença do Bragantino (ex-clube) e tem que colocar tudo na balança. Vim de um time inferior onde aprendi muitas coisas, com as pessoas e o Marcelo Veiga (treinador). É um salto muito grande, que envolve tudo, local de trabalho e estrutura', comparou.

Especula-se que Paulinho, 23 anos, pode receber oferta de até R$ 24 milhões da equipe italiana. Ele é revelado pelo Pão de Açúcar, que detém 50% de seus direitos econômicos - o Banco BMG tem outros 40% e o Corinthians, apenas 10%.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Corinthians é líder do Brasileirão de forma isolada

    Palmeiras perde em casa, Santos tropeça fora, e Corinthians segue líder isolado do Brasileirão

    ver detalhes
  • Vagner Mancini teria ofendido jornalista da Rádio Bandeirantes

    Vaza suposto áudio de Mancini festejando vitória com ofensa a jornalista: 'Babaca corinthiano'

    ver detalhes
  • Vitória comemorou triunfo sobre o Corinthians nas redes sociais

    Vitória cita jargão corinthiano para comemorar triunfo na Arena

    ver detalhes
  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes